Planejando o Casamento | 4 regrinhas que sigo pra organizar o meu - Casando Sem Grana
Planejamento Por onde eu começo?

Planejando o Casamento | 4 regrinhas que sigo pra organizar o meu

Olá, noivinhas!

Hoje o post é pra falar de começos: primeiramente, o meu aqui no CSG!! Meu nome é Gabriela, mas fiquem à vontade pra me chamar de Gabi 🙂 Sou de Guarapari, no Espírito Santo, noiva apaixonada pelo Gabriel e, também, pelo o mundo mágico dos casamentos. Espero poder ajudar todas vocês igualmente apaixonadas, apertadas e pão duras exigentes. Por aqui, vou compartilhar toda a minha saga até o dia 08 de novembro (data do meu casório), além de dividir anseios e, principalmente, dar muitas dicas pras noivas de todo Brasil, em especial as capixabas.

E falando em “começos”, quero hoje dar algumas dicas pra todas aquelas noivas (ou aspirantes a 😉 ) que querem saber como dar partida aos preparativos, e como chegar lá. Experimentei e continuo experimentando todas elas e tenho tido bons resultados.

Vamos conferir?

Casar gera muitos custos:  é casa, reforma, documentações, festa, lua de mel… E dá, ao mesmo tempo, um nó na garganta e uma vontade de sair gritando e desistir de tudo! Mas, depois do choque inicial, o coração fala mais alto, afinal, casamento é uma vez na vida e não podemos errar.

Por isso, nos meus preparativos, sigo essas quatro regrinhas que, pra mim, são de outro:

planejando-o-casamento-estabaleca-prioridades

Você quer arrasar na festa ou prefere uma super viagem de lua de mel? Faz questão de chamar todos os amigos e galera do trabalho ou prefere algo mais intimista? Faça uma listinha do que você faz questão de ter. Depois, releia a sua lista e analise o que realmente é necessário e o que pode ser substituído por um artigo mais em conta. Você verá que sua lista vai diminuir 😉 Depois, coloque em ordem de relevância e corra atrás dos fornecedores!

Minha dica: priorize o serviço de fotografia. Penso que é isso que a gente leva pro resto da vida e que vai ser nossa memória. Eu vou fazer um esforcinho pra ter fotógrafos que me tragam tranqüilidade e segurança pro meu Grande Dia ficar eternizado.

planejando-o-casamento-pesquise-muito

Antes mesmo de ser noiva eu já estava louca atrás de fornecedores e preços. Se você quer mesmo economizar, acho que horas de pesquisas são muito válidas! Um bom começo é a internet, que nos dá uma variedade de opções e poupa bastante tempo. E acho que 1 ano de antecedência é o ideal.

Minha dica: procure se o profissional possui página no Facebook. Assim, você pode ver os comentários dos clientes, talvez ter acesso a um portfólio mais atualizado e ver se alguém conhecido é amigo em comum pra buscar referências 😉

planejando-o-casamento-tempo-de-poupar

Talvez você tenha que abrir mão daquelas comprinhas ou saidinhas tão queridas… Sabe o que eu faço? Estabeleço com meu noivo uma quantidade de saídas por mês. Eu e o Gabriel, que antes saíamos todos os fins de semanas, quando decidimos nos casar estabelecemos o valor de R$ 200 por mês pra diversão. A gente se adequou bem e, às vezes, até sobra um trocadinho! Acho importante o casal participar junto dessa economia, não só um dos dois. Pra ter um controle maior, que tal arrumar um lugarzinho certo pra guardar o dinheiro? Um envelope, uma conta-poupança (que pode render juros) ou a conta de um dos dois mesmo. Fora que, com dinheiro em mãos, vocês conseguirão aquele descontinho à vista. É isso: sabe que vai noivar? Já começa com as economias! Vocês verão o quanto fará diferença.

Minha dica: de moedinha em moedinha se faz um casamento – literalmente! Sabe aqueles trocos que ficam perdidos pela casa ou pelo carro? Eles são muito preciosos! Geralmente, você nem sabe onde essas moedas foram parar ou elas ficam jogadas de lado. Faz assim: compra uma cofrinho e coloca lá todas essas moedinhas perdidas. No fim de cada mês, faça uma contagem e troque as moedas por cédulas em alguma lojinha (mercearia, lanchonete…). Dei pro meu noivo um cofrinho personalizado, como forma simbólica das nossas economias até nosso Grande Dia 😀  Já salvei um bom dinheiro assim, viu? Qualquer R$ 50 é lucro pra quem vai casar. rsrs

gabi-cofre-economias

planejando-o-casamento-indo-mais-longe-

Outra super dica é sair um pouco do centro da sua cidade ou estado e começar a procurar também no interior. Economizei R$ 4 mil assim (depois conto a história detalhada em um futuro post)! Nos grandes centros, geralmente as lojas e os fornecedores são mais famosos e os pontos comerciais são mais caros. Assim, o produto final acaba também ficando mais salgado…

Pesquisar fora do seu estado também pode valer a pena. Muitos fornecedores atendem para todo o Brasil ou para a sua região. Dependendo do local, muitos nem cobram taxa extra pelo deslocamento!

 

Bom, é isso girls! Parece coisa demais, mas é preciso disciplina e foco. Garanto que vale a pena, depois vocês me contam! 

Vai ser um prazer estar aqui com vocês 🙂

Beijo, beijo…

assinatura_gabi-heringer

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d