Casamento real e econômico | Annie e Bruno - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS

Casamento real e econômico | Annie e Bruno

Que oportuno!

Hoje a Anninha não pode vir e eu resolvi usar seu dia de publicação para mostrar este casamento real para vocês. Quero com ele frizar uma coisa:


Que o blog está cada vez mais voltado para noivas de TODOS os estados do Brasil. Prova disso foi eu ter convidado colunistas e colaboradoras de todos os lugares. Logo, realidades financeiras distintas, junto com suas interpretações pessoais sobre questões de economia, hão de aparecer por aqui. Quando isso acontecer e você não se identificar com o relato da noiva, seja educada e humana. Se for deixar um recado, abençoe a união do casal e ponto. Parta para a luta e realize então o seu casamento com a grana que você tem. Cuidado com seu comentário pois por mais que ele seja sua “liberdade de expressão”, pense na noiva que virá aqui ler o que você escreveu. Coloque-se no lugar dela e veja se você gostaria que falassem o mesmo sobre o SEU casamento e sobre você. Fora que sentimentos não se compram, mesmo que eles tenham custado o preço de um carro (que para alguns é MUITO e para outros é POUCO).

E quando quiserem desabafar algo sobre o blog ou sobre mim (Sammia) procurem-me por email. Terei o maior prazer de ouvir suas críticas e sugestões. Só não erga uma bandeira ou arme uma batalha em cima da realidade financeira da sua semelhante. Tudo bem?

O que eu quero é cada vez mais paz e compreensão neste blog e em sua vida. Acreditem: eu continuo aqui por causa de vocês.

***

A Annie conheceu o Bruno na empresa que eles trabalhavam e após alguns anos de namoro ele disse a ela que só se casaria se ela conseguisse organizar um casamento inteiro com R$ 15 mil. O que ele não sabia é que com a ajuda do blog, ela conseguiria gastar bem menos…

“Há tempos queria escrever pra vocês pra contar as peripécias de uma noiva sem grana com um grande desejo de subir ao altar e com um noivo muito econômico!

Acompanho vocês desde o início. Chorei quando a Sam ficou doente e pensando como estaria o coraçãozinho dela perto do grande dia. Pude ver a alegria dela nas fotos do casamento e todo empenho que ela tem para que a cada dia esse blog se torne melhor para as próximas noivinhas sem grana como eu fui…

Enfim, chega de falar e vamos para a história! 🙂

Conheci o Bruno no meu trabalho e me lembro desde a roupa que ele estava na entrevista até a hora que ele foi e saiu da empresa! Acho que foi amor à primeira vista! Ele entrou em Outubro de 2004. No final de Novembro deste mesmo ano começamos a “ficar” e em Janeiro de 2005, dei um ultimato: “Eu não quero ficar mais nesta indecisão, vamos namorar ou não?”

Comigo é assim, ou dá ou desce…hehehe

Sempre tive muita vontade de casar na igreja, de véu e grinalda como a grande maioria mas nunca tive “grana” pra isso. Compramos nosso apartamento em maio de 2009 e decidimos que não faríamos nada justamente por causa dos custos de montá-lo e etc.

Os anos foram passando, o dia da entrega do nosso apartamento chegando e eu triste por não conseguir fazer uma comemoração com a nossa família e amigos. Até que um dia, em meio a uma conversa entre choros e lágrimas, ele me disse: “Ok, se você conseguir um casamento em até R$ 15.000,00 COM TUDO eu caso”. Aí eu pensei: “FERROU! Nunca vou conseguir isso”. Até porque só os buffets que eu tinha pesquisado davam esse valor no mínimo só da festa!!

Foram dias de pesquisa até que procurando outra coisa, vi um link piscando de Buffet completo por R$ 6.000,00! Entrei e não é que era verdade? Buffet completo com coquetel+massa+bebidas não alcóolicas+decoração+DJ+docinhos+bolo cenográfico por este valor! E ainda parcelava em 12x sem juros, tipo Casas Bahia! Hahahah…enlouqueci! E marcamos uma degustação e a partir daí começou a saga pra chegar a um valor próximo do que ele tinha estipulado!

Resumindo, este foi o maior valor que eu paguei no meu casamento! Como sou evangélica, e membro da PIB do Brás desde que nasci, já não tive os custos da locação da igreja! Foram dias de muita pesquisa e muitos fornecedores bons e baratos que encontrei pelo caminho! Não basta ser noiva sem grana, tem que ir atrás realmente do menor custo com qualidade! Aí, quando mostrei os custos ele disse: “Tá, você me convenceu, vamos marcar a data!” 🙂

Tive muita ajuda dos meus amigos e família: Ganhei as lembrancinhas de uma madrinha, parte do valor dos músicos de outra, vestido de noiva pago pelo meu pai, carro do transporte pertencia a um amigo da família, convites e decoração baratérrimos (com idéias do blog), cardápio do que seria servido na festa feito por uma amiga minha, rosa do cabelo e porta guardanapos comprados na 25 de Março e enfim chegamos um valor de R$ 10.000 com TUDO!

Foi um dia perfeito! Um dia de sol, uma noite gostosa e nada, absolutamente NADA, deu errado! E se deu, eu nem fiquei sabendo também…Deus ouviu minhas orações e me concedeu um dia lindo, pra lembrar por toda a eternidade! A cerimônia foi linda, tive coragem (e consegui cantar para o noivo), minha mãe também cantou, a festa foi ótima, etc.

Foram longos 7 anos e 4 meses até o nosso grande dia! E o principal de tudo isso, consegui Casar Sem Grana!”

 

 
Ficha Técnica

Igreja – Primeira Igreja Batista do Brás | Buffet – Evento Perfeito | Fotografia – Vilson Guimarães | Bem Casados – Oficina do açúcar | Músicos – Passion Et Musique | Decoração – Festejare Decorações | Rasteirinhas para as mulheres – Sandálias Personalizadas

   Veja os preços dos fornecedores do meu casamento   
 

Beijos!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d