O Grande Dia | Quanto paguei pelo meu casamento - Casando Sem Grana
Eventos

O Grande Dia | Quanto paguei pelo meu casamento

Muita gente perguntou. Teve até quem disse que eu fingi ser “pobrinha” mas tenho Iphone…hahahaha!

Eu escutei de tudo. Da curiosidade a um desabafo que beirou a inveja. MAS, tudo o que eu vou escrever aqui hoje é a mais pura verdade e também o mais puro respeito por vocês e por quem pediu sigilo. E por que pediu sigilo? Por que simplesmente me abençoou com um presente e se eu abrir para todas como é e quanto foi, a pessoa terá que fazer isso pra todo mundo e vai acabar tendo prejuizos. Conseguem entender?

Mas vamos começar do começo. Melhor, né? hehehe

Eu NUNCA tive grana fixa. Até por que eu sou muito inquieta no quesito trabalho: Ora fico insatisfeita com o dia a dia e acabo desejando fazer MAIS e partindo assim para outro trabalho que me ofereça mais possibilidade de crescer e tals, ora outros motivos mil. Isso é bom no tocante a que hoje em dia, ou seja, de 2009 quando comecei este blog até agora, minha renda tenha melhorando bastante já. Exemplo: Antes eu ganhava uma média de um a dois salários mínimos. Hoje eu beiro de 3 a quase 4. Isso é realmente muito bom e eu ralei bastante para chegar onde cheguei: Voltei pra faculdade, fiz cursos e aumentei minha rede de contatos (o que na minha área é crucial). Diante disso minhas possibilidades de vislumbrar um casamento foram crescendo também? Claro! Ainda contando com o fato de que neste mesmo período de tempo o noivo opa! marido também cresceu bastante na sua área e financeiramente foi bonificado por isso. Era só marcar a data, né?!

Deeeeeeeeeeeeeerrrrrrrrrrrrr!!!!, nops!

Abrindo bem a real pra vocês, nossas contas na ponta do lápis ficavam mais ou menos assim:

Daí, a melhor forma de aproveitar uma quantia assim para um casamento, seria a de juntar e depois de um X tempo sair contratando. Afinal de contas, pagar parcelado nós não podíamos pois não temos nem cheque e nem cartão. Bom, como eu já aguardava para casar com ele a quase três anos e morando juntos nós já estávamos, juntar aos poucos e depois ver no que ia dar, não ia doer tanto.

Acontece que no meio desse tempo todo com o blog, muita gente começou a se achegar a mim e dizer: “Sammia eu não posso pagar um anúncio no seu blog mas posso dar algo para sortear?” Eu sempre disse que sim e essa pessoa obtinha um retorno alto de clientes. Depois ela me procurava e dizia: “Sammia, você me ajudou quando eu precisava de divulgação e clientes, então eu gostaria de te dar um presente para o seu casamento” Daí ela vinha e me dava algo para o grande dia. E o que eu posso dar por certeza absoluta a vocês é que no final das contas eu ganhei 90% das coisas do meu casamento!

E as modalidades de ajuda não foram só essas: Com a empolgação de ganhar muitas coisas, houveram outras que eu cheguei na cara de pau para o fornecedor e disse: “Fulano, eu confio, gosto e aprovo o valor do seu trabalho. Acho que você deveria aparecer lá no blog pois as noivas conseguiriam te contratar e ficariam felizes com a qualidade do que vão receber. Então vamos fazer um acordo? Se você conseguir um número X de clientes, você me ajuda no dia do meu casamento?” Entendeu? A pessoa não me pagava nada e saia com muito mais que X clientes e eu conseguia aquele serviço para o casamento. Eu ainda cheguei a trabalhar numa loja de locação de trajes masculinos (quem lembra? ), ganhei meu vestido de presente de uma amiga e tive outros amigos de infância e que conheci através do blog, ajudando.

Quando eu me dei conta que Deus me ajudaria de todas estas multi-formas, decidimos arriscar e marcar a data. Continuei buscando a orientação e ajuda do Senhor e deu no que deu! Por fim, a única coisa mais “pesada” que tivemos de pagar foi o buffet (que foi ma.ra.vi.lho.sa.men.te acessível pra gente com uma média de R$ 30 por pessoa) e a história de como foi isso você confere clicando aqui.

