Dicas de Viagem | Quanto custa ir para Orlando - Casando Sem Grana
Lua de Mel REFERÊNCIAS

Dicas de Viagem | Quanto custa ir para Orlando

Olá pessoal! A Érika já falou tudo que sabia sobre Miami aqui e agora eu vim explicar a parte da grana… como fazer, mil dicas e mais tudo que eu sei sobre o assunto!!!

Mas porque esse tipo de posts no CASANDO sem grana? Para mostramos para vocês que com planejamento, dedicação e paciência: é possível realizar um sonho. Não importa qual o tamanho do seu sonho: se é um vestido de noiva importado, se é uma festa de casamento com vista para o mar, se é conhecer o Mickey na lua-de-mel. Estamos apenas exercitando aqui junto de vocês a possibilidade de concretizar algo que às vezes está nas profundezas da nossa imaginação.

Quer ir pros States? Sempre sonhou dirigindo na Ocean Drive? Desde pequena sente aquela frustração de todas as amiguinhas terem ido pra Disney menos você? Chega disso. Vamos resolver já!

Quando a gente vai organizar QUALQUER viagem, seja pra Santos ou pra Hong Kong, temos que considerar a possibilidade de gastos com:

  • Passagem;
  • Hospedagem;
  • Alimentação;
  • Locomoção;
  • Passeios, lazer em geral;
  • Potencial de compras.

Eu fui para Orlando na minha lua-de-mel e vou contar para vocês minhas estratégias para economizar. Primeiro de tudo é entender o mantra: planejamento, dedicação e paciência. Sem isso você não economiza…

  • Passagem: fiquei durante uns 3 meses acompanhando as notícias sobre o trecho SP – Miami/Orlando pelo blog maravilhoso Melhores Destinos. Fui analisando a variação de preços e avaliei  o potencial. Agora eu não sei exatamente como estão os preços, parei de acompanhar, mas para vocês terem uma base de valores, as passagens variavam muito (por pessoa, passagem ida e volta, trecho SP-Miami ou Orlando, com tempo de viagem menor que 16 horas) fora de promoção era entre R$ 1.800 e R$ 2.000. Com promoção os valores mais comuns eram entre R$ 1.500 e R$ 1.800. Tendo isso em vista definimos duas premissas, comprando a passagem conforme a que ocorresse primeiro: preço igual ou menor que R$ 1.300 (fomos audaciosos afinal o valor de R$ 1.500 aparecia promoção sempre) ou julho/2012 (a viagem tinha que ser em setembro/2012). E assim eu pacientemente olhava todos os sites com frequência e esperei 4 meses, até junho, que foi quando apareceu a passagem por R$ 1.300!!!! Na época isso era menos de U$ 700, praticamente um sonho rsrsrs. Parcelei em 8 vezes para que a parcela ficasse menos de R$ 200 para cada um. Como a compra foi perto do casamento, essas parcelas de R$ 200 não se confundiram com os gastos para o casório.

—-> Um parêntesis sobre a duração dos trechos em avião: é muito normal os preços mais baratos serem para passagem de longa duração, com mais de 1 parada (às vezes até 2, 3 ou 4 paradas…), além do tempo de cada parada muito longo… fazendo com que os passageiros fiquem mais de 8 horas parados no aeroporto, enfim… tem que pesquisar muito, respirar fundo e lembrar do mantra, pois às vezes, se olhamos só para o preço, podemos perder tempo e qualidade da viagem ficando horas a fio em aeroportos e conexões. Eu fiz uma parada só na ida e outra na volta. A primeira foi de 3 horas (super gostoso porque o aeroporto era LINDOOOO) e na volta foi de 1 hora que mal deu pra trocar de aeronave pois o aeroporto era uma cidade kkkk…

  •  Hospedagem: Foram 2 meses observando os preços, pesquisando muito em blogs e analisando a oferta de preços. Os preços variam apenas por categorias de hospedagem. Os Estados Unidos tem uma variedade inenarrável de tipos de hospedagem. Mas o que varia? A disponibilidade dos serviços e acomodações! Então eu fiz uma lista do que era importante para nós que o hotel tivesse. Para a minha necessidade, avaliei os seguintes itens:

–>Valor da diária: a faixa de preço no ano passado variava entre U$ 30 até zillions, mas vi que o teto de preços são os hotéis que ficam dentro da própria Disney. Eu queria mesmo mesmo era ficar em hotéis com a diária de U$ 50, isso era super possível. Mas quando mostrei as opções para o meu marido ele fez um cafuné na nossa viagem e optou por um hotel que a diária foi de U$ 70 apenasmente porque era nossa lua-de-mel!!! Hoje, depois de ter ido pra lá, sei que é possível se hospedar em hotéis legais entre U$ 30 e U$ 50. Claro que nessa faixa de preço o hotel não oferece muita coisa além de um teto, cama e banheiro… mas fora de lua-de-mel… quem vai querer ficar no quarto tendo uma DISNEY ou MIAMI inteira pela frente? Kkkk..

