Planejando o casamento | 6 meses antes - Casando Sem Grana
Planejamento

Planejando o casamento | 6 meses antes

Gente!!! Que saudade de vocês!!!

Desejo que esteja bem, felizes e saudáveis em suas correrias!

E como corremos, não é?!

Hoje vamos bater um papo a respeito da rotina vivenciada na marca dos 6 meses que antecedem minha sonhada data!

6 meses antes!

E… Achei que teria mais itens resolvidos…

Decidimos que o nosso dia seria 14/12/2013 (data em que completamos Uma Década de namoro, e que também corresponde a data de casamento dos meus pais) em janeiro de 2011. Porém, o planejamento só pode de fato começar a sair do papel no decorrer de 2012. Até o final do ano havíamos reservado a igreja, contratado som e iluminação pra a recepção, música para a cerimônia religiosa, salão e buffet. Fora isso, muitos itens mentalmente definidos, aguardando seu lugar nas sobras orçamentárias.

O referido ano, que antes parecia tão-tão distante chegou!

Conseguimos contratar o fotografia e filmagem, cerimonial, vestidos de noiva, e a última conquista foi a lua-de-mel!

Hoje, dois itens preocupam a cabeça da noiva: a decoração (em razão de seu caráter de “essencialidade“) e o dia dos noivos (sim, ele quer também! – em razão da concorrência de agendas de salões e profissionais)…

Por que preocupa?

Porque sei que o tempo agora está curto para serviços tão importantes!

Por que estou até agora sem essas definições???

Porque nos justos orçamentos de nós, Sem Granetes, o passo seguinte sempre depende do passo anterior

Nos preocupamos primeiro com os itens que consomem maior parcela do custo total. Depois, dentre todos os itens essenciais, passamos a ficar atentos as oportunidades, como condição diferenciada de pagamento, ofertas, etc.

A única coisa que inicialmente planejávamos ser uma de nossas últimas decisões (precisávamos saber quanto de grana “sobraria” para poder pensar num destino adequado), e que adiantamos foi a lua-de-mel. Como casaremos em alta temporada de verão e quase vésperas de Natal, os custos estavam elevando, e a disponibilidade de hospedagens, diminuindo! Entre muitos orçamentos, alguns bastante desanimadores para nossas possibilidades, eis que recebemos um orçamento com valor que consideramos justo, para um passeio factível a nossa realidade! Fechamos (volto para contar em outra oportunidade)!!

E os padrinhos??!!!

Essa foi outra mudança de planos… Inicialmente o desejo era convidá-los em dezembro/2012. Ficamos com certo receio de parecer cedo demais, conversamos e decidimos efetivar os convites após o carnaval/2013.

Após o carnaval/2013 foi disponibilizado um concurso público que meu noivo estava aguardando. Pausamos as programações para que ele pudesse estudar. Prova realizada no primeiro final de semana de maio, aguardamos o dia das mães e no terceiro final de semana de maio iniciamos a saga de visitar nossos 12 casais!

Como fiz(emos) um convite artesanal mimoso para essas queridas pessoas, nossa intenção era surpreendê-los, por isso, os nomes estavam sob segredo de justiça! Foi bom pela surpresa, mas seria muito melhor se tivéssemos conseguido seguir a antecedência inicialmente planejada, pois dezembro é um mês tipicamente comemorativo (casamentos, formaturas, confraternizações) e enfrentamos alguns conflitos de agenda

Conseguir conciliar as agendas para visitar os 12 casais também não foi tarefa fácil! Apenas 3 deles foi mais simples de encontrar, um por ser meu irmão e a namorada, os outros dois por serem tios e morarem próximos, entregamos no mesmo dia. Os demais ficava mais difícil reunir numa mesma ocasião, então, ficamos na dependência de que a disponibilidade de cada casal pudesse coincidir com a nossa disponibilidade.

Com isso, conseguiremos finalizar apenas na segunda quinzena de julho…

Terminando, volto para lhes mostrar o convite! (fofo ^.^)

Depois de fechar essa fase, terei fôlego para as importantes contratações pendentes, bem como para os organizar os mutirões necessários para as lembrancinhas (sim! Seu tempo está tão justo quanto o bolso?? Peça ajuda!).

Importante é não deixar que as adversidades surgidas no meio do trajeto, que por ventura interfiram no andamento do que fora planejado, ou mesmo a tão discutida escassez monetária que nos acompanha, tire a beleza contida nos anos, meses e dias que antecedem sua sonhada data!

Essa tão sonhada data chegará rápido, e passará ainda mais velozmente!

Serão longos períodos de preparo, para apenas algumas rápidas horas! Restarão as lembranças e uma imensa saudade, do dia e da correria que ele causou (assim muitas casadas dizem).

Não deixe que a nada ofusque o que de lindo há em moldar seus sonhos, ok?!

Lembra que falei lá no início que o vestido também está resolvido? Em nosso próximo encontro (com Fátima Bernardes), mais um relato de vestido chinês!

E o traje do noivo?! O traje do noivo tem feito visitas constantes em pesadelos que o Fábio me relata! 🙂

E vocês, leitoras e leitores do nosso cofrinho, digo, coraçãozinho?! Que contam sobre seus planejamentos e execuções?! Bora trocar figurinhas???!!!

Fiquem com Deus!

Até a próxima!

assinatura_maristella

 

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d