Cerimônia Planejamento

Casamento na praia | Dicas para quem vai dizer o sim com o pé na areia

Oi meninas, tudo bom?

Depois de me apresentar (sou de Santos, lembram?), chegou a hora de dar algumas dicas sobre casamento na praia. Afinal, quem melhor que uma verdadeira caiçara para falar do assunto? rsrs

O meu casamento infelizmente não vai ser pé na areia, mas estou manjando muito do assunto porque em novembro de 2013 minha melhor amiga se casou numa praia em Guarujá, e ela compartilhou comigo todas as etapas dos preparativos para o Grande Dia (obvio que eu coloquei as fotos!).

Vamos lá? Espero que vocês aproveitem as dicas e se inspirem!

casamento-na-praia-dicas

  • Verifique a disponibilidade da praia – Não são todas as cidades que permitem casamento na praia, sabiam? Aqui em Santos, onde moro, não é permitido esse tipo de evento, mas sei que em Praia Grande e no Guarujá as prefeituras permitem. Então, antes de começar a sonhar, é sempre bom verificar na prefeitura se é permitido casar em alguma praia da cidade. E, também, se atente para o tamanho da faixa de areia – algumas praias são muito pequena e, se forem muitos os convidados, pode ficar apertado.

casamento_na_praia_02

  • Defina se a cerimônia e a festa serão no mesmo lugar – A maioria dos casamentos pé na areia exige um outro lugar para ser realizada a festa, afinal são pouquíssimas as praias que permitem que a festa seja realizada na areia. O mais recomendado é fazer a festa em um restaurante de frente pra praia.

casamento_na_praia_01

  • Escolha onde as pessoas vão sentar – Já que a praia não tem bancos nem cadeiras, como as igrejas, você vai precisar alugar esse tipo de material – o que provavelmente vai pesar bastante no seu orçamento. Então, prepare-se para economizar em outro ponto, já que esse é imprescindível. Durante a cerimônia, não é extremamente necessário que todos os convidados fiquem sentados, que tal, então, separar os bancos para as pessoas mais idosas e deixar que o restante dos convidados se espalhem pela areia?

casamento_na_praia_03

  • Prepare-se para os banhistas – Os casamentos na praia costumam começar no meio da tarde e, a não ser que você esteja em uma praia particular, os banhistas estarão aproveitando a praia e o sol. Saiba que muitas pessoas de biquíni e sunga estarão assistindo à cerimônia e, provavelmente, os fotógrafos terão que pedir licença para eles não saírem nas fotos.

casamento_na_praia_08

  • Falando em fotos… – Gente, casar com luz natural é uma das melhores coisas para os fotógrafos! E os casamentos na praia rendem fotos incríveis. Escolha um profissional de qualidade e bastante criativo, para que ele saiba aproveitar bem a paisagem, o sol e o vento. Casar na praia é garantia de fotos lindas!

casamento_na_praia_07

  • Preparem-se para o pior – Imagina se chover? Os casamentos na praia normalmente ocorrem na primavera, mais especificamente em setembro e novembro, meses com menor probabilidade de chuva. Mas nunca se sabe, né? Então contate uma empresa de tendas e verifique se eles fecham contrato de última hora. Já deixe avisado a data do seu casamento e fique de olho na previsão do tempo! 

casamento_na_praia_05

  • Avise os convidados que o casamento será na praia – Imagina você indo para um casamento com salto de 15 cm e, quando chega lá, descobre que é tipo pé na areia? Pois então, por isso é superimportante avisar a todos que é um casamento na praia e que é permitido um estilo de roupa mais despojado.

casamento_na_praia_06

  • Escolha uma papelaria em linha com o local – Já que o casamento vai ser na praia, escolha layouts de convites mais simples. Praia não combina com convites com renda, seda, papel sofisticado e letras douradas. Busque inserir um elemento da natureza. Por exemplo, você pode usar juta, um pedaço de tecido ou um pouco da flor mosquitinho, fica lindo! E no design do convite e de toda a papelaria fica bem diferente ter árvores, flores, pássaros e elementos que remetam à natureza.

casamento_na_praia_04

Bom, não sei quantas de vocês estão planejando um casamento na praia, mas saibam que tudo precisa ser feito com bastante dedicação e antecedência, afinal muitos restaurantes não aceitam fechar um dia para um evento específico, ainda mais se for perto do verão. É necessário pesquisar bastante. E caso você more longe da praia, é bom ter alguém de confiança e com tempo disponível pra correr atrás das coisas pra você.

Por fim, um casamento na praia, normalmente, sai mais caro que um casamento comum, mas se é o sonho, se joga! Com muita pesquisa você consegue achar preços bem em conta 🙂

E no próximo post vou falar do buffet que contratei aqui em Santos! É uma opção super gostosa e barata. Um verdadeiro achado e que já foi mais que comprovado que é de extrema qualidade 😉 Aguardem, pois é bem provável que tenha algo do tipo aí na sua cidade.

Estou ansiosa pra escrever pra vocês de novo!

Beijos e até a próxima,

assinatura_juliana-braganca

 

Obs. Quem tirou essas fotos lindas foram os fotógrafos Carol Guasti, Karine Francis e Rafael Roncarati


[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d