–> Ar-condicionado: este item é bem mais comum por lá, mas colocamos na listinha pois em setembro é um calorão de mais de 30° graus o tempo todo e tendo dias cansativos, nada mais justo que conseguir dormir sossegado pra ter disposição novamente no dia seguinte.

–> Café-da-manhã, frigobar e microondas:  lá é MTO normal o hotel não servir nem café da manhã nos hotéis… então eu fiz questão de ficar em algum que tivesse o café pois como uma boa sem granete eu precisava economizar! A gente comia um montão no café para poder almoçar mais tarde e economizar. Frigobar e microondas é uma boa opçãoe possibilita a comprar as coisinhas no mercado e conveniências (super lindas e comuns e maravilhosas!) e levar para o quarto e economizar (tempo e dinheiro rs).

orlando-disney-10

–> Traslado para outlets e/ou parques da Disney: eu queria muito que já tivesse o translado incluído para facilitar a ida e vinda para os parques ou outlets em dias que estivéssemos cansados, sem precisar gastar horrores em táxi ou dirigir muito.

–> Localização (falando de Orlando): importantíssimo escolher corretamente esse item, pegar o nosso mantra a paciência e a dedicação, abrir o mapa de Orlando na sua frente e ficar pensando onde você quer ir, suas prioridades e com isso onde é mais importante ficar. Bom, como eu já fiz tudo isso lá vão minhas observações… os parques da Disney ficam ao Sul, quanto mais perto deles, mais caros os hotéis. Os parques da Universal, Sea World, Wet’n Wild, ficam mais ao “centro”. Próximo desses tem muito centros comerciais também, com restaurante, opções de lazer variadas. Os mais legais ficam no entorno da International Drive que é uma avenida grande, comprida, que corta a cidade de cima à baixo. Já os outlets tem diversos… mas a maioria deles tem as mesmas lojas, então me interessei em apenas 1 e lá fui várias vezes. Shopping malls… ixi aí é treta.. são muitos! E todos longes uns dos outros!!! Então eu investi nas “lojas” que eu queria visitar e não exatamente nos shoppings… mesmo porque o preço das coisas nas lojas dos shoppings malls não é lá tão barateeeenho assim kkkk… então eu fui apenas nos malls que tinham as lojas que eu queria visitar: Millenia Mall> Apple Store, Toys’r us, Best Buy e fomos ao Florida Mall para visitar o MM’s World (achei esse shopping muito ruim, muito longe, meio esquisito e só vale a pena mesmo para ir na MM’s). Com tudo isso, escolhi um hotel que ficasse na própria International Drive, bem pertinho da Universal. Com isso, consegui melhor qualidade vs. preço e economizei muito tempo nas idas e vindas!

–> Utilizei o site que sou a maior fã Booking.com, ele tem vários filtros, como os mencionados acima, que já vai ajudando a eliminar opções… outra coisa fantástica no site é a opinião das pessoas que já se hospedaram, eles analisam vários quesitos inclusive os que mencionei acima!

  • Alimentação: eu não tinha a mínima ideia sobre quanto gastar com isso lá, então eu simplesmente peguei o dinheiro da gravata (incríveis R$ 2 mil) e separei para a comida. Infelizmente comida é caro lá… por isso investi num hotel com café-da-manhã, frigobar e micro-ondas, assim íamos ao mercado comprar as coisas e comia no quarto, ótima economia. Olha como fiz as contas = R$ 2.000 >> U$ 1.000 >> U$ 500 por pessoa >> 10 dias >> U$ 50 por dia >> média de U$ 25 por refeição!!! Na prática… isso deu justinho justinho justinho! Tirando os lanchinhos…. é um orçamento bem apertadinho… mas tem que dar né gente kkk… se não os pobre que nem nóis não consegue ver o Tio Disney!

