Casamento Real e Econômico | Carol e Beto - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS SÃO PAULO

Casamento Real e Econômico | Carol e Beto

Buenas pessoal!!! Tudo bem por aí?!?!

Hoje temos um casamento real tão lindo! Tão fofo! Tão encantador! E o melhor de tudo é que a noiva explicou t-u-d-i-n-h-o com riqueza de detalhes e até os links de onde ela sacou as super ideias que teve por aí!

E antes que venha o mimimi do valor do casamento dela espero que 2014 tenha começado diferente e vocês entendam que o que é muito para uns e pouco para os outros, não sabemos em quais condições os valores foram viabilizados e que o mais importante meeeeeesmo é o AMOR e que estava tudo lindo demais! 🙂

“Olá meninas, fico muito feliz em poder escrever esse relato pra vocês, quando comecei a acompanhar o Casando sem Grana eu já sonhava em casar com alguma comemoração, mas ainda achava que isso era um sonho distante e por vezes já havia me conformado só com o cartório e em curtir os casamentos reais pelo blog!

Pois bem, eu e o Beto temos uma historia um pouco incomum, estamos juntos há quase 9 anos (completamos 9 no dia 1 de novembro) e ele não mora no Brasil há mais de 2 anos, está fazendo o doutorado dele. Nesses 9 anos ele morou fora do pais por quase 5 (entre o mestrado e o doutorado) e como estou terminando meu mestrado por aqui resolvemos que iriamos enfim assinar o papel e nos livrar das certidões de nascimento, para construirmos nossa família e vivermos a vida que nos espera e que esperamos a tanto tempo.

Nesse meio tempo de ir atrás da papelada necessária para o cartório (precisamos de procuração porque ele não estava presente pra marcar, então foi bem chatinho e demorado) pensamos muitas vezes em fazer algo simples, algo só pra família mais próxima e alguns poucos amigos, somente para comemorar nossa união e como uma despedida, já que pensamos em ficar fora ainda por um tempo. Chegamos a pesquisar muitas coisas, mas todas fora dos nossos padrões e anseios econômicos.

 Um dia estava no carro com minha mãe e meu pai, e minha mãe pediu para meu pai parar em um salão que ela já estava de olho fazia um tempo, entramos e finalmente vi que era possível! Em uma semana conversamos com o Beto e os pais dele e fechamos o espaço, o buffet e o DJ.

Marcamos para quase dali 3 meses e meio que era quando o Beto viria pro Brasil de férias e casaríamos no cartório ”Amor a gente vai ter uma festa!!!”: foi assim, tudo de repente, antes o que era uma ideia em poucos dias virou realidade!Tínhamos esse tempo pra ver tudo, vestido, roupa do noivo, marcar cartório definitivamente, fechar lista de convidados, decoração e aí começou a correria. Mas deu tudo certo, mesmo quando achamos que não, no fim acreditem que DÁ!!!

Não conseguirei colocar os preços de item por item porque já não me lembro, me casei no mês de agosto e fechei tudo perto de abril, a maior parte dos fornecedores dizia que os preços seriam reajustados em junho, mas até onde isso é verdade eu não sei.

Espaço: o espaço encantador e super aconchegante, foi o Espaço Massimo, no bairro do Butantã (pertinho da Rodovia Raposo Tavares), foi amor à primeira vista. E um amor que não decepcionou e nem nos iludiu!

Buffet: contratamos o da casa, os melhores salgadinhos que já comi, serviram uma massa maravilhosa e um bolo e docinhos INCRÍVEIS!!!Tudo por um preço mega camarada de 49,90 por pessoa. Fora os garçons e a equipe que eram sensacionais! Fechamos uma festa para 120 convidados, mas foi complicado fechar a lista, está ai uma coisa difícil, mas é essencial impor para a família que quem escolhe os convidados são os noivos. Tenha isso em mente e claro pra quem quer que seja!

Bebidas: As bebidas o buffet incluía, somente as alcoólicas compramos a parte, fizemos consignado de vinho no Emporio Mercantil, o que valeu super a pena, porque acabamos pagando só o consumido mesmo, e a cerveja compramos em supermercado de atacado e fizemos um calculo de 3 latas por pessoa, foi uma noite quente pro mês de agosto então foi um calculo bem certinho…Ufa!!

Convite Nós que fizemos a arte, e ganhamos a impressão em papel fotográfico (algo bem simples, mas uma graça) de um amigo da minha mãe que tem uma gráfica. Compramos envelopes coloridos na papelaria mesmo e fiz lacinhos Chanel em fita de cetim branca pra fechar os envelopes (o mesmo laço do porta guardanapos!) e com muito carinho fizemos um por um!

