Noivo | Não somos só o bonequinho que faz par com a noiva, sabia? - Casando Sem Grana
Noivos REFERÊNCIAS

Noivo | Não somos só o bonequinho que faz par com a noiva, sabia?

Saudações nubentes!

É com grata satisfação que recebo a notícia de que, a partir de hoje, faço parte desta grande família econômica 😀 Quero compartilhar com vocês sonhos, conquistas e ideias, tudo com uma pitada de bom humor e sob um novo ponto de vista: a do noivo. Isso mesmo que vocês leram, noivo! rsrs

Deixe-me apresentar: sou Luiz Fernando Rezende, o mais novo colunista do Casando Sem Grana. Nascido e criado em Guarulhos, São Paulo, trabalho aqui também como escrevente no 2º Cartório de Notas. Sou bacharel em direito, gosto de HQ, filosofia, teologia oriental, história da arte, de fumar charutos e sou amante de fotografia. Sem contar que sou de peixes e, às vezes, não sonho, mas FAÇO algumas viagens interplanetárias nos meu “mundo de Bob”!!!

Meu lema é:

“Quando se tem um propósito, o Universo conspira a seu favor, pois o natural é haver milagres!”

Por fim, não somos apenas o bonequinho que faz par com a noivinha no topo do bolo, somos aquele que vocês escolheram pra viver na saúde e na doença, na pobreza e na riqueza, e na TPM também, com muito amor e paciência mútua até que a morte nos separe. Que assim seja!

E, pra começar, depois de passar a noite relendo os textos do CSG, escolhi falar no meu primeiro post sobre “Noivado Real e Econômico”: o meu noivado!

Vocês irão conhecer a história “da ponte pra cá”, ou melhor a versão do noivo. Nunca vou me esquecer… 11/01/2014 foi um sábado incrível! Assim como naquelas retrospectivas de casamento, em que a fita é rebobinada e a história começa um pouco antes, eu vou contar a minha pra vocês 🙂

Foi tudo muito rápido. Lembro que o noivado só sairia depois que comprássemos nosso apartamento, mas mesmo sem o ap. minha futura esposa, Ana Carla, aceitou noivar. Eu disse a ela que logo mais tudo ia dar certo, era só ter e paciência. Então, comprei as alianças (já sabia a medida dela e comprei do jeito que ela queria).

noivo-o-pedido-de-noivado

Depois de pesquisar na internet, falei: “vou pedi-la em casamento no alto de um balão!“. E, depois, pediria a mão dela ao sogrão num almoço pra família (somente nossos pais e os irmãos, porque aqui já começa minha jornada da economia, haha).

noivado-luiz-fernando-balao (1)

Marcamos o dia do almoço e eu ainda não tinha feito o pedido no balão. Tentei fazer aquela surpresa… Mas, chegando no local do vôo, o tempo mudou! E, acreditem: o passeio foi remarcado pra uma semana depois do nosso noivado, não tinha vaga para antes!!

noivo-plano-b

Já que não dava pra fazer o pedido no balão, pensei em leva-la ao barzinho do nosso primeiro encontro. Mas ela, sem saber, preferiu outro lugar (pensa numa ariana mandona, rs)… Não quis contrariar e fiz o pedido assim mesmo, até ofereci uma música! Isso foi na quinta. No sábado noivamos, num restaurante em Mairiporã.

noivo-o-almoco-de-noivado

Ganhamos o bolo da irmã dela. Os arranjos de flores ganhamos da minha mãe e da minha irmã; foram arranjos de Ikebana. O espumante ganhei do irmão dela e minha sogra emprestou as taças de quando casou. Comprei uns porta-retratos na promoção e, para as fotos, consegui um equipamento profissional emprestado de um amigo; minha cunhada e meu sobrinho foram quem tiraram as fotos. Já para as lembrancinhas comprei pequenas garrafas de vinho e suco de uva em uma adega que fui, e colocamos fotos nossas personalizadas. Por fim, o pacote no restaurante para 14 pessoas, com bebidas inclusas, saiu mais barato que muito buffet por aí!

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (6)

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (7)

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (5)

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (1)

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (2)

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (8)

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (9)

noivado-luiz-fernando-e-ana-carla (11)

noivo-o-universo-conspira-a-nosso-favor

Três dias depois do nosso noivado, compramos nosso apartamento! E usamos aquele passeio de balão, adiado vááárias vezes, no Carnaval, pra comemorar a compra do ap. 😉

noivado-luiz-fernando-balao (2)

É isso: economia sempre! rsrs E, por fim, gastei com o barbeiro e meu charuto… “Só sei que foi assim”.

Até o próximo post,

assinatura_luiz-fernando

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d