Diário de uma Noiva em Dieta | Parte 1 - O Choque - Casando Sem Grana
Noivos REFERÊNCIAS

Diário de uma Noiva em Dieta | Parte 1 – O Choque

Não, não … Você não leu errado, justo eu que sempre venho aqui escrever sobre um monte de comida e postar aquelas fotos de arrebentar o zíper da calça, hoje vou abrir meu coração e tocar em um assunto que talvez seja um dos mais delicados da minha vida: o meu peso, a minha vontade de emagrecer e as metas que já consegui alcançar.

Desde que eu me conheço por gente, eu estou na condição de gordinha, aliás sempre fui a mais gordinha das primas, a mais gordinha da sala, já sofri o que hoje é chamado de bullying, aquela humilhação dirigida a um ponto fraco de um ser, pois é, eu sofri muito isso quando era criança, e acredito que por conta disso, o tempo tenha me transformado em uma pessoa armada, hoje um pouco menos, mas sempre fui aquela ” gordinha invocada ” que já que não podia chamar atenção pela forma física, chamava atenção por ser uma pimenta e comprava briga por qualquer coisa! Aprontei altas na pré-escola.

Na fase um pouco mais crescida, lá pelas oitavas séries da vida, eu tive um estirão de crescimento, onde aos meus 14 anos cheguei na minha altura atual de 1.70, era a mais alta da sala, e esse período foi o que eu mais me encontrei em uma boa forma física, eu era da turma de treinamento de basquete, fazia musculação cinco dias na semana, treinava pesado a tarde, e fui ganhando músculos e ficando com o corpo todo definido, mas o time se desfez e cada uma foi cursar o ensino médio em um canto, depois disso é que o negócio descambou.
Conforme o tempo foi passando, eu ia engordando cada dia mais …

De quem é a culpa?
Minha,
Dos meus pais,
Dessa organização nojenta chamada Indústria da Alimentação.

Minha porque quem colocava a comida e a bebida errada na boca era eu mesma! Dos meus pais porque eles nunca me pouparam de tranqueiras, minha infância e adolescência sempre foi regada a doce, sorvete, pães de padaria, manteiga, açúcar branco, chocolate, refrigerante, salgadinhos de pacote … Sabe essas coisas que pais dão para as crianças?

Se tem algum pai e alguma mãe ai … POR FAVOR … Em nome de Deus … Poupe o seu filho disso, você não sabe o mal que está fazendo a ele!

Enfim, a indústria de alimentação e essas porcarias chamadas Fast Food, que só serviram para desritualizar a refeição e fazer as pessoas perderem suas vidas, seus salários, seus momentos de lazer …

Bom, fato é que eu nunca me achei gorda, estranho né? Eu não sei se porque ” modéstia a parte” mesmo gordinha sempre fui bem jeitosa, eu achava que a beleza do meu rosto, dos meus olhos, do meu cabelo disfarçavam a feiúra do meu corpo e sempre, sempre vesti roupas que tentavam disfarçar as minhas protuberâncias.
Relacionamento também nunca foi problema para mim, sempre me relacionei normalmente, sempre tinha um paquera, um namoradinho, e isso também contribuiu para que eu me sentisse uma garota normal, como qualquer outra … E isso me levava a concluir que era normal ser quem eu era, a gordura não era empecilho para isso.

Tudo Bem … Mas daí eu fui escolher fazer faculdade de Gastronomia.
Seria cômico se não fosse trágico né? Eu sempre digo que fazer essa faculdade foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida profissional e a pior coisa para a minha saúde. Porque o que se come em uma faculdade de gastronomia é uma barbaridade.

Resultado: Descontroladamente a balança bateu acima de 100 kilos brincando …

Quando o curso terminou, eu me encontrava imensamente gigante e frustrada porque os meus dolmãs quase que não entravam mais em mim … Quando terminei a faculdade, não demorei muito para conseguir um emprego, dois meses depois das aulas terem encerrado eu já estava trabalhando, e rezando para Deus fazer eu entrar naqueles dolmãs, se não eu ia ter que mandar fazer outros maiores.

Com o fim da faculdade acabou também o excesso de comilança e naturalmente meu peso foi baixando, até porque eu trabalhava em outra cidade e era uma boa pernada da rodoviária até o meu local de trabalho, mas o meu trabalho era e é ligado diretamente a alimentação e inevitavelmente eu acabava consumindo alguma das preparações dos meus alunos e isso já era o suficiente para fazer com que eu mantivesse o peso e não conseguisse emagrecer …

2012 foi passando e eu fiquei sem trabalho por 3 meses, fiquei dentro de casa, quase enlouquecendo, ansiosa e comendo tudo o que via pela frente, hoje eu sei que isso se chama compulsão, você come para suprir uma falta, e não porque está com fome.

Em setembro de 2012 eu estava bem gordinha depois da temporada desempregada, minhas pernas doíam, eu praticamente me arrastava para fazer as coisas, ir caminhando para qualquer lugar por menor que fosse a distância era sinônimo de cansaço, suava que nem uma porquinha para fazer qualquer coisa, isso já estava me atrapalhando muito, e na última visita ao meu médico para fazer o exame admissional do meu atual emprego, descobri que estava hipertensa e fiquei apavorada quando ele disse: – Sabe porque você está hipertensa, porque você precisa emagrecer, você está obesa!

Voltei para casa, joguei no Google e descobri o quanto uma hipertensão pode atrapalhar a vida de uma pessoa: enfraquece as veias, o coração fica todo atrapalhado na hora de bombear sangue, e como engravidar com hipertensão? O risco de ter uma pré-eclâmpsia, e eu morrer ou o bebê morrer! Já pensou!? Que pavor meu Deus … Que pavor! Não quero isso para a minha vida! E nem para a vida de ninguém.

Tudo bem … Setembro passou, outubro, novembro e dezembro … E 2013 veio com uma boa novidade que eu conto para vocês no post da semana que vem … Só o que eu digo é que vocês vão se surpreender!

A editora do livro pediu para os sites retirarem os livros em PDF’s que estavam sendo disponibilizados mas em compensação… A Dukan Brasil está oferecendo para todas as leitoras do Casando Sem Grana um desconto de 25% na inscrição para o acompanhamento da Dieta online. Para aproveitar essa mamata, basta se inscrever aqui e quando solicitado o código promocional é só digitar: CASANDO.

Se vocês quiserem acompanhar todos os posts dessa série, podem clicar nos links abaixo:

Um beijo e até loguinho!

P.S.: Não fiquem ansiosas, isso engorda! HAUHAUHAUHAUHUAHA

assinatura_gabi

Tags

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d