Casamento da Fê Lopes – Parte 01 | A cerimônia - Casando Sem Grana
DISTRITO FEDERAL HISTÓRIAS REAIS

Casamento da Fê Lopes – Parte 01 | A cerimônia

Oi meus amores,

Começo hoje a contar, por etapas, como foi o meu grande dia. Junto aos relatos, teremos vários Diy’s de peças que eu mesma produzi e fizeram total sucesso. Além disso, tem muita dica de fornecedor bacana.

Em lágrimas, começo pela cerimônia (só com fotos dos convidados, as oficiais ainda não chegaram #aguardem #vairenderoutropost) e espero transmitir todo o amor daquele momento neste post.

O dia  – Na hora de marcar a data eu não me atentei…mas, putz, como chove em novembro! As semanas que antecederam meu casamento foram marcadas pelo cinza dos dias nublados e a umidade da chuva que não parava de cair. Preocupei-me no primeiro momento, mas depois relaxei, pois sabia que a galera lá do céu, por misericórdia, ia garantir um dia sequinho.

1476264_10200247293345632_373260020_n

No dia, a caminho do salão, percebi o dia lindo que Deus tinha preparado pra mim. Era bem cedo (me casei pela manhã) e mesmo com o horário de verão, vários raios de luz despontaram no céu e rapidinho o sol tomou seu lugar. Lembro que uma das primeiras mensagens que recebi pelo celular anunciou: Amiga, que dia lindo!

Meu estado de espírito – Duas semanas antes, eu comecei a ficar muito nervosa. Via muita coisa por fazer e não sentia nenhuma vontade concluí-las. Sentia-me mais cansada do que motivada e a cobrança da família e amigos (ta tudo pronto?!!!) me irritava ainda mais, não por eles, mas porque me forçava a lembrar da resposta.

Faltando uns 10 dias para o casamento, uma amiga de trabalho me deu um comprimido de um tranquilizante natural e já foi logo me avisando que era fraquíssimo e o efeito placebo… Placebo ou não, um único comprimido tem me garantido a tranquilidade até hoje…ahahaha… Na verdade, junto com ele eu tomei uma boa dose de fé e confiança na certeza que tudo daria certo. E deu! Fiquei tão tranquila que me atrasei mesmo estando pronta, por ficar fazendo piada com a equipe do salão.

A roupa dos padrinhos – Como eu contei aqui, eu resolvi padronizar, madrinhas de cores claras e vestido curto e padrinhos de cinza. Porém, bem antes do casamento, eu comecei a abrir mão do padrão…é tanto pepino pra resolver, que tudo o que menos queria era assumir problema de roupa alheia. Eles leram e entenderam o bilhetinho, ou seja, quando me perguntavam se poderia ser de outra forma, era um sinal de que não gostaram do jeito proposto. Logo, eu não me estressava e respondia com um sorriso:

Pode!!! Vá como você se sentir melhor…

IMG-20131127-WA0001

E foi exatamente assim, estavam todos bonitos e satisfeitos.

O cortejo – Eram cinco crianças, os pais, 12 casais de padrinhos e minha afilhada adolescente que entrou com as alianças. A ordem foi a seguinte: Um casal de crianças entrou levando a bíblia e em seguida o Leleo com a imagem da mãe rainha junto com duas princesinhas. Em seguida entrou o noivo com os pais, os padrinhos, a placa de Lá vem a Noiva e depois eu, a noiva, com meus pais. As alianças entraram no momento oportuno e a saída foi praticamente na mesma ordem, com exceção dos pais, que saíram em casais e eu sai com o maridão!

IMG-20131127-WA0002

Vídeo amador da minha entrada:

Vídeo amador do cortejo final:

As músicas – Aiii…essas foram escolhidas a dedo, com a ajuda do noivo, minha mãe e meu padrinho, Pedroca, que canta em casamento  e me deu a banda como presente. Esse foi um dos pontos mais elogiados do casamento. E apesar de não ter pago, percebi que é um dos fornecedores em que vale a pena investir. Por diiiiias, as pessoas me perguntavam quem eram e os enchiam de elogios. Teve gente que procurou meu padrinho no facebook para deixar um depoimento do quanto foi tocado pela música deles.

Playlist:

Entrada da bíblia e a imagem: Ave Maria (Gounoud)

Entrada do noivo: Diga sim pra mim (Isabela Taviani)

Padrinhos: A amizade é tudo (Jeito Moleque)

Casal com a placa de lá vem a noiva: Pela Luz dos olhos teus (Tom Jobim – instrumental)

A noiva: Marcha Nupcial (com vozes…ficou lindo)

Leitura do evangelho: Tua Palavra é (Aline Barros)

Salmo (cantado pelo Pedro)

Entrada das alianças: Juramento – Padre Zezinho

Beijo: Não tem hora nem lugar – Thiaguinho (cantaram só o refrão)

Comunhão: Tudo Posso – Celina Borges

Assinaturas: Pra Sonhar – Jenecci

Saída: I Say Little Prayer for You – Aretha Franklin

O Celebrante: Essa era uma das minhas maiores preocupações. Desde os primeiros meses de preparação, eu procurei por um celebrante que falasse bonito e não tivesse um discurso retrógrado do tipo que a mulher é inferior ao homem e blá, blá, blá… Mas nenhuma das minhas tentativas tiveram êxito. Amigos que são de vários grupos religiosos, a cunhada que trabalha na igreja, minha mãe que conhece alguns padres, o Amilton que foi meu amigo de faculdade e hoje é padre…nada, ninguém…

Resolvi deixar Deus conduzi e tive uma grata surpresa…Aliás, a melhor da cerimônia. O diácono Miguel foi P E R F E I T O… Fez uma cerimônia divertida, falou sobre como não deixar o matrimônio cair na rotina,  evitar brigas e como resolvê-las. Além de falar lindamente sobre amor e emocionar a todos que nos testemunharam. Ahhhh… esse Deus me ama mesmo e tem sempre o melhor reservado pra mim!

