Lua-de-Mel Econômica | Serras Gaúchas | Parte 3 - Casando Sem Grana
Lua de Mel REFERÊNCIAS

Lua-de-Mel Econômica | Serras Gaúchas | Parte 3

Oi, gente!

Tudo bem com vocês? Aqui está tudo bem!

Hoje, termino a série de postagens sobre a minha lua-de-mel nas Serras Gaúchas. Valeu muito a pena cada passeio, cada experiência e cada sensação! Voltei de lá com vontade de morar na região! Como as coisas não são do jeito que a gente quer, tive de voltar ao “mundo real”. Bom, deixa eu parar de choramingar e terminar meu “pequeno” relato… rs… Vamos às dicas?

Um tour que fizemos que acredito que foi um dos melhores foi o Tour dos Parques. Para quem tem o espírito de criança como o Elton e eu, é um dos passeios mais legais de todos. Começamos o dia no Alpen Park que fica em Canela. Nesse parque, existe uma montanha-russa chamada Alpen Blizzard que fica em uma montanha mesmo. Com um percurso de 438 metros e chegando a uma altura de 15 metros, a Alpen Blizzard alcança uma velocidade média de 55 km/h. O passeio, de aproximadamente três minutos, proporciona para os visitantes momentos de adrenalina e diversão, além de possibilitar uma vista indescritível, já que o parque está localizado no topo de um vale de montanhas que corta a Serra Gaúcha. Além dessa montanha-russa, também tem vários outros brinquedos como cinemas 3-D interativos, simuladores, uma montanha-russa que veio do PlayCenter, além de arvorismo, tirolesa, escalada, entre outros. Vale muito a pena a visita:

Depois, continuamos o passeio no Parque Terra Mágica Florybal. O parque tem poucos brinquedos, mas tem muito cenário legal e de bom gosto para fazer umas fotos legais com o seu amor. Vale a pena ir ao cinema 7-D que é o destaque do parque. Também tem um restaurante e uma loja de chocolates e presentes muito bons.

Aí, fomos direto a um parque bem legal que vale a pena ser visitado: o Mundo Gelado, que é o primeiro parque temático de gelo da América Latina. A temperatura dentro do parque é de -10º C. Vale a pena virar pinguim? Sim, porque as esculturas de gelo que estão lá são demais! Tem até uma réplica do Cristo Redentor! A visita dura 15 minutos porque ninguém aguenta ficar lá muito tempo… rsrsrs…

Terminamos o passeio dos parques com uma visita ao Castelinho Caracol. Ali, vivia a família Franzen e o castelinho foi construído entre 1913 e 1915. É um verdadeiro retorno ao passado, pois a família preserva os pertences dela até hoje. Além disso, a visita vale a pena para provar um delicioso Apfelstrudel (comemos com sorvete de creme! hummm)…

À noite, fomos comer uma pizza na Cara de Mau com os nossos amigos Neyri e Warley em Gramado. A pizzaria é temática e os garçons se vestem de piratas, fazendo com que o clima fique bem legal. As pizzas são excelentes! Não pudemos tirar muitas fotos do local porque eles não deixam…

No último dia, resolvemos visitar alguns museus como o Parque Le Jardin e o Museu da Moda. O Parque Le Jardin é o primeiro parque de lavanda do Brasil, onde existe um belíssimo jardim com 10 mil pés de lavanda. O cheiro de lavanda do local é muito gostoso! O Museu da Moda foi criado pela estilista Milka Wolff. É uma reconstrução estética de 4000 anos do vestuário feminino. Dá para ver réplicas dos vestidos do antigo Egito, da Maria Antonieta, da Lady Di, entre outros. Passeio muito legal!

Para encerrar o passeio, não podia faltar uma coisa que é muito tradicional na região: o churrasco gaúcho. Fomos ao restaurante Garfo & Bombacha para uma noite típica gaúcha com direito a muito churrasco (e um bom chimarrão), danças típicas e animação. Ô, coisa boa!!

Dicas para quem quer economizar

131 Para visitar a região das Serras Gaúchas, saiba que quase todos os parques e passeios são pagos. Então, é bom reservar um dinheiro para gastar lá. Uma boa dica é utilizar o dinheiro da “gravata” e do “sapato da noiva”.

131 Não vale a pena fazer compras em Gramado, pois é tudo muito caro. Vale a pena levar um vinho e um bom chocolate de recordação para casa. Se quiser economizar no passeio, reserve um hotel que tenha cozinha no quarto. Os produtos nos supermercados são baratos, principalmente as carnes (quase comprei uma peça de picanha para levar para casa – R$ 16,00 o quilo).

131 Se quiser baratear ainda mais o seu passeio, vale a pena ficar nos hotéis de Canela porque são mais baratos do que os de Gramado.

131 A região das Serras Gaúchas costuma ser muito fria. Então, prepare a sua mala com roupas quentes. Só não se esqueça de dar uma olhada na previsão do tempo porque o Elton e eu pegamos uma semana de calor.

131 É mais barato você alugar um carro e visitar os lugares por conta própria do que contratar uma empresa de turismo. Existem empresas de aluguel de automóveis com diárias a partir de R$ 60,00. Só faça o passeio das vinícolas com um guia porque, se você quiser degustar um bom vinho, não vai poder dirigir… #ficaadica

131 Quem for a Gramado em novembro e em dezembro, não deixe de assistir aos especiais de Natal, especialmente ao Natal Luz. É de encher os olhos!

Por mim, eu moraria na região sem problema nenhum, mas, infelizmente, tive que voltar ao “mundo real”.

Bom, pessoal, é isso. Espero que tenham gostado das dicas e que possa servir de inspiração para alguém!

Um grande beijo

assinatura_fernanda_besagio_nova

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d