Visão do noivo | O pedido de casamento - Casando Sem Grana
Noivado POR ONDE COMEÇAR? Preparativos REFERÊNCIAS

Visão do noivo | O pedido de casamento

Saudações nubentes!

Me diz uma coisa: esse tema aí de cima chamou sua atenção? Hummm… Bem-vindo ao clube!

Já me falaram que casamento é como uma piscina de água fria: quem tá fora tem medo de entrar, e quem tá dentro grita: “pode vir que a água tá boa!!!” kkkkk

A água está boa mesmo 🙂 Mas, peraí. Quem vai casar tem que fazer o pedido de casamento, não é?

“E agora como fazer o pedido???”

Em alguns casos “raros”, a noiva pode até fazer o pedido, mas o costume é que o noivo faça. E as noivas querem ser surpreendidas, coisa e tal – é ou não é, meninas?

Mas como pedir? Pra quem e onde?? Está escrito como devemos fazer isso??? Não é algo que se passa de pai pra filho, não tem um livro, não tem cartilha, não tem nada!

Calma aí, gente, “seus problemas acabaram”. kkkkk Com este post, pretendo lhes dar um norte, uma direção, umas inspirações.

O que eu acho é que pra um excelente pedido de casamento é preciso criatividade, amor, um pouco de coragem e o principal: seus amigos. Ah! E uma noiva, é claro. hahaha Sabe outra coisa que você pode fazer? Procurar algumas boas histórias e exemplos de pedidos de casamento pra se inspirar, desde os mais tradicionais até os mais malucos.

pedido-de-casamento-praiaFoto: Luxo de Festa

pedido-de-casamento-por-que

Foi vasculhando alguns livros de Direito Romano e Sociologia que encontrei algo sobre os pedidos de casamento.

É mais ou menos assim: antigamente os casamentos eram arranjados, pelo menos a maioria. Pra casar com quem se gostava era preciso fugir – daí tantas histórias românticas que conhecemos. Nos casamentos tradicionais era o pai da noiva quem decidia o futuro marido, de acordo com a família, as posses etc. A noiva precisava dessa “permissão” do pai.

No dia do pedido, o noivo mandava um buquê de flores para a casa de sua amada – essa era a senha: naquele dia haveria um pedido de casamento. A família da noiva, então, preparava um almoço ou jantar, uma recepção para o noivo e seus familiares. E, após o pedido de casamento, a família da noiva comprometia-se a pagar dote. Que tempo bom, hein? Você pedia a mão da sua noiva em casamento e o sogrão ainda dava uma graninha! kkkkk… Mas não ri não que o dote ainda é usado em algumas partes do mundo, ta?

pedido-de-casamento-antigamenteFoto: Noivas.net

Bom, nos dias de hoje, graças a Deus, a gente já pode escolher com quem quer se casar (pelo menos por aqui). Mas trouxemos um pouquinho dessa tradição do passado também, e o pedido de casamento continua firme e forte.

O que se vê são pedidos criativos, românticos, inusitados – desde um simples almoço na casa da noiva, restaurante ou pizzaria, até pedidos em uma balada, viagem e por aí vai.

Alguns fazem o pedido apenas para noiva e, depois, contam a novidade aos pais, amigos e parentes. Outros já preferem fazer o pedido durante um jantar com todo mundo, ou num lugar que marcou a vida do casal… Enfim, não existe uma regra definida. Mas uma coisa é certa: o pedido é feito em primeiro lugar para a noiva, e se ela disser “sim”… Ah, aí é só alegria e correr pro abraço!

pedido-de-casamento-falar-o-que

Olha… Essa é uma pergunta que fiz pra vááários noivos e a resposta, na maioria dos casos, foi a mesma: vai do momento! Muitos nem se lembraram do que disseram, por conta da emoção, nervosismo, ansiedade etc. Mas o pedido sai, viu? Fiquem tranquilos, kkkkk.

O que vale mesmo, gente, é o romantismo e o amor. E quando você menos esperar já estará com o anel no dedo!!!

pedido-de-casamento-Foto: Case Criativamente

pedido-de-casamento-evitar

Não precisa ser nenhum Washington Olivetto da criatividade, mas o mínimo de romantismo é bem-vindo.

Aqui vão algumas dicas do que NÃO fazer:

  • Evite fazer o pedido no segundo encontro, por exemplo, por mais que você saiba que ela é sua alma gêmea. É preciso um pouco de amadurecimento na relação – pelo menos eu acho.
  • Não faça o pedido alcoolizado. Bom, confesso: eu fiquei alcoolizado depois! kkkkk É muita emoção. Minha noiva até diz: “Ai, meu Deus, nem quero pensar no dia do casamento!” – referindo-se ao meu estado… rs Mas antes eu estava sóbrio, juro.
  • Evite fazer o pedido após uma briga feia ou só pra tentar segurar o namoro. Vocês correm o risco de sofrer muito depois, e isso não é bom. O importante mesmo é saber se o desejo de casar é de ambos, pois “quando um não quer, dois não brigam”.

Por fim, noivos, usem (ou não usem, rs) o bom senso e, principalmente, a imaginação. Surpreenda, você é capaz!!! E a internet é um celeiro de idéias 😉 Saibam o quanto vocês se amam e o quanto estão preparados pra essa nova etapa, vá à luta e sejam felizes! E lembre-se: a sua felicidade depende de fazê-la feliz!

Sucesso e até a próxima,

assinatura_luiz-fernando

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d