A emoção: Assim como agora ao escrever, eu já entrei chorando. Caramba… quanta emoção senti ao ver ele ali… o amor da minha vida, me esperando no altar. Ahhh, eu achei que ele não ia chorar. Que pernas trêmulas, que nariz vermelho, que olhar cheio de amor. Meu noivo é lindo… É ele! Só pode ser ele…Pensei enquanto caminhava ao seu encontro em lágrimas.

IMG-20131126-WA0019

Quando meus pais me entregaram, tive a certeza que minha mãe deveria estar lá também, me conduzindo ao altar. Meus pais são separados e com meu pai morando em outro estado, foi ela quem me conduziu ao primeiro dia na escola, médico, parquinho, festinhas, faculdade…enfim, a Dona Graça sempre esteve ali, me levando pela mão, me guiando e aparando.

Ganhei um beijo do meu pai e dei um na minha mãe que deixou sua bochecha marcada de batom, a cerimonialista correu pra limpar… Vi que os pais do João também estavam muito emocionados e meus padrinhos também… A cada vez que eu olhava para um lado, percebia que tudo aquilo não era especial apenas pra mim.

Após as maravilhosas palavras do diácono Miguel, as alianças entraram e nessa hora, de frente para os convidados, vi o quanto as pessoas estavam emocionadas. Vi todos (sem exceção) amigos do João chorarem. Minha cerimonialista também chorou, e o Leleo um dos pajens, precisou ser levado pra fora da igreja, chorou tanto, que precisou ser acalmado… Quando ele voltou, quebrou o protocolo, foi no altar, abraçou minha perna e disse:

-Dindinha, eu tô chorando porque você é a melhor madrinha do mundo e merece tudo isso aqui. (Caramba…que moleque especial).

Trocamos as alianças e o celebrante autorizou o beijo dos noivos… Essa foto nem deve ter ficado bonita, pois não teve nada de beijinho sem amassar o nariz. Trocamos milhares de beijinhos no rosto todo. Todos bem rapidinho e com gosto de vitória. Ao fundo, percebi muitas palmas, assovios e a banda cantando lindamente: E nós nascemos um pro outro e não dá pra resistir… quando tocamos um ao outro, amor igual eu nunca vi…

O celebrante nos proclamou marido e mulher e a igreja inteira vibrou como na final de uma Copa do Mundo. Nesse momento eu até me surpreendi. Quanta comemoração!!! Foi aí que eu entendi que eram as pessoas certas que estavam ali. Os convidados vibravam, porque estavam realmente felizes com nossa conquista e sabiam que o gosto de tudo aquilo era de vitória. Enfrentamos muita gente, inclusive família, para celebrar aquele momento. Fizemos muita gente mudar de ideia e de perseguidor, se tornar parceiro do nosso amor.

Tocou a musica Say Little Prayer For You e o cortejo começou a sair, eu dancei, cantei e fiz piada quando passamos pelos amigos do noivo. Na saída da igreja, os padrinhos nos esperavam com uma chuva de bolinhas de sabão. Todos queriam nos encher de beijos e nós queríamos abracar a todos também. Mas, era hora de seguir para a festa…

Muitas outras coisas aconteceram, tantas que não caberiam aqui. Mas duas me tocaram em especial. A primeira, foi um amigo ateu me dizer que sentiu uma coisa tão extraordinária naquele local, que até arriscaria dizer que Deus existe e a segunda, foi um casal de amigos que já moram juntos, saírem de lá determinados a casar, numa cerimônia tão linda quanto.

 
Gente, meus fornecedores também foram verdadeiras bênçãos na minha vida.

Fornecedores

Cerimonial – A minha cerimonialista, a Hyathama Pires, por exemplo, me deu as lágrimas de alegria de brinde, os buquês de marshmallow das daminhas, as bolinhas de sabão da saída da igreja e me ajudou a fazer os convites. Sem falar nos detalhes que ela contornou, como por exemplo, a falta da placa de Lá vem a Noiva e o porta alianças. Por isso, mais do que recomendada: Hyathama Pires.

A banda – montada pelo meu padrinho, como eu já disse, foi mais do que show de bola! Como não é uma empresa, posso passar o contato por email se alguém se interessar.

Decoração – A Marizete do Gama, fez pra mim no último minuto do segundo tempo, por um preço especial. Não foi como eu planejei, mas na altura do campeonato eu não podia exigir nada. Deixei ela a vontade para fazer o que desse…e ela me surpreendeu fazendo muito mais do que eu esperava. Contato: 8635-1653

Lágrimas de alegria – Foi presente da cerimonialista, mas quem fez foi a Priscila da Simples e Belo

Local – Capela São Francisco de Assis. Contato: 3334-2082

(Todos os contatos são de Brasília DDD 61)

   Veja os preços de todos os fornecedores do meu casamento   
 

É isso aí! Agradeço a todas vocês por me apoiarem, acompanharem, contarem comigo quantos dias faltavam, vibrarem e se emocionarem em cada etapa rumo a este momento maravilhoso! Agora tô de volta, pra contar tudo tin tin por tin tin e assim que chegarem as fotos oficiais tem mais post sobre o assunto!

Obrigada de coração! Beijos!

assinatura_fernanda_lopes

 

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d