Vamos economizar?! - Casar, experiência selvagem... - Casando Sem Grana
Casa nova, Vida Nova REFERÊNCIAS

Vamos economizar?! – Casar, experiência selvagem…

Porque casar é mais que a festa e a casa nova. Casar é a experiência mais selvagem que eu já vivi em toda a minha vida !

Eu explico.

Casar é muito mais complicado que preparar a festa, mesmo com todos os detalhes que nos enlouquecem e desafiam qualquer conta bancária. É mais ainda do que preparar a nossa casa nova, com todos os detalhes e acessórios que serão absolutamente necessários no dia a dia, tal como um fatiador de alho (alguém já fatiou alho pra alguma coisa ??? Rs)

Pois bem, aprender a ter tolerância, conciliar os sonhos e desejos de lado a lado, aprender a respeitar e tolerar a forma de pensar e ser daquele ser que você tanto ama mas as vezes tem vontade de matar na unha é a parte mais complicada.

Eu comecei efetivamente a preparar meu casamento um ano antes da data. Um belo dia, depois de quase 7 anos de namoro percebemos que era o momento de tomarmos a decisão de passar o resto de nossas vidas juntos.

Demoramos bastante por conta de inúmeras situações, meu noivo não era muito afim de casamento no começo, depois quando a coisa engrenou eu fui fazer uma segunda faculdade, depois foram problemas por que passamos e tudo foi nos levando a não pensar nisso antes. Mas a vida é tão curiosa e sábia que nos levou a essa decisão no momento certo do nosso relacionamento, quando estamos prontos para enfrentar essa selvageria toda…rs…

Eu digo que casar é uma experiência selvagem porque vira sua vida e suas crenças de cabeça para baixo, muda muita coisa e você as vezes não se reconhece e isso é porque realmente as pessoas mudam bastante nesses momentos da vida. Se não houver muita parceria e cumplicidade o casal não consegue tirar bons momentos de tudo isso. Haja amor para passar pelas idas e vindas de ânimo e humor de cada um.

Se conselho fosse bom ninguém dava, não é ?! Pois bem, mesmo assim, por tudo o que eu ainda estou vivendo e de tanto ver algumas pessoas que passam por momentos semelhantes e vem aqui no meu consultório (eu sou psicóloga e tenho um consultório em que atendo pessoas em psicoterapia) pedir ajuda para passar por esses momentos de mudanças na vida eu me atrevo a pensar sobre isso.

Acredito que existem coisas que devemos ter sempre em mente para sair melhores de todo esse processo de mudança que é o casamento, para que os primeiros tempos de casado sejam apenas de adaptação e não de sofrimento.

Para sair do casamento no grande dia com a certeza de que tudo isso nos fez pessoas melhores, aqui vão algumas “dicas de ouro”:

  • Escute sempre o que a pessoa com quem você está se preparando para casar diz. Isso é muito diferente de ouvir. Nós ouvimos com os ouvidos, mas escutamos com todo o nosso ser, isso quer dizer que você vai realmente levar em conta o que está sendo dito pelo seu amor e procurar receber isso de coração.
  • Fale sempre sobre os seus sentimentos, mesmo aqueles que são complicados e conflituosos. Sempre é melhor lidar com a verdade e com os fatos do que com a imaginação sobre o comportamento de alguém. Nossas fantasias sobre o que o outro está pensando nem sempre são reais e podemos nos perder nesse caminho. Falar é sempre melhor, você pode se surpreender de forma muito positiva se adotar essa prática.
  • Aceite as mudanças do outro e permita-se mudar. Mudar muito mesmo, digo por experiência própria, pode ser muito divertido e trazer frutos divinos para a vida a dois.
  • Caminhem lado a lado, isso quer dizer que estarão juntos em tudo isso. Ninguém precisa estar no comando o tempo todo, dê espaço e se surpreenda com o resultado.
  • Noivas são sempre mais ansiosas com os tantos detalhes do casamento, mas não saia resolvendo tudo sozinha, respeite o tempo do seu noivo e tenha ele como um parceiro nisso tudo, será um exercício para a vida futura.
  • Não se preocupe com a expectativa dos outros, faça um casamento com “a cara” de vocês. Garanto que sairão muito felizes da festa e as pessoas vão reconhecê-los em cada detalhe.
  • Lembre-se, nada do que estará na festa vale mais do que a relação de vocês, curta a preparação; mas não surte !!! Pelo menos tente não surtar, tá ?! Todo noivo/noiva é meio doidinho/a como diz o marido de uma amiga, mas não vale a pena morrer por uma cor ou um sousplat… isso passa, mas a dor da briga que possam ter por isso pode não passar tão facilmente.

A última coisa que eu gostaria de dizer sobre tudo isso é que a amizade, o amor e a cumplicidade de vocês é o que vale mais do que tudo o mais. Não percam um ao outro no processo de preparar o casamento. Tenham momentos a dois para bobear no Ibirapuera ou andar na beira do mar de mãos dadas. Isso vai fazê-los mais fortes para enfrentar pedreiros, floristas, decoradores, buffet´s, igrejas e cartórios com suas regras sem fim, pode acreditar!

Faltam apenas os muitos 79 dias que me separam do “grande dia” em que vou começar uma nova vida ao lado do homem que eu escolhi para amar o resto da minha vida e que me escolheu também. Esses são os mais difíceis, quanto mais perto parece mais longe e a pilha vai acabando, mas no dia a dia tiramos força e amor para continuar, afinal de contas, será assim sempre, lado a lado nós enfrentaremos tudo o que pode vir pela frente, não é !?

Beijocas

Carol

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d