O sapo virou príncipe | Vou casar com o primeiro menino que beijei! - Casando Sem Grana
Planejamento

O sapo virou príncipe | Vou casar com o primeiro menino que beijei!

Olá meninas!

Eu sou uma das novas colunistas do CSG e esse é meu primeiro post pra vocês 😀 Estou muito feliz em fazer parte do time do Casando Sem Grana e, também, em ter um espaço pra compartilhar com as noivas um pouco desse universo de casamento, que cada dia tem se mostrado maior.

Pra começar, meu nome é Juliana e moro em Santos, cidade linda e maravilhosa de se viver litoral de São Paulo. Vou me casar em julho desse ano (ai, está muito perto!) e, assim como muitas de vocês, estou planejando um casamento cheio de amor e pouquíssimo dinheiro! rsrs Mas quando a gente menos espera, Deus nos manda algumas pessoas que, quando não nos presenteiam com algo material, ajudam com muita disposição e companheirismo.

Antes de contar o que eu vim fazer aqui no blog, quero falar de como conheci o meu amor e como o sapo virou príncipe…

Pasmem: ele foi o primeiro menino que eu beijei! Sim, na 6ª série perdi meu “BV” (lembram? Boca virgem 😛 ) com ele – e preciso confessar que foi péssimo! hahaha Acho que todo primeiro beijo é ruim, né? O meu pelo menos foi, senti vontade de vomitar, rsrs. E me senti muito mal também, porque sabia que não gostava de verdade dele e só estava fazendo aquilo pra não ser a última menina da sala a beijar alguém… Que bom que a gente cresce e amadurece, viu?

Bom, depois de sairmos da escola cada um seguiu seu caminho. Ele teve outras namoradas e eu também tive outros namorados. Até que, um dia, depois de 10 anos, começamos a conversar pelo Facebook e resolvemos nos encontrar… Bom, o final vocês já sabem, né? O sapo que beijei aos 12 anos virou o meu príncipe encantado! ♥

juliana-noivadoMeu noivado *-*

Mas, vamos lá! A minha tarefa aqui é dar algumas dicas pra quem está se casando pelo litoral, além de ideias para aquelas noivas que querem colocar a mão na massa e economizar. Vou contar: se dependesse de mim, eu faria quase tudo do meu casamento! Mas ainda bem que tenho pessoas sensatas ao meu redor que me mostram que nem sempre é possível abraçar o mundo (obrigada amado noivo e querida mãe!).

Meninas, por mais que vocês pensem que podem fazer a decoração, o bolo, os doces, os convites, o buquê, as lágrimas de alegria, montar os arranjos de flores e ainda cantar na cerimônia… Acreditem: não é possível fazer TUDO isso sozinha. Você precisa delegar tarefas 😉 Pode parecer meio besta isso que falei, mas não sou a única noiva louca que conheço, que quis fazer tudo exatamente como pensou e achou que não ia precisar da ajuda de ninguém.

Mas também não precisa se desesperar, é só procurar pessoas em quem você confia e que possam colaborar 🙂 Fale com sua mãe, madrinhas, tias, irmãs, cunhadas… Com certeza elas vão te ajudar! Só tenha em mente que, nesse momento, um pouco de filtro é bom – afinal, pedir pra sua madrinha que tem dois filhos, faz faculdade e ainda não tem faxineira, pra ficar responsável por todos os docinhos e pelo bolo é sacanagem, né, meu povo?!

Logo mais estarei de volta aqui, pra contar um pouco dos meus fornecedores supercamaradas nas redondezas da Baixada Santista.

santos

Além disso, vou falar um pouco sobre casamento em salão de festas do prédio – que é o meu caso. Aliás, se esse é o seu caso também, você já deu uma lida no e-book “Casando no salão do seu prédio”, feito pelo CSG? Lá tem umas dicas muito boas, de verdade.

Mas cada condomínio tem suas regras específicas, né? Ainda estou quebrando a cabeça pra saber o que faço com os móveis do salão que não vou usar e que não podem ser colocados na área aberta… Ai ai ai, nessas horas um buraco negro seria muito bem vindo pra fazer aqueles dois sofás gigantes desaparecerem e darem espaço pras lindas mesas de vidro! Bom, depois conto mais sobre o assunto pra vocês.

E também quero separar alguns posts pra conversar sobre o que é o melhor: comprar ou alugar um apartamento. Aqui na baixada, está rolando uma bolha imobiliária gigante por causa do Pré-Sal, mas graças a Deus (e aos queridos e ricos pais, hehe) meu noivo e eu conseguimos comprar um apartamento na planta 😀 Quero falar das vantagens e desvantagens disso e, ainda, de todas as dores de cabeça e contas que chegam, como se não precisássemos nos preocupar com as mil etapas da preparação do casamento!

Não vejo a hora de começar a dar muuuuuitas dicas pra essas noivas lindas, sonhadoras e com o bolso vazio como o meu! rsrs

Beijos meninas! E muito obrigada por me receberem tão bem 🙂

assinatura_juliana-braganca

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d