Curso intensivo de formação de fotógrafos PILANTRAS - Casando Sem Grana
Planejamento

Curso intensivo de formação de fotógrafos PILANTRAS

Pedi licença para a Fê para usar o espaço dela nas terças-feiras e manifestar minha última indignação. Infelizmente, como em qualquer área de atuação, a dos casamentos não está nem longe de ser atingida por todo tipo de pilantras. Mas hoje quero falar de um tipo que tem o poder de destruir a única lembrança eterna de seu casamento: O fotografo picareta.

Onde ele está e como ele é?

Em muitos lugares: Nos blogs, no twitter exibindo seu trabalho de forma exaustiva e principalmente no offline pois é lá que ele consegue as clientes que não estão a par das dicas essenciais compartilhadas, em muito pela internet, para safá-las dele. É um astro! Um gênio de boa lábia que oferece em geral preços MUITO acessíveis. Se falar dele mesmo ou de sua empresa na terceira pessoa, é um tranqueira!

Como ele se define?

Como um  “profissional” renomado. Enche a boca para falar dos trabalhos chulés que faz e se fizer um bate volta para Buenos Aires pagando em 24 vezes pela CVC, vai mostrar as “jobs” dizendo que agora ele atende no exterior, que tem nível internacional e bla bla bla bla bla BLÉÉÉ!!!

E o que tem de verdade no currículo?

Mentiras! Ou no máximo um cursinho sem vergonha. O pior é quando ele se define como AUTO DIDATA (!!!) #CORRAO

E o que ele quer?

Ganhar MUTCHO dinheiro! Alguém falou pra ele: “Mano, fotografar casamento é o que dá dinheiro! Cicrano cobra duas pilas em cada um, faz logo 4 por mês e tá rico véi!!!”

Opa! Ficar rico sem escrúpulos é com você? Então se liga: Vou te ensinar a se tornar um “fotografo profissional” e ganhar muito dinheiro nesse ramo com facilidade com o nosso….

O profissional pilantra (e futuramente RICO) precisa segurar a farça de dizer que seu trabalho é MARAVILHOSO e ÚNICO. Mesmo que ele não passe de um trabalho que pode ser realizado por qualquer pessoa. Na foto abaixo a fotografa pilantra Sammia, tirou a foto de seu chinelo (que poderia representar uma noiva) mas para acrescentar o título de artista a sua “obra fotográfica” ela ativou o MACRO (Recurso presente em qualquer câmera tecpix da vida) e focou no galho antes do chinelinho. Veja que l.i.n.d.o

Agora que você fez suas fotos “feras”, é hora de perpetuar teu nome. Escolha um de impacto e capriche na assinatura branquinha um pouco opaca. E ah: Escrever PHOTO com PH tá na moda. É “vintage” #marketingfeelings

Meu amigo você precisa entender que hoje em dia o negócio é encher linguiça: Quem tem mais por menos, LEVA!

Então bora tratar de dizer que no seu preço baratão a noiva leva o álbum (diga importado e entregue um nacional que ela mesmo poderia fazer no site da Americanas.com) diagramado + CD com mais de 1000 fotos (Conteúdo é mais importante que qualidade) + 10 impressões 10×15 + poster + trash the dress (joga no Google, descobre o que é e sai copiando sem mudar nada) e + vídeo!!!

Aiê! Coisa pra caramba amigão. E óh: Se a noiva pedir 2 fotógrafos é só levar seu sobrinho

E pra dar uma de “diagramador fodão” de albúns, nem precisa de photoshop e o escambau: Só usar Picnik e fazer estas belezas:

A palavra é difícil mas significa fazer “contatos” profissionais. Este é o último mas o mais importante dos passos. Você vai precisar:

– Fazer uma conta no twitter – E usá-la para ficar se vendendo e twittar sobre onde você vai – desde o banheiro até o Starbucks

– Uma no “Feice” – Para postar seus trabalhos e adicionar os clientes, né? De quebra dá pra jogar CityVille e Máfia Wars…

– Um site e um blog – Não esquece da ajuda do sobrinho pra fazer também! Fundo preto, música tema de novela tocando de fundo e o céu é o limite!

