Palestra | Como foi nosso terceiro encontro no RJ - Casando Sem Grana
Eventos

Palestra | Como foi nosso terceiro encontro no RJ

Foi m.a.r.a.v.i.l.h.o.s.o!

Cada um desses encontros teve sua particularidade e esse do Rio não poderia ser diferente!

Foi corrido como sempre. Agendei esse encontro para bater com o convite que eu recebi do Noiva Mais Macaé de uma palestra. “Se vou a Macaé, desço para o Rio!”. A teoria é uma beleza mas a prática é sempre muito mais “punk”, hahaha. Saí de São Paulo no dia 29 com duas horas de atraso no voo (detalhe: O voo que eu consegui era para o Rio e depois eu tinha mais 3 anos de buzão até Macaé!). Desci no Rio e até conseguir embarcar no ônibus foi mais uma hora! Nisso, já era tarde e a ponte Rio-Niterói estava PA.RA.DA no horário de pico. Resultado: Mais quatro horas e meia dentro do ônibus!!! Ao desembarcar em Macaé eu voei para o hotel onde estava rolando o evento e a conclusão foi a de que, a palestra que estava marcada para as 20h aconteceu às 21:45!!!

Foi um dos maiores sufocos da minha vida. Mas sabe o que foi maravilhoso disso tudo? Ficar sabendo que 90% das pessoas ficaram no auditório me aguardando. Mais uma prova de que o nosso trabalho não é em vão e que com respeito a realidade de vocês estamos indo cada vez mais longe <3 <3 <3

Aliás, povo de Macaé: EU AMEI VOCÊS!!!

São alegres, criativos e batalhadores demaaaaaaaais! Se no Rio de Janeiro encontrei falta de alguns recursos, imagina o mercado de casamentos em Macaé?! “Caraca, maluco!” já diriam vocês….é tenso!

Obrigada a toda a equipe do Noiva Mais Macaé pelo convite. Já temos promessa de parcerias para 2013 em Macaé, Rio das Ostras e outros lugares ao redor. Aguardem e confiem, hahahaha!

Bom, eu sei que só consegui dormir por volta das 2h da manhã, tamanha a minha adrenalina. Na sexta feira (30) levantei às 6h, engoli uma fruta e corri para a rodo de novo. Mais um pouquinho de atraso e às 10:30h eu desembarcava no Rio, finalmente!

Minha companheira de aventuras e anfitriã em sua casa foi a Eunice da Incomparável Eventos e Assessoria. A Eunice é um amor de pessoa. Doce, tranquila e risonha. Topava qualquer parada proposta. E como boa doida econômica que sou, pedi a ela para me levar primeiro em algum lugar pouco conhecido pelas noivas. Ela me levou então em Vigário Geral.

Hahahahahhaha:  “Uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuui!”

Foi o que eu mais ouvi quando contei que fomos pra lá, na palestra. Mas gente, posso falar? O lugar além de pacificado estava ABSOLUTAMENTE tranquilo e MUITO BEM frequentado por um monte de madame de CARRO IMPORTADO, tá? Cês ficam aí borrando as botas e acabam perdendo a chance de encontrar bons lugares e preços. Esquece o passado do lugar! Vai com tudo que é só sucesso.

Vigário Geral tem uma ou duas ruas de comércio intenso. São..sei lá…umas 20 lojas bacanas para comprar: Pufes para lounge, MDF, Vidro…MUITO vidro e outros cacarecos de artesanato. Os preços variam bastante. Tem que olhar loja por loja pois a variação de R$0,20 à R$ 4 reais, é uma constante. Vejam só alguns preços e produtos que encontramos por lá:

Vê estes vidrinhos redondos na minha mão? São para fazer suspender velas ou flores, como no meu casamento.

O quadrinho fica como sugestão para presente de padrinhos ou para o casamento em sí.

Porquinhos! Eles me perseguem =)

Essa foi a primeira loja e a maior de todas. Veja só a segunda (sem nome) mas com vidros a preço bom.

Bandejas de MDF: Compensa muito mais compra-las cruas, para depois pintar. 

Terceira loja é focada em decoração do lar. Mas tem coisas aproveitáveis também. Foi lá que eu comprei as canecas de porcelana impressas com receita de bolos. Tem uma foto delas mais pra baixo, com as outras da palestra.

