Casamento real e econômico | Bruna e Gustavo - Casando Sem Grana
DISTRITO FEDERAL HISTÓRIAS REAIS

Casamento real e econômico | Bruna e Gustavo

Oi, gente linda 😀
Quem tá a fim de ver um casamento real, econômico e cheio de ideias pra copiar??? o/

A história de hoje aconteceu em Brasília, com um estilo bem intimista e retrô. Tudo foi planejado com muita dedicação, tempo e paciência. Aliás, a Bruna é bem calminha, porque começou a escrever o relato dela pra gente 6 meses antes do casamento acontecer! Que bom quando conseguimos nos planejar e fazer as coisas com calma, né? 🙂

Outra coisa bem interessante é que o vestido dela veio de Nova York e o véu da Turquia! Chique? Nada, o nome disso é pesquisa. Muita pesquisa 😉 Resultado: um casamento bem gostoso e original!

Vamos conhecer essa história?

“Comecei a escrever esse relato 6 meses antes do casamento, isso pra poder passar pra vocês com calma tudo o que fiz. Por isso ficou meio grande e detalhista, mas vale a pena ler!

Quando resolvi me casar tinha menos de 6 mil reais no banco. Em um primeiro momento pensei apenas em fazer a cerimônia na Igreja, para poucas pessoas, mas a coisa toda foi crescendo… Escolhi uma Igreja pequena, que comporta 40 pessoas dentro e mais algumas do lado de fora, pois não tem porta. E queríamos um casamento de manhãA Igreja pequena já foi uma boa escolha, pois ficou mais barata, além de já ter o tapete, o som e não pedir muita decoração (com flores gastamos pouco mais de 800 reais, depois de muita negociação).

Bom, já que o casamento seria às 11h e, depois, teríamos que almoçar, pedimos a casa de uma das madrinhas para fazer a recepção. Adoramos uma boa feijoada e conseguimos um orçamento incrível, com uma cozinheira maravilhosa: fechamos por menos de 1000 reais a feijoada completa para 100 pessoas! A casa linda da madrinha já era bem decorada e precisamos de pouquíssimas coisas a mais para transforma-la em um lindo lugar para nosso dia.

Aí eu entro num tema bem delicado… Eu sei que as noivas se descabelam e dizem que dão sangue e alma para realizar seu sonho, mas o que eu vejo é um monte de gente acomodada, querendo cópias de casamento (desculpe, mas é verdade). Eu arregacei minhas manguinhas, coloquei minha cabeça para pensar e usei minha cara de pau para juntar peças do quebra-cabeça. Quando ia jantar na casa de uma tia e via guardanapos de pano, por exemplo, pedia emprestado. E assim fui juntando por um ano as minhas peças para o dia perfeito. Eu tinha em mente o que queria, mas pouca grana pra gastar. Por isso, foi mais complicado, mas melhor também, pois assim não comprei nada pronto… rsrs.

Gastamos mais uns 500 reais com decoração – utilizei muito o Esty e o Elo 7 e recomendo os dois! O ponto principal da decoração foi um quadro, feito pelo Quadro a Quadro, que conta nossa história em desenho – 50 x 60 pela bagatela de 150 reais! As bebidas saíram muito em conta também, pois minha mãe tem um bar e conseguiu cerveja e refri por um preço ótimo!

Abri mão de música ao vivo na Igreja e nem por isso a trilha sonora, que demorei 8 meses para escolher, deixou de ser elogiada. Aliás, foi MUITO elogiada até por amigos músicos! Também não tive DJ e nem pista de dança, e sinceramente não fez falta. Trocamos isso por uma mesa de sinuca, também emprestada 😀

Contratei uma fotógrafa extraordinária, a Jaqueline Melo, por um preço muito acessível, e recomendo demais! Outro achado inacreditável foi o dia da noiva, já com prévia de cabelo e maquiagem super bem feitos, com a talentosa Priscilla Amaral (minha maquiagem foi o ápice da festa!!!).