–> Dica de ouro: comer nos parques é bem mais caro, então  economize em dias de outlets!!!! Comprando as coisas do mercado, daí dá pra investir nos maravilhosos restaurantes e lanchonetes dos parques. Tem parque que dá pra comprar o ticket que já inclui as refeições – Meal Deal, isso ajuda um pouco a flexibilizar uma vez ou outra os U$ 25 por refeição. É muito importante fazer a conta de quanto você pode gastar por refeição para ter esse valor em mente e ir equilibrando ao longo do dia e não estourar o orçamento e o cartão!

orlando-disney-11

orlando-disney-04

  • Locomoção: é muito legalzão demais alugar carro lá. É só usar o mantra e pesquisar nas principais locadoras americanas: Budget, Hertz, entre outros… tem DIVERSAS categorias, desde carros super simples até aqueles bem americanos de filme, que cabe a família toda rs… eu pesquisei, fucei, achei uma mega promoção. Só que quando chegamos lá, a primeira coisa que fizemos depois de pegar a mala foi buscar o carro, ainda estávamos meio atordoados com o casamento, viagem, um calorão dos inferno que faz em Orlando, aí o cara da locadora foi adicionando taxas e mais taxas, não aceitaram o cartão de crédito do meu marido (burocracia: só descobrimos que precisava avisar a operadora lá… enfim… erro nosso), aí eu ia passar no meu cartão mas estava sem a minha CNH na bolsa de mão, um transtorno tão grande que a conta foi aumentando tanto por causa desses pormenores que de R$ 500 a fatura ia para R$ 2000,desistimos e isso foi uma benção! Fizemos tudo de táxi, bus e traslados do hotel!!! Não gastamos nem sombra dos R$ 2000, muito pelo contrário, descansamos muito, conhecemos gente local, conhecemos a cidade, compramos um passe de ônibus que durava 1 semana, nossa, foi tanta tanta felicidade, uma experiência única andar por Orlando como se fossemos moradores e gastando muito, muito pouca grana nisso!!! Tirando os táxis de ir e vir ao aeroporto que foi mais caro, mas gastamos os dois juntos, em média uns U$ 20/dia – PECHINCHA!
  • Passeios, lazer: eu e meu marido tínhamos objetivos bastante claros e definidos… Parques e compras!!! Hahahaha… aqui fizemos uma pesquisa de leve, sobre os shoppings já mencionei lá em cima que fomos apenas em 2 (Florida Mall e Millenia Mall sendo que o Millenia é o best ever ever ever), mas legal mesmo são os outlets. Nós fomos apenas no Premium Outlet da International Drive. As lojas eram as mesmas dos outros outlets que eram mais distantes, não valia a pena ir até lá. Fora isso passamos um dia inteiro no Walmart. Ai que delicia, só de lembrar já me emociono, é tudo tão lindo lá dentro, tão legal, tão barato… optamos por não fazer nada a noite, para descansar, acordar cedo e aproveitar bem os dias lá, mas a noite em Orlando é maravilhosa! Tanto na Disney quanto na Universal tem baladas e restaurantes bacanérrimos para ir a noite, parecia tudo muito divertido. Fora dos parques a vida noturna também é fantástica.
  • Parques: planejamos aqui quais parques queríamos ir, para poder saber quantos dias ficar lá e quanto money investir nisso. Nós decidimos ir na Disney apenas no Magic Kingdom, Hollywood Studios e Epcot. Na Universal fomos nos 2 parques que tem lá: Island of Adventure e Universal Studios. E também fomos ao Sea World que fica fora desses 2 complexos. Compramos 1 ticket por parque, 1 parque por dia porque essa opção atendia a nossa necessidade e era a opção mais barata… tem tickets que permitem que você vá em mais de 1 parque por dia… é mais caro… enfim… tem que pesquisar muito para entender.

orlando-disney-08

orlando-disney-07

  • Potencial de compras: é quanto dinheiro te sobra pra simplesmente TORRAR hahahaha… depois de ir e voltar, de se hospedar, se alimentar e se locomover, se sobrou alguma coisinha… gaste! Eu particularmente não gastei muito em compras pois não sou consumista… mas tem coisas que eu não conseguia comprar aqui pois são muito caras… então comprei de “caro” calça jeans na Levis por U$ 50 (fui na Levis daqui só pra conferir e a mesma calça tava R$ 300) e um tênis nike de U$ 50 também, esse não consegui saber quanto custa porque não tinha o mesmo modelo aqui, mas de maneira geral é impensável comprar um tênis de qualidade por apenas R$ 100. De resto eu comprava roupinhas que custassem menos de U$ 5 a peça lá no cantinho do “sale” dentro dos outlets kkkk (ou seja, a promoção da promoção)… o que é coleção passada pra eles aqui é coleção que ainda nem chegou hehehehe… mas comprei só o básico mesmo.

