A Grande Final | Os vencedores do Concurso Casamento Completo - Casando Sem Grana
Eventos

A Grande Final | Os vencedores do Concurso Casamento Completo

Chegou a hora. Teve quem não dormiu e quem dormiu só um pouquinho. Teve quem dormiu bem mas acordou cedinho, ansioso. Para todos eles, antes de mais nada, o nosso MUITO OBRIGADA pela participação e empenho nessa competição.

Parabéns desde já a todos os participantes e a mensagem que deixei nesta madrugada em nosso Facebook continua a mesma. Que ninguém se sinta perdedor ou desfavorecido se não foi dessa vez. Mas que se sinta abençoado por ter família e amigos que os ajudaram a estarem bem posicionado entre os 30 mais. Já parou pra pensar que você deveria se alegrar por ter pessoas tão especiais assim em sua vida? 🙂

Agora, sem mais delongas, vamos conhecer os vencedores e mais sobre os bastidores do concurso? 🙂

Critério de Seleção

Cada dia ficava mais difícil escolher entre 30 histórias em cada estado, um casal vencedor. Quase todos tinham histórias dignas de contos de fada ou de um livro triste mas com final feliz. Nos emocionamos, rimos e choramos (!!!) com muitas delas mas uma escolha precisava ser feita e depois de muito lermos e analisarmos, cada uma das colunistas indicou um casal.

votos_das_colunistas

Pedi a elas que não se baseassem apenas na história mais bonitinha, ou na mais engraçadinha, na mais triste ou na mais sofrida. No geral nós escolhemos mais ou menos assim:

  1. Casais que gerassem afinidade na gente.
    É muito difícil eu provar que esse ou aquele tenham ou não condições financeiras para casar, concordam? Às vezes o casal que contou experiências de viagem, estudos fora do país e etc., talvez tenham sido apenas “abençoados” por essa conquista uma vez na vida e ponto. Como vou saber do bolso deles no dia a dia, assim, hoje em dia? Não queremos saber do extrato bancário de ninguém, queremos SENTIR que o casal que escolhemos MERECE e ponto final. Ausência de grana, repetimos, não se tem como comprovar e por isso não foi nosso critério.
  2. Continuidade.
    Nós não gostaríamos de escolher um casal que nos parecesse sem condições financeiras e psicológicas para o DIA A DIA do casamento, ou seja, o pós festa. A festa do casamento e o matrimônio em sí são coisas lindas e deliciosas mas tem que se manter depois. Tem aluguel ou prestação pra pagar, tem outras contas e ter uma renda é o ideal. Mesmo que um dos dois ou os dois esteja desempregado agora, a gente queria sentir firmeza para que o casamento não passasse apenas de uma “festa” e sim uma continuidade do que eles já vivem e podem continuar vivendo amanhã. Sacaram?
  3. Maturidade.
    Esse é outro feeling. A gente queria sentir que por detrás da vontade de se casar estava um amor muito grande e forte. Que também fosse sereno, amigo…desses bem bonitos de se ver. Casais que realmente se amam, que se querem bem, que congregam entre si amigos, família, solidariedade, que vão imprimir a CARA deles no casamento, que vão fazer algo, que distribuem amor, que é realmente para o que serve de fato um “casamento”.
  4. Empolgação e trabalho.
    Já que tinha muito feeling na lista acima, partimos para a escolha dos casais mais animados nas redes sociais e os que nos contaram a força tarefa dos amigos e familiares em campanha por eles. Queríamos ralação e alegria 😀

Então, baseadas nisso tudo, ficou pra mim e pra Liliane Sartório o desempate. Tanto em Sampa como no Rio, nós empacamos em dois casais e não saia de jeito nenhum. Os quatro eram perfeitos para nós. Até que depois de muito refletir tecemos esse raciocínio sobre os casais que escolhemos:

  • O casal escolhido em São Paulo é um grande exemplo de luta, amor, firmeza na relação e superações. Não que outros não fossem mas sentimos que deveria ser eles;
  • O casal do Rio é descolado, animado e foi inscrito pelos amigos que angariaram, junto com o casal, voto por voto de forma sólida e penosa. O noivo disse que se eles chegassem a final ele casava e hoje eles completam mais um ano juntos.

São vocês

casais_vencedores_ccc

PARABÉNS DANIELE CARDOSO e RICARDO REIS

E

PARABÉNS LUANA SINOTI E PEDRO GOMES

 

Agora é só aguardar nosso contato e festejar \o/

Outra edição

Por enquanto não temos planos para outra. Eu não queria contar mas, infelizmente, o cansaço, a falta de compreensão e sinceridade no ato das pessoas (rolaram algumas fraudes e até ameaças) e de aporte financeiro para pagar custos com jurídico e equipe de apoio, não nos deixam muito animadas para uma próxima. Explicamos diversas vezes que os problemas no decorrer do concurso não foram culpa nossa (e sim de uma legislação traiçoeira que atravessou no meio dele) mas, ainda assim, deu o que fazer e muitas noites de sono foram perdidas…

Mas, quem sabe, né? A esperança é a última que morre e mesmo que não seja com uma ação social, como a do concurso, vamos seguir ajudando.

E para vocês, que dessa vez não ganharam, nossa mensagem:

Vocês não são “menos” ou “mais” que eles por nenhum motivo. São batalhadores, sonhadores e a VIDA vai lhes realizar todos os sonhos, independente de concurso ou grana. Se existe batalha e amor eu posso jurar pra vocês que todo o restante vocês VENCEM!
Não percam o foco e a fé. Arregacem a manga e contem com o CSG para ajudá-los no que estiver ao nosso alcance. Sempre.

Amamos vocês!

Beijos!

 

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d