Desabafo: Como lidar com pessoas... - Casando Sem Grana
Convidar Listas REFERÊNCIAS

Desabafo: Como lidar com pessoas…

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Eu ia fazer hoje o post sobre a parte II do Casando na Região do Alto Tietê, mas resolvi chamar a atenção de vocês sobre um fato que ocorreu comigo na semana passada que é como lidar com pessoas que já se sentem convidadas para o seu casamento, mas, na verdade, vocês não irão chamá-las. Difícil, né? Pois é… Eu mesma fui pega de “saia justa”.

Bom, lá estava eu trabalhando normalmente na minha sala quando dois ex-colegas entraram e vieram me cumprimentar. Pensei: “vieram aqui me visitar, né?”. Aí, um deles me abordou e disse: “pô, você não vai nos convidar para o seu casamento? vai ter presente, viu?”. A conversa me pegou de surpresa porque realmente eu não ia convidá-los, pois não tinha amizade com eles. O relacionamento que eu tinha com eles até o ano passado era estritamente profissional. Confesso que não sabia como dizer educadamente que não ia convidá-los. Comecei a dar umas risadas amarelas e fiquei vermelha de vergonha. Conclusão: eles viram que eu fiquei sem jeito e foram embora. Situação muito chata!

Aí, resolvi conversar com as meninas aqui do blog para elas me orientarem sobre o que fazer. Elas me disseram que devemos sair dessas situações dizendo que somente chamaria pessoas da família e amigos íntimos. Não sei se isso poderia surtir efeito com pessoas “entronas”…

A Sammia me disse que tinha um post antigo aqui no blog a respeito do comportamento dos convidados. Resolvi lê-lo e vi que muitas pessoas cometem umas gafes doidas quando o assunto é casamento.

Acredito que a minha situação se enquadra no item 4 do post que é o seguinte: “Galera do trabalho: ‘Tenho que convidar todo mundo? Coloco o convite no mural? Chamo meu chefe?’ Respostas: Não, não e talvez. Você não é obrigada(o) a convidar ninguém que apenas mantenha um nível de coleguismo no trabalho. Agora, se o seu colega é também um amigo ponta firme fora da empresa, é outra situação. Para este amigo, entregue fora da empresa um convite individual, evitando assim o ‘Convite no mural’. Convite assim só dá a entender que a festa é liberada para a empresa inteira. Quanto a chamar o chefe é relativo. Se mesmo não sendo seu amigo, ele seja uma pessoa bacana com você, do qual você admira, se identifica e rola respeito mútuo pelo trabalho do outro, vale sim entregar um convite individual. E ah: se você não for convidar ninguém, ou quase ninguém, não fique comentando do seu casamento aos quatro ventos. Em boca fechada não entra mosca.”

No meu caso, foram dois colegas de trabalho que não estão mais aqui. Acredito que não tinha a obrigação de convidá-los mesmo porque o meu relacionamento com eles era estritamente profissional. É claro que fiz algumas amizades no local de trabalho que vou convidar, mas não é o caso dos dois que me abordaram.

É muito difícil lidar com pessoas. Eu mesma tenho dificuldade de sair de certas situações chatas. Não sei se vocês também têm essa dificuldade…

Sobre isso, eu me lembro de ter lido no blog Noivando Casando Amando sobre os piores comentários de casamento. Vejam se vocês se enquadram nessas situações:

  • Vai casar? Por quê? Está grávida?
  • Você tem certeza que quer se casar?
  • “No início, tudo é flores, depois…!” 
  • “Hum, vai casar, tem que emagrecer para o casamento!”
  • “Você vai se casar? Quando? Vai ter festa? Eu vou ser convidada?” 
  • “Posso levar X, Y, Z  no seu casamento? Pode me dar mais alguns convites individuais?”
  • “Vão fazer casamento com festa para quê? Façam só um bolinho.”.
  • “Não acredito que você não vai colocar isso ou aquilo, é muito chique… Todo casamento tem que ter.”
  • Você pede um orçamento e o o fornecedor responde: Ah, está longe!! Você têm muito tempo ainda!!
  • “Você gasta todo dinheiro, fica com o pé doendo, as bochechas doendo de tanto sorrir, não aproveita nada, não fala com ninguém, só tira foto… Pegue esse dinheiro e viaje!”
  • “Você tem quantos anos? Meu Deus! E você vai casar?  Vai curtir sua vida!”
  • Convidado: “Você não quer fazer uma faculdade primeiro? E o mestrado?” Noiva: Sim. Eu vou casar, não vou morrer não, para não poder fazer isso tudo.
  • Sogra: O vestido ainda vai caber? Noiva:  Como assim?  Sogra: O vestido do casamento… Você engordou não foi? Noiva: Ehhh… Acho que 2 quilos. Cunhada: Cuidado.

É demais, né??? Pior que isso acontece mesmo!

Bom, se alguém passou por alguma situação parecida, comente aqui e deixe a sua sugestão para as pessoas.

Um grande beijo

assinatura_fernanda_besagio

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d