orlando-disney-01

Já meu marido tinha economizado (a vida toda) uma grana e gastou basicamente uns R$ 1000 e definitivamente construiu o armário dele!!! Pra vocês terem uma noção, ele não levou nenhuma mala de roupas da casa dos pais pro nosso apê, ele simplesmente desembarcou no Brasil com as compras de lá e já lotou o armário com as coisas novas, pensando por esse lado, R$ 1000 é pouco ou não é gente!?!?! Se aqui alguém for gastar R$ 1000 para começar um armário do zero, com roupas de qualidade… vai conseguir muito pouco!!! Ele comprou até roupa social pro trabalho! Tênis. Cueca. Meia. Cinto. Tudo que vocês podem imaginar…

Outro passeio legal é assistir esportes… dependendo da época do ano dá pra ver Football ou Basquete, fomos ver football e foi um sonho… com concurso de bandas no intervalo e cheerleaders dançando…lindo!

orlando-disney-15

orlando-disney-14

Pra finalizar, quanto um casal sem granete precisa para chegar em Miami/Orlando?

Viagem de 10 dias, valores em R$, por pessoa:

  • Passagem: R$ 1.300
  • Hospedagem: R$ 700
  • Alimentação: R$ 1.000
  • Locomoção: R$ 500 (total, considerando ida/volta aeroporto-hotel)
  • Parques: R$ 1.230

– Universal (os dois parques, 1 por dia): R$ 500

– Disney (3 parques, 1 por dia): R$ 560

– Sea World (1 parque, sem atrações extras): R$ 170

Total: R$ 4.730 (sem os parques seriam R$ 3.500 pois os parques é muito variável, escolher em quantos e quais depende só de vocês$)

  • Compras: acredito que tem coisas que não dá pra deixar de comprar… como os souvenirs dos parques, lembrancinhas para os pais e as pechinchas dos outlets… eu reservaria pelo menos uns R$ 1.000 para investir nisso. Numa viagem de 10 dias, são U$ 50 por dia para gastar em bobagem, o que é uma boa margem hein. Não deixe de estipular essas metas por dia e por item, para você não perder as rédeas do seu orçamento durante a viagem e não voltar cheia de dívidas!

orlando-disney-05

orlando-disney-03

Lua-de-mel: sabe o mais prazeroso de tudo… um casal de padrinhos (lindos <3)viram nosso brilho nos olhos e contribuíram pagando os tickets dos parques! É um presente que ficará guardado eternamente no meu coração, pois a emoção vivida naqueles dias, naqueles lugares eu devo inteiramente aos meus padrinhos, é algo inesquecível, vou sempre dever essa honra a eles!!!

orlando-disney-09

Ficou caro? Ficou!!! Eu iria lá em outra época fora do casamento? De jeito nenhum… hoje me vejo sem nenhuma condição de gastar R$ 10 mil do orçamento familiar numa viagem de 10 dias… não temos como fazer isso hoje… tem prestação, tem mobília, tem poupança para planos de uma família maior, tem emergências com pais e familiares e um monte de coisas que nós não podemos “nos dar ao luxo” e nem “esbanjar” perante os amigos e familiares esse tipo de viagem… tem gente que gosta de deixar para fazer depois “uma viagem grande” mas eu vejo a ocasião da lua-de-mel como uma oportunidade única para isso… sem contar o apoio financeiro que recebemos de todos os lados… como no meu caso: R$ 2 mil da gravata e os tickets dos parques que ganhamos… economia de quase R$ 3 mil… do meu bolso, na prática, saiu só R$ 2.500 sendo que R$ 1.300 da passagem eu parcelei então nem senti o impacto do gasto.. então do meu rico dinheirinho que juntei pra essa trip maravilhosa gastei praticamente R$ 1.000,00. Mil pra lua de mel para cada um dá né gente?!?! É uma vez na vidaaaaa!!!

Dúvidas? Quer que eu faça as contas pra você? Amou minhas dicas? Achou que eu sou patricinha e não deveria ficar falando asneira aqui? kkkkkkkkkkkkkkkkkk… COMENTEM! Mas comentem muito! Vou responder uma por uma… vou amar ajudar alguém a realizar o seu próprio sonho, seja Disney ou Grécia!

Pra sonhar mais fotinhos da minha viagem:

Beijos,

assinatura_liliane

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d