Casamento real e econômico | Angélica e Leyberson - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS SANTA CATARINA

Casamento real e econômico | Angélica e Leyberson

A Angélica, sem querer, provou o que eu venho falando na nova série de posts sobre Vida Organizada: Se você começar a se organizar ainda hoje, coseguirá organizar seu casamento a distância, manter a mais perfeita calma e se permanecer dentro do seu orçamento.

Aqui no CSG nós não te damos o peixe mas te ensinamos a pescar com posts de organização e com relatos como o dela que foi organizada e tranquila na hora de decidir tudo de Brasília sobre seu casamento em Santa Catarina.

E ah: Além de todas estas qualidades, o casamento ainda foi extremamente romântico, vintage e divertido. Vamos ver essa proeza da organização? 😀

“Não fui a noiva que viveu apenas para o casamento, a vida é mais que isso. Mesmo morando em Brasília quis casar na minha terra, a linda Santa Catarina. Então, Floripa, cidade que me acolheu por lindos anos foi a escolhida para este momento.

Então, estou aqui para comprovar que é possível SIM organizar um casamento TODO apenas pela internet e tudo sair como o imaginado. Organização e pesquisa são tudo, assim, a presença muitas vezes se torna dispensável.

A internet é o mundo, o mundo dos clics, das coisas baratas e amiga das noivas que moram em uma cidade e decidem casar na outra! Não importava se o brinco viriam do Ebay e não de uma designer de jóia para casamento, se os noivinhos seriam (lindos) de palha, se os DIY seriam meus, dos amigos ou da família, o importante era deixar tudo lindo, com cara de Amélie Poulain misturado com o ar do jornalismo, da fotografia, da comunicação! Mesmo que para isso, tivesse que reinventar algumas coisas ou desistir de outras para caber em um orçamento seguido realmente a risca.

A verdade é que não me interessava o estilista famoso, o vestido do exterior, o enfeite de diamante, os brincos de ouro, os arranjos de flores mais caros que a vida ou um glamour que eu nem queria pagar pra ter, afinal, como já disse a sábia Sammia é o amor que vai te levar ao altar e não seu saldo bancário.

Além das fotos oficiais, escolhemos 10 amigos do peito para presentear-lhes com máquinas lomográficas, e assim, eles poderiam nos presentar com seus olhares deste grande dia. Além claro, da estrela polaroid, que registou nossos principais momentos.
A igreja por sí só já era decorada, eu nem precisava de mais nada de decoração nela, só em ter conseguido a oportunidade única de casar numa igreja da década de 70 já era demais. Assim, simplicidade foi a palavra de ordem, não só por estilo mas por modo de ser e sentir o casamento: quando mais simples, mais íntimo. E assim se fez, com as bençãos de uma senhora chuva e chuva de arroz!

Chegar no seu casamento com o Santana 87 do avô só pode ser chamado privilégio, eu pelo menos tenho certeza disso!

A entrada na recepção foi maravilhosa, uma ponte pencil dava ares de diversão a chegada, e era assim que eu imaginava: algo leve, moleque. Algo que por alguns instantes embalasse a suavidade que vivíamos naquele dia. Também pudera, tudo foi escolhido a dedo para compor o momento, e o local não poderia deixar de brilhar por sí só, naturalmente, além de claro, caber no bolso sem doer! hehehe

O dia foi realmente dez, 10/11/12, escolhido sequencialmente ser divertido “até no nome”. Hoje posso dizer que se não fui eu que fiz, foi alguém muito querido ou então paguei por fornecedores bem justos. E depois desse dia eu descobri que ser vintage e econômica é tão legal, quero ser assim pra sempre!”

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (30)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (31)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (23)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (32)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (24)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (25)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (26)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (28)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (34)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (41)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (22)

decoracao-casamento-economico

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (35)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (1)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (2)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (3)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (4)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (5)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (6)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (7)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (8)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (9)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (10)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (11)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (12)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (36)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (39)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (40)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (13)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (14)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (42)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (15)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (17)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (16)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (43)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (19)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (18)

casamento-economico-casando-com-pouco-dinheiro (20)

fornecedores

Decoração – Antique et Romantique | Doces – Patrícia Goedert | Foto – Fabrício Sousa | Vídeo – Estúdio Margot | Cupcakes – Fábrica de Cupcakes | Recepção e Buffet – Engenho Eco Park | Música Igreja – Quarteto Porto (quartetoporto@yahoo.com.br) | Alfajores – Cantinho do Alfajor | DJ – Robert Sommer

Beijos!

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d