Se eu convidei 200 pessoas, você nem precisa calcular pois eu digo: Nós gastamos só com Buffet o que desejávamos desembolsar com todo o resto do casamento, ou seja, quase os R$ 6.000 reais. Daí você vai ficar furiosa comigo e dizer: “Mas poxa Sammia, se você não tinha mesmo condições, pra que convidar 200 pessoas e gastar quase tudo com o buffet?!” Resposta: Por que se você leu até aqui, deve ter notado que eu ganhei 90% do casamento. Logo, nossas economias ficaram voltadas para o Buffet e para outros pequenos detalhes. Mas ó, se te tranquiliza saber que eu não sou tão “sortuda” assim, nós tivemos que pedir ajuda dos pais do Thiago e de outros amigos para pagar a alimentação, viu? Não pense que eu tinha todo esse dinheiro guardado embaixo do meu colchão, hahahahaha.

Então gente foi isso que aconteceu. Eu tive alimentação de primeira, o vestido mais lindo do mundo (muito além do que sonhei), um bolo colorido e delicioso para o corte, topinhos de bolo fofos, um lugar tremendamente bonito e aconchegante, música para a cerimônia da melhor qualidade, fotos…nossa…fotos que não há palavras para descrever o quão absurdamente perfeitas e cheias de emoção que são (vocês vão conferir mais aqui em breve), ajuda de muitos amigos para pintar, comprar, pagar, viajar de lua de mel, decorar (sim, eu sei que eu disse que faria toda a decoração MAS eu também ganhei a ajuda da Abba Flowers nessa parte) e depois desmontar tudo, distribuir entre os carros e entregar tudo de novo. Entre tantas outras coisas que tomariam o post inteiro para detalhar e agradecer…

Então, não fique brava comigo e nem precisa achar que eu “me fiz” disso ou daquilo ou que eu investi em ter celular caro e vim aqui mentir durante três anos (!) sobre minha condição financeira. Lembre-se de que antes de me casar, foram estes mesmos três anos a expectativa para conseguir me casar! A verdade é que eu não sei por que eu mereci tantas graças de Deus com este casamento mas eu posso te assegurar e provar que foi exatamente isso que aconteceu e que, se não tivesse sido desta forma, nós até hoje não teríamos nos casado! E não precisa ser nenhum gênio para ver isso, é só fazer as contas!

Sei que praticamente todas vocês que me leem estão pagando com muita dificuldade as contas do casamento. Não menosprezo isso de forma alguma, muito pelo contrário: Tenho dado o melhor de mim para encontrar “Fornecedores justos” e apresentá-los aqui PRA VOCÊS. Agora que o casamento passou e não tem mais “permuta” de ajuda, não significa que eu vou deixar de indicar alguém só por que ele(a) não me ajudou no meu casamento ou não vai poder “pagar” para aparecer aqui. A mim muito mais importa trazer a informação do que negligencia-la por motivos torpes.

Se você também está “Casando sem Grana”, pode e vai conseguir SIM ter um casamento lindo que caiba no seu bolso. Basta para isso ter: Foco no seu orçamento (tenho X, então posso contratar Y, investir em Z e colocar a mão na massa com o restante), pedir ajuda (dos familiares, amigos e talvez virtualmente) e uma lista de convidados coerente com sua realidade financeira (se tiver que ajustar e cortar, não vai ter jeito).

Quero também que vocês possam aprender com o blog muitas outras formas de conseguir chegar a seus objetivos: Seja também fazendo um blog e tentando estas parcerias, seja parcelando, seja juntando dinheiro, seja com outras ajudas. Não importa. O que importa é que TUDO o que eu consegui para o meu casamento eu DEVO A VOCÊS que me ajudaram com a Vakinha feita pela (que quem quiser pode baixar, clicando aqui, o comprovante que mostra o dinheiro sendo usado para pagar também uma parte do Buffet :)), com audiência em cada post e com muita torcida para que eu tivesse um dia maravilhoso.

Muuuuuuuuuuito obrigada por tudo! Serei eternamente grata e espero continuar agradecendo entregando o meu melhor através deste blog para ajudar na realização de outros sonhos como este que eu vivi. E que Deus continue olhando por cada deles e dê em dobro a vocês o que deu pra mim =)

 

Beijos e obrigada de novo!
 

   Veja os preços dos fornecedores do meu casamento   

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d