Castiçal azul por R$ 28,00
Vidrinhos com gargalo por R$ 2,00 cada
Vasos altos – Não consultados
Baleiro – R$ 8,20
Vaso branco – R$ 28,00

De Vigário fomos para o famigerado Mercadão de Madureira. O que eu senti de lá é que: 1 – Nem tudo é tão barato como falam e que 2 – Os preços oscilam MUITO de uma loja pra outra. Isso acaba por matar a pessoa de cansaço. Quando deu umas 5h eu já estava pronta a entregar os pontos, tamanho o meu cansaço com o sobe e desce daquelas escadas, hahahaha. Mas tem coisas bacanas. Basta separar um dia SÓ para ir lá e pesquisar com calma.

Lá nos compramos os descartáveis do nosso encontro e uma das cores do Verniz Vitral que eu usei para pintar os vidros do encontro. Mas olha só: NÃO FAÇA ISSO! NÃO COMPRE TINTAS LÁ! Quando nós saímos do mercadão, bem do lado de fora, tem uma loja de artesanato que toda essa parte da pintura estava quase duas vezes mais barato! Por isso que é bom pesquisar com calma e só compar no final da pesquisa. Eu estava tão cansada que comprei no mercadão e me lasquei, hehehe. A diferença era de: Pincel por R$14 dentro do mercado e R$4 lá fora. Verniz vitral por R$ 3,50 lá dentro e R$ 2,30 lá fora (o mesmo preço que eu pago aqui em São Paulo).

Ainda assim rolam alguns achados. Veja só:

Painel de led por R$ 25 e luzinhas com flores por R$18 a caixa com 50 unidades.

As bandejas de bolo e os descartáveis de luxo no primeiro andar, numa loja láááá nos fundos a esquerda.

Pronto: E este aí é o cartão da loja do lado de fora do mercadão que eu falei =)

De lá corremos mais meia maratona para buscar tecido (compramos em loja de bairro mesmo), os doces que as senhoritas saborearam e as bebidas. Saldo do dia 1: Sammia deitando novamente às 2h da manhã com os pés em forma de bola.

SABADÃO CHEGOU!!!

Acordei cedasso para ir a CADEG (ou Mercado Municipal do Rio de Janeiro) em busca das flores. Não deu para tirar nenhuma foto mas o que eu posso dizer é que saí sorridente e feliz com as flores e seus valores. Exemplo: Um maço com 50 rosas vermelhas saíram por R$ 10 – as frescas – ou R$5 as do dia anterior. Gastamos um total de R$ 84 reais e voltamos com o banco de trás do carro lotado de flores lindas. Se você ainda não foi a CADEG, vá! As flores começam a chegar às 2h da manhã mas se você for no outro dia cedo, é sussa. Estacionar é para os pacientes e as bebidas também estão a preços ótimos por lá!

Imagem: Arrumando a Mesa

E lá vai nóis para o espaço da palestra. Foi um corre corre de praxe e contamos com a ajuda da Natalye do blog Caminho de Noiva, para decorar e organizar tudo. A Carol, editora chefe da revista Noivas no Altar, nos presenteou com uma edição por noiva. Levei doces de São Paulo, tinha montes e mais montes de doces, tinha àgua refrescante que a Gabi ensinou aqui no blog, teve aula AO VIVO de pintura dos vidros…teve risada, teve choro e teve um monte de pessoas lindas e engajadas nos seus sonhos. Aquele nosso objetivo principal foi repetido como um mantra mais uma vez:

Não queremos ensinar nestes eventos, como se casar com pouco dinheiro ou exatamente da forma que fizemos lá. Também não é do nosso interesse passar por cima de decoradores, assessoras e outros fornecedores, quando mostramos a montagem do nosso encontro. A nossa real intenção é provar que assim como se organizavam festas antigamente, com o dinheiro que se tinha disponível e com uma simplicidade LINDA, qualquer celebração de casamento hoje em dia PODE SIM partir de um princípio X de dinheiro. Daí você vai incrementando, contrata um fornecedor aqui, outro alí, faz alguma coisa você mesma e pronto: Vai casar com o que pode investir e acabou!

Na prestação de contas você vai ver que o nosso evento beirou aí algo em torno de R$ 700 a R$800 (se não me engano, ainda estou fazendo as contas, hahahaha). Isso com toda comida, bebida, flores, vasos, doces, bolo, descartáveis, etc etc e etc. Agora veja você mesma as fotos desse dia lindo e constate se não ficou uma gracinha =)

Quer ver mais fotos? Acesse o álbum do encontro no Facebook:

facebook.com/albuns/como-casar-sem-grana-no-rio

Beijos, té mais tarde!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d