Noivado Real e Econômico | Nathália e Thiago - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS RIO DE JANEIRO

Noivado Real e Econômico | Nathália e Thiago

Tá aí a maior prova que com dedicação e carinho tudo tudo pode ficar lindo e economicamente correto. E foi assim que o casal TH criaram o conceito “modo econômico ON” e fizeram esta linda festa de noivado no Rio de Janeiro.

***

“Olá!

Queria contar um pouquinho sobre a organização do nosso noivado!

Desde a páscoa do ano passado estamos nos apertando pra conseguir fazer uma coisa bacana e por nós mesmos! Os valores dos ovos de páscoa e dos presentes de natal foram “doados” em prol deste momento único em nossas vidas! Rs… Sempre trabalhando a ideia de “Noivos em Modo Econômicos. Gratos pela compreensão” 

Fizemos cada detalhe do noivado! Eu, meu noivo e a família inteira se mobilizaram. O noivado aconteceu no num sábado, no play do meu prédio (Rio de Janeiro). Para as toalhas das mesas, comprei o tecido no centro da cidade, na Casa Pinto. Não lembro o nome do tecido, que foi R$ 4,00/metro. Tudo deu R$ 120,00. Juntando o tecido + linha e uma vovó costureira, fizemos todas as toalhas! O play, mesas e cadeiras nós já tínhamos. Os potinhos que ficaram em cima da mesa dos convidados também. Compramos apenas velas, folhas secas e anilina pra dar uma cor na água.

 Para que as folhas secas não voarem das mesas, comprei cartolina, cortei em rodelas e prendi as folhas!

 Os docinhos foram brigadeiro, creme de maracujá, danoninho caseiro e beijinho. O doce caramelado e o bolo ganhei de presente.

Quero inclusive passar para vocês as receitas do creme de maracujá e danoninho caseiro:

2 latas de creme de leite

1 lata de leite condensado

1 pacote de tang sabor maracujá/morango

Modo de fazer: bate tudo no liquidificador, coloque nos potinhos e ponha pra gelar! Pronto ^^. Todo mundo adorouuuuuu as sobremesas!

O topo do bolo foi presente também, mas sei que ficou cerca de R$ 30 cada boneco. Os bonequinhos são feitos de EVA (emborrachado).

A decoração da mesa principal e a das lembrancinhas foi doação da casa das minhas tias e da minha cerimonialista… os arranjos, o balde para champagne, as bandejas de madeira, os castiçais… rs. As vezes você tem coisas em casa que podem muito bem compor a mesa. Tudo é a ideia!

O cofrinho eu comprei na loja Feliz da Vida, no Botafogo Praia Shopping por R$ 45 e coloquei pra decoração já que estávamos trabalhando em cima do conceito “modo econômico”. Acabou que o cofrinho serviu como a gravata do casamento! Rendeu um bom dinheiro! rs… O pessoal se empolgou e contribuiu!

O efeito do varal de fotos foi ótimo! Todo mundo queria ver as fotos e se achar nelas… O trabalho também foi super fácil. Comprei uma revelação de 100 fotos em um desses sites de compra coletiva por R$ 19,90. Ajudou muito!

Economia em todos os detalhes.

Ahhhh… não podemos esquecer das lembrancinhas… fizemos uma a uma. Quando você começa a fazer fica empolgada, na 10ª a empolgação dá uma sumida… rs… mas o resultado é lindo e no final você fica orgulhosa!

Outra coisa que barateou o evento foi contratamos uma fritadeira, um garçom e os salgados a parte. Não teve buffet, compramos tudo, desde a bebida ao guardanapo dos salgadinhos. Saiu muito mais em conta!

Enfim… espero que tenha contribuído para o Casando Sem Grana.”

Fornecedores:

Tecidos: Casa Pinto | Salgados: D. Vera (21) 2592-6597 | Fotografia: Roberto Guenoun (21) 3435.0553 | Cofrinho: Casa Feliz da Vida.

 

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d