Depois é só colar nas blogueiras mandando os links de suas promoções: “Feche foto e filmagem com 70% de desconto e ganhe maquiagemcarroposterálbumretrospectivatrashthedresseumeusobrinhoeminhafamília!”

Feito tudo isso meu amigo, você terá concluído com louvor nosso intensivão de pilantras e já pode sair por aí ganhando rios de dinheiro e vendendo gato por lebre \o/

***

Agora falando sério, eu queria chegar no seguinte:

Ponham uma coisa na cabeça de vocês pelo amor de Deus: Só preço, não pode ser o único fator decisivo na hora de fechar com alguém! Vocês viram com essa brincadeira (séria!) que se dizer fotógrafo qualquer um se diz. Só que ser FOTÓGRAFO DE VERDADE é muito, muito, MUITO mais que isso! Eu canso de dizer que tudo passa em um casamento: Bolo, doces, lembrancinhas e até mesmo seu vestido. As únicas coisas que verdadeiramente irão durar serão: Suas fotos e seu vídeo. Não fazem par em uma simples contratação mas garantem um investimento: O de que você terá um produto de qualidade recheado de emoções para o resto da sua vida.

Conheço  fotógrafos que verdadeiramente não cursaram faculdade ou cursos mega fodões e são profissionais excelentes! Porem eles buscaram e buscam sempre aprender, conhecer, se especializar, melhorar equipamentos, viajar…enfim. Já diria o velho ditado que quem acha que já sabe tudo não sabe nada!

Então, qualificações escolares são apenas uma das exigências que você deve buscar neste profissional. Veja quais mais:

Honestidade contratual“Será que ele vai realmente aparecer no dia?”

Sim pois se isso não estiver bem claro, ele envia um estagiário ou assistente no lugar e depois não adianta reclamar: “Não tinha nada sobre isso no contrato”.

Que ele vai te entregar EXATAMENTE o que você espera “Detesto fotos posadas. Será que ele vai sugerir?”

E essa certeza só vem com conhecimento de quem ele é de verdade, com quem já trabalhou e se estes ficarão satisfeitos com o que receberam. É importante afinar o estilo dele com o seu.

Que ele não vai me cobrar 20 mil reais só por que montou escritório e trocou o equipamento “Será careiro?”

Entenda que tudo tem custo e se ele tem um senhor equipamento e um sede agradável, ele com certeza terá um valor adequado ao nível dele. Entretanto cobrar o valor de tudo o que ele tem para cada noiva que ele enviar proposta, NÃO DÁ!

Que ele não vai te dar o “combo tudo” pelo preço de nada“Esmola demais…”

Não seja boba! Se estiver tudo fácil demais é bom desconfiar. Tudo tem seu valor nessa vida e se o cara realmente estudou, buscou, ralou muito para chegar onde chegou e tem os melhores equipamentos do mercado, ele pode e DEVE fazer valer o preço dele. Negocie e se chegar em um ponto bom para ambos os lados bem. Se não parta para outro igualmente bom e que se adeque ao que você pode pagar. Só NUNCA diminua o trabalho de ninguém chorando “descontinho“!

E que se eu usar branco, ele não vai me fazer virar um fantasma com um flash estourado ¬¬

Coisa que só se aprende verdadeiramente estudando!

E é isso.

Não escrevi este post com indiretinha para ninguém. Até por que eu não mando recados: Falo mesmo e pago a língua se for necessário. Porem, se você se doeu com alguma coisa por aqui é por que você é um fotógrafo pilantra e a carapuça serviu direitinho. Te peço um favor: Nem venha me propor divulgação tá? Pelo menos aqui fotógrafo pilantra não entra #beijosmorra

Beijos!

E mais tarde, só para diferenciar uma coisa da outra, vou postar fotos de verdadeiros FOTÓGRAFOS 😉

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d