Decoração: foi bem complicada no início, cheguei a chorar quando via os preços, não sabia se teria tempo de fazer eu mesma, nossa família inteira trabalha muito, o Beto fora, eu terminando meu mestrado, uma doideira! Deparei com alguns preços absurdos (alguns mais caros que o buffet todo!), isso porque queríamos algo simples e o espaço não era grande. No fim fechei com a dona do espaço Massimo mesmo, que fez um preço ótimo e de bagatela levamos o serviço de cerimonialista dela. Demos alguns toques pessoais e de ideias que vimos nos casamentos reais por aqui também: colocamos porta retratos dos nossos pais cortando os bolos dos respectivos casamentos na mesa do bolo, ficou um toque sutil e foi uma homenagem linda pra eles. Compramos porta retratos lindos na 25 de março mesmo e depois presenteamos eles, “a-ma-ram”! Fiz também os portas-guardanapo, peguei o tutorial aqui no blog mesmo. Facílimo e ficou uma graça, fez toda a diferença e teve gente que levou de lembrancinha!!

Cerimonial: Sem ela no dia teríamos ficados enlouquecidos, recomendo que procurem por esse serviço, faz muita diferença, pois eles vêm detalhes que não estamos atentos seja pelo nervosismo, ou pela correria, e nem nossa família que está na mesma situação que a gente (ou até pior kkkkk).

Cerimônia: Na mesa que foi o nosso “altar” levamos a bíblia da minha sogra em um porta bíblias dela também, colocamos caminhos de mesa brancos e um crucifixo da tia do Beto, algo simples, mas que nos transmitiu muito amor e paz durante a cerimônia e um pouco de cada um da nossa família. Nossa cerimônia foi realizada pelo casal de tios do Beto e foi emocionante e especial pra toda nossa família e principalmente pra gente.

Fotografia: foi a nossa maior preocupação, não queríamos filme (porque não gostamos e queríamos economizar também) então procuramos pela fotografia que capturasse todos os momentos, dos detalhes mais especiais aos que a gente visse depois e sentisse que as pessoas curtiram cada momento e foi o que a sensação que tivemos ao ver as fotos.  E queríamos fotos que mexessem com a gente, pois amamos fotografia! Encontramos aqui no blog nosso anjo da guarda, a Nay Santos Fotografia, ela tinha acabado de entrar pra lista de fornecedores justos e jamais em momento algum poderíamos ter feito escolha melhor. Ela foi mais que fotografa, foi amiga, parceira e companheira e pude contar com ela durante todo o dia do casamento e ela esteve comigo com a maior alegria do mundo, e eu agradeço o blog eternamente por isso! Ela merece uma vaga permanente e de primeira nos “fornecedores justos”! Preço justíssimo e trabalho impecável do e-session ao casamento = amor eterno!

As lembrancinhas: eu mesma fiz, costurei coraçõezinhos de feltro e coloquei amêndoas dentro!! Tirei a ideia desse blog, que dá o molde com explicação em fotos (dicas aqui) pra quem curte esse tipo de coisa é facílimo (é fácil até mesmo pra quem nunca fez) e apesar de cansativo foi uma terapia para os dias de loucura pré-casório além de todos amarem e acharem originais! As lembranças de padrinhos minha mãe pintou de branco e encapou com renda as tampinhas de caixinhas de mdf (tudo da 25 de março) e colocamos um bem casado dentro! Ficaram umas graças! O que gastamos em lembrancinhas foi bem pouco em geral o metro do feltro ta 12,90 e dá pra aproveitar bem!

Para crianças: tivemos algumas crianças na nossa festa, desde bebê até uns 10 anos de idade e  compramos losinhas mágicas para distrai-las de uma maneira divertida e fácil e sem correr o risco de elas saírem riscando o salão. Para a bebezinha demos um bonequinho desses fofos de bebês J e para todas as crianças compramos arquinhos da Minnie e Mickey. No fim eu e o Beto usamos balões de gás em forma de corações e demos um pra cada criança, elas fizeram a festa literalmente e as mães amaram o cuidado com os pequenos!

Bem casados: compramos de um amigo da minha sogra por um precinho bem camarada e uma gostosura!! Vale a pena procurar por algum vizinho, amigo de tia, sogra, aquela pessoa que faz um bolo desses bem gostosos no bairro e perguntar sobre bem casados, os caseiros são sempre mais gostosos (e baratos).

Menu: O Beto quando chegou no Brasil fez, pegamos a arte nesse blog aqui  há várias opções bonitas de artes personalizáveis pra vocês brincarem e fazerem convites, save the date, menu e tudo mais!!Uma maravilha vale a pena dar uma olhada! O site é em inglês mas tranquilo 😉

Adereços: adereços de festa pra galera se divertir, compramos com nossos padrinhos na famosa e unanime 25 de março, bastante coisa por pouquíssimo e não tem jeito, a galera curti mesmo!!Pra gente compramos uma cartola pro Beto e umas plumas brancas pra mim! Além dos balões que a Nay comprou pra gente e deu um charme lindo nas fotos, na hora da valsa e da festa e fez a alegria das crianças no final.

