Inspiração | O bolo de casamento ao redor do mundo - Parte II - Casando Sem Grana
Bolo e doces Comilanças

Inspiração | O bolo de casamento ao redor do mundo – Parte II

Ei, gente… Tudo bem?

Como promessa é dívida, hoje vou terminar de falar das tradições que giram em torno do bolo de casamento nesse mundão de meu Deus (lembram do post da semana passada, né?).

Pesquisei mais uns sete países com jeitos bem particulares de servir o doce mais importante da festa.

Vamos logo continuar essa viagem?

bolo-de-casamento-japao

bolo-de-casamento-japaoFoto: Craftsy

Esse bolo parece bonito demais pra você comer? Bem, se você estiver no Japão pode até ser mesmo! Por lá, não é raro exibir um bolo totalmente artificial, mas ricamente decorado, como peça central do casamento. Produzidos com materiais como cera e borracha, alguns modelos são conhecidos até por liberarem nuvens de vapor! Assim como acontece por aqui, às vezes eles têm só um pedacinho de bolo de verdade, pra que o casal possa simular o corte do bolo. E novamente como muitas vezes acontece por aqui, o bolo real está bem gostoso (mas nada glamoroso) lá na cozinha, e é servido já cortado aos convidados, logo após a cerimônia.

bolo-de-casamento-alemanha

bolo-de-casamento-alemanha (1)Foto: Pufflist

bolo-de-casamento-alemanha (2)Foto: Kuechen Goetter / Gastrolândia

Apesar de não ser necessariamente usado como um bolo de casamento tradicional, o Baumkuchen é uma boa opção para casais que procuram um toque alemão no casório, uma vez que é considerado uma das sobremesas tradicionais mais difíceis e desejáveis. Às vezes chamado de “o rei dos bolos”, ele não é algo que a gente consiga fazer no nosso forninho de casa não… A sobremesa é moldada em um espeto, com camadas de massa derramadas e douradas antes de uma nova ser adicionada. Absolutamente delicioso! E óh, mais uma curiosidade: o Baumkuchen é também um lanche popular lá no Japão.

bolo-de-casamento-russia

bolo-de-casamento-russia-polonia-ucraniaFoto: Travel West Ukraine / Svadba

Há uma bela tradição por trás do Korovai, que é um pão de casamento, em vez de bolo. Ele é feito para o novo casal por outras mulheres já felizes no casamento, a fim de passar a sua sorte e felicidade para os recém-casados. O pão é decorado com belos símbolos da sorte, como aves, luas, sóis e animais. Bonitinho, né?

bolo-de-casamento-suecia

bolo-de-casamento-suecia (1)Foto: Amelia

bolo-de-casamento-suecia (2)Foto: Prinsess Tarta

Este também não é um bolo de casamento tradicional, mas o sueco Bolo de Princesa (Prinsesstårta) é um bolo para ocasiões especiais diversas, que faria bonito como sobremesa em qualquer casamento. Camadas de pão-de-ló alternadas com camadas de chantilly e creme de confeiteiro, tudo coberto com uma camada de marzipã verde e polvilhado com açúcar de confeiteiro.

bolo-de-casamento-bermudas

bolo-de-casamento-bermudas (1)Foto: Sacha Blackburne

bolo-de-casamento-bermudas (2)Foto: Cakespy

Casamentos são duas vezes mais agradáveis nas Bermudas, sabe por que? Porque há dois bolos! O maior, muitas vezes chamado de “bolo de noiva”, é um bolo de frutas com várias camadas cobertas com folhas de prata. E o menor, o “bolo do noivo”, é geralmente coberto de folhas de ouro. Outra curiosidade bem interessante é que um topo de bolo bastante tradicional por lá é uma muda de árvore, que é plantada pelo casal como símbolo de seu amor crescente e da sua vida juntos.

Você colocaria uma mudinha de árvore em cima do seu bolo? Deixo vocês com essa pergunta… hahahahaha

 

Um beijinho e até semana que vem,

assinatura_camila-nepomuceno

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d