Buquê | Quanto tempo antes do casamento devo fazer o meu? - Casando Sem Grana
Noivos REFERÊNCIAS

Buquê | Quanto tempo antes do casamento devo fazer o meu?

RÁ! pegadinha do Malandro!

Hoje quem vai responder esta dúvida será nada mais nada menos que EU, vossa besta quadrada favorita, hahahaha! 😉

E vai ser resposta rápida. Olha só:

Muitas meninas já me escreveram perguntando se eu sei com quanto tempo de antecedência elas poderiam montar seus bouquets, para evitar o stress e correria do dia D.

Bom, eu amo flores. Sempre que disponho de uns trocados, gosto de comprar algumas para enfeitar a casa. Tem quem prefira as artificiais mas, acho tão mais bonitas, cheirosas e vivas (Jura?! ¬¬) as de verdade…

Mas falar sobre o bouquet, que será um acessório tão especial para a noiva, requer cuidado. Por que tem toda essa coisa de querer tudo o mais perfeito possível né? Não dá pra casar nem com noivo e nem com bouquet murcho, hahaha! Então se ligue na listinha de dicas. Se mesmo após lê-las você continuar insegura, sugiro que dê um pulinho em uma floricultura qualquer  e bata um papo com a florista. Ela vai super te ajudar e te explicar mais coisas ainda sobre as flores. Vale a pena  e você ainda pode fazer comprá-las, montar um “bouquet experimental” e deixar num belo vasinho para se certificar da duração 😉

Dica 1 – Corte as flores com o caule mais comprido e na diagonal

Diagonal assim ô  

E não assim  

Hehehe, eu sei que é bem tonto mas é sempre bom lembrar do que é o que. Pegue as flores e limpe-as tirando espinhos e excessos de folhagens do meio do comprimento para baixo. Daí neste primeiro momento, antes dele virar REALMENTE seu bouquet, você corta a base na diagonal para que as flores absorvam mais a àgua e obviamente sobrevivam por mais tempo.

Dica 2 – Não enxarque as bonitas

Coloque àgua o suficiente para cobrir o caule (ou seja, aquela metade do meio para baixo que estará agora sem folhas) e só. Não encha demais para não imergir as folhas.

Dica 3 – Fresquinhas

Você pode borrifar àgua nas flores no começo da manhã ou no final do dia. Digo e repito: NÃO ENXARQUE! Apenas borrife… (Carinha e gesto suave). JAMAIS exponha as flores borrifadas ao sol. Procure trocar a àgua a cada dois dias

Dica 4 – Mantendo vivas um montão delas

Não é só o bouquet que você quer manter vivo? Você comprou quilos de flores para o restante da decoração e quer deixá-las bonitas também? Então anote esta receita:

1 pitada de açúcar + ½ colher (de café) de àgua sanitária (vulgo, Cândida) + 1 aspirina infantil amassada (vulgo, AAS) para cada 1 litro de àgua. Mexa bem e coloque as flores lá. Lembre-se de trocar essa mistura a cada dois dias.

Dica 5 – A cada troca, um corte

A cada troca de àgua, corte 1cm da base das flores. Por isso que é bom compra-las o mais compridas possível. Principalmente se você deseja mantê-las vivas por mais tempo.

Dicas do site mdemulher

Mas resumindo resumidamente o resumo, acredito EU que o tempo máximo para se fazer o bouquet e mantê-lo bonito é de mais ou menos de 2 à 3 dias.

Claro que isso vai variar muito conforme o tempo!

Se você vai se casar no alto verão, não é bom abusar da vida útil delas. Mesmo que você tenha escolhido flores da estação, procure não vacilar! Por isso recomendei fazer o teste…

E se você deseja saber mais sobre quais flores são para quais épocas eu recomendo ler esta lista aqui que fiz a um tempo atrás. Depois dê uma olhada no post que simplesmente assassinamos a dificuldade de se fazer um bouquet 😉


Beijos!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d