Relutei muito para contratar cerimonial, pois estava querendo fazer tudo simples e do meu jeito. Mas fiquei com medo de, no dia, dar algum xabu e contratei para a Igreja (e mesmo assim deu xabu, mas é um mal necessário, rsrs). Só tem que tomar muito cuidado mesmo, viu? Porque o meu teve várias falhas…

Não iria fazem filmagem, mas me apaixonei pelo Regal ♥ Eles são demais! Transformam aqueles vídeos chatos de casamento em algo cinematográfico e apaixonante. Mas negociamos bastante e conseguimos um preço maravilhoso, e eu peguei mais um freelas para fazer para conseguir fechar um curtinha com eles 🙂 O único problema é que eles demoram demais pra entregar – casei em maio e só verei meu vídeo em novembro! Snif, snif. 

Meu vestido foi um achado perfeito. Pesquisei MUITO, mas muito MESMO, pois como sou plus size (46/48) e, ainda, para completar, tenho seios enormes, nunca achava nada que ficava bom; e quando chegava perto de algo lindo que cabia em mim, não cabia no orçamento… Cheguei a orçar vestidos de mais de 10 mil reais! Mas achei o site da IGIGI, falei com eles pelo Facebook e eles me deixaram segura para fazer a compra, já que ficam em Nova York. Bom, pedi, e em menos de 10 dias o vestido estava na minha casa e cabia per-fei-ta-men-te em mim!

O véu veio da Turquia – que foi o mais perfeito que eu poderia querer! Comprei no Esty – a dica aqui é pedir tudo com muita antecedência, pois demoram até 4 meses para chegar (uma ansiedade sem fim).

O bolo e os doces foram feitos pela minha cunhada, que veio de Minas especialmente para isso! O convite foi a pior parte, uma dúvida eterna. Orcei com meio mundo e nada me agradava! Aí, resolvi eu mesma fazer e meu irmão me deu  a impressão de presente 🙂 

As flores eu comprei no Ceasa e mandei entregar em casa na sexta (o casamento foi sábado). Contratamos um florista que deixou tudo arrumado de um dia para o outro e nada murchou, nem tivemos estresse de arrumar nada no dia. As lembrancinhas foram biscoitinhos chineses feitos de feltro, com frases de nossos livros preferidos! Baratos e fáceis de fazer.

Gente, tudo que fechei do casamento é porque fui me apaixonando! Nada que eu gostava mais ou menos eu fechava. Lógico que, para isso, tem que ter tempo e disposição. Por esse lado, foi bom não ter um cerimonial, porque eu tinha tempo e muita vontade de cuidar de cada detalhe e procurar saber sobre cada fornecedor. Era o dia inteirinho na internet falando com noivas blogueiras e trocando informações. Mas, por experiência própria, para quem não tem tempo ou não tem paciência, a boa é mesmo contratar um cerimonial!

Muitas dessas coisas eu ganhei, o vestido meu pai me deu, as bebidas minha mãe, as flores minha madrinha… O terno do noivo compramos na Zara e eu fiquei mais apaixonada ainda pelo meu marido estiloso.

E, para encerrar, duas dicas: fiz o a unha do pé um dia antes e, no dia, não consegui colocar meu sapatinho… Não façam isso! E cabelo preso é uma boa ideia para o seu casamento, viu? Pois as pessoas te abraçam com vontade e, se estiver solto, vai virar um mafuá! rsrs

Enfim, meu casamento todo, com a Lua de Mel incluída, saiu por 12 mil reais! E isso, aqui em Brasília, é o máximo!!

Um beijinho,
Bruna”

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (12)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (16)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (13)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (11)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (10)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (15)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (14)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (31)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (17)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (18)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (20)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (19)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (21)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (22)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (23)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (25)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (24)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (26)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (27)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (28)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (30)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (32)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (1)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (2)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (3)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (4)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (5)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (7)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (8)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (29)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (9)

casamento - econômico - faça você mesmo - colorido - decoração vintage (6)

fornecedores
Local – Igreja Nossa Senhora de Fátima | Filmagem – Regal Fábrica de Imagens | ​Fotografia – Jaqueline MeloVestido de Noiva – Igigi | Roupa do noivo – Zara | Roupas das daminhas – Renata Fiore | Cabelo e maquiagem – Studio Priscilla Amaral | Bolo e doces – ArteCupcakes | Bem-casados – Bomboni | Topo do bolo – Oneview| Lágrimas de alegria e envelope para convites – Customizy | Sapatos da noiva – Melissa | Flores – Ceasa de Brasília | Transporte dos convidados – Rota 10 | Recepção – Residência particular | Decoração – Família e amigos dos noivos

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d