DJ: Contratamos o da casa, é importante que vocês escutem o som da casa, peçam pra ver o efeito das luzes que o DJ está oferecendo em seu trabalho, pra saber se você quer mudar alguma coisa. Conversem com o DJ, o vejam trabalhando! Pergunte que som ele está mais acostumado a tocar e se vocês são um casal como nós, que possuem gosto especifico e não gostam de musicas das mais atuais, escolham as suas musicas; o nosso DJ aceitou numa boa e o casamento ficou com a nossa cara!

Vestido da noiva: foi o item mais extravagante de tudo, aluguei na Nova Noiva da Rebouças, mas meu pai meu deu de presente com o maior amor do mundo e o vestido era dos meus sonhos, algo que não imaginei que fosse ter não daquele jeito, a principio tinha pensado em algo beeeeem mais simples. Fora o tratamento incrível que eles te dão lá na loja, independente de quanto você vai gastar! (Tinha gente gastando o total do meu casamento só no vestido no dia, fiquei em choque kkkkkkkk). Não tenham medo de segundo aluguel ;).

A roupa do noivo foi um terno lindo que ele já tinha, mandou lavar e comprou sapatos e gravata lá onde ele mora mesmo (bem melhor e mais barato!) ficou lindo e não precisou gastar muito! J

O dia da noiva foi em um salão de beleza perto do salão da festa, o que é essencial caso haja algum atraso no seu dia, você não vai passar pelo estresse de pegar um transito pelo caminho, por exemplo, o meu casamento sendo numa sexta-feira em São Paulo, foi a melhor coisa que fiz! O salão foi o D’lux atelier, que ofereceu um serviço muito bom e de qualidade por um preço bem bacana!! Eles foram muito queridos e atenciosos durante todo o processo e meu cabelo, maquiagem e unhas ficaram do jeitinho que eu queria!! Recomendo pra quem está na dúvida se faz ou não, é bom ficar longe da loucura familiar no dia, porque é um dia bem incomum e a gente fica nervosa não tem jeito!

Presentes de casamento: como não temos nossa casa ainda, fizemos uma lista de presentes virtuais no site iCasei, e valeu muito a pena, colocamos presentes de 10 a 1000 reais e demos opções pra todos darem alguma coisinha, além disso, o site dá a possibilidade de brincar com os presentes, criando coisas bem divertidas e com a cara dos noivos!

Resumindo, com tudo (incluindo vestido da noiva, fotografia, dia da noiva, bem casados e bebidas e tudo mais!) o nosso casamento saiu por volta de R$16.000 (até menos, arredondei!) em uma das regiões mais caras da cidade de São Paulo para 120 convidados e com certeza, apesar da simplicidade, foi algo muito mais lindo do que tudo que sonhamos pra gente (algumas coisas eu nem imaginei que fossemos ter), somos elogiados até hoje por todos. Tivemos muita sorte de encontrar pessoas competentes e profissionais sérios no nosso caminho, além de termos uma família e amigos cheios de amor e que nos deram as melhores energias possíveis e vibrações de amor no nosso grande dia!

E com certeza nossos grandes incentivadores além de nossos pais que nos ajudaram muito, foi também o blog que a cada post nos mostrava que era sim possível, desde que haja amor e um pouquinho de boa vontade e paciência!!

Beijos e obrigada por tudo!

Carol e Beto”

casamento-real-economico-35

casamento-real-economico-01

casamento-real-economico-02

casamento-real-economico-03

casamento-real-economico-06

casamento-real-economico-39

casamento-real-economico-41

casamento-real-economico-42

casamento-real-economico-40

casamento-real-economico-34

casamento-real-economico-37

casamento-real-economico-38

casamento-real-economico-44

casamento-real-economico-43

casamento-real-economico-13

casamento-real-economico-11

casamento-real-economico-07

casamento-real-economico-15

casamento-real-economico-08

casamento-real-economico-09

casamento-real-economico-14

casamento-real-economico-12

casamento-real-economico-16

casamento-real-economico-04

casamento-real-economico-23

casamento-real-economico-18

casamento-real-economico-17

casamento-real-economico-19

casamento-real-economico-28

casamento-real-economico-32

casamento-real-economico-29

casamento-real-economico-31

casamento-real-economico-30

casamento-real-economico-33

casamento-real-economico-10

casamento-real-economico-36

 

fornecedores

 

Espaço e buffet: Espaço Massimo | Fotografia: Nay Santos | Vestido: Nova Noiva | Bebidas: Empório Mercantil | Dia da noiva: Dlux Atelier | Lista de presente e site: Icasei

 

Beijos!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d