Quem somos | Os Fundamentos do Casando sem Grana - Casando Sem Grana
Mais assuntos CSG O CSG

Quem somos | Os Fundamentos do Casando sem Grana

Bem vindo ao Casando sem Grana!

Pra quem chegou faz pouco tempo e quem já nos acompanha a anos, gostaria de lhe contar neste post, nossa origem, quem somos, o que queremos com este blog e onde sonhamos chegar. É tipo um missão, visão e valores, sabe? Mas com esse meu gingado maluco de escrever  😉

Mesmo que você já tenha sacado um pouco de tudo isso eu quero compilar aqui em definitivo, até mesmo para disponibilizar em um lugar especial do blog ou enviar o link para todo mundo que tiver dúvidas a respeito da gente e da nossa essência.

 

nossa-origem

No final de 2008, com apenas 2 meses de namoro, fui pedida em casamento. Freneticamente revirei a internet em busca de dicas e serviços até o mês de março de 2009 quando comecei um diário virtual chamado: Casando sem Grana – e sem o resto também depois de me frustrar e ser tão rejeitada, maltratada e me sentir como um peixe fora d’água no mundo dos casamentos. Em 2009 existiam poucos blogs nacionais do assunto e todos eles retratavam uniões de realidades completamente diferentes da minha.

Meu nome é Sammia, sou filha de mãe solteira que trabalhou a vida toda por 10 ou 12 horas como empregada doméstica ou cobradora de ônibus e que muitas noites chegava em casa e ia vender coxinha ou marmitex na rua para sustentar a mim e meu irmão mais novo. Somos da periferia da Freguesia do Ó, do bairro da Brasilândia. Cresci entre “bocadas” onde presenciei a confecção e venda de drogas e perdi muitos amigos para ela e para o crime. Chegar a vida adulta foi muito difícil mas não me sinto melhor ou mais “especial” por causa disso.

Entretanto minha mãe me ensinou doando coxinhas e  marmitex para quem estava com fome mas não tinha dinheiro ou até promovendo festinhas de aniversário para os passageiros do Jardim Donária, que todo ser humano tem direito ao seus sonhos e merece ser amado, respeitado e tratado de igual modo. Tudo isso parece uma grande utopia no Brasil onde o preconceito a pessoas de baixa renda é tão grande mas eu acredito na força dos meus semelhantes que são maioria esmagadora no nosso país.

Mergulhei no assunto e tudo o que aprendi decidi compartilhar eternamente de graça com outras noivas na mesma situação que eu. Após 3 anos escrevendo, conhecendo noivas e fornecedores que abraçaram minha filosofia e ideias, subi ao altar e entendi que sonhos não tem preço e que independente do dinheiro que se tenha é possível realizar – mesmo com muito esforço – um sonho. Eles verdadeiramente não se precificam.

 

quem-somos

Em 2014 completamos 5 anos de CSG e ele nos rendeu até uma extensão: O Morando sem Grana. São mais de 3.500.000 páginas acessadas por mês e mais de 35.000 pessoas únicas acessando o blog todos os dias \o/

Quando eu digo “nós” falo das 23 colunistas, 1 redatora, 1 social mídia, 1 analista de marketing, 1 marido bonitão que dá suporte em T.I, 5 queridos que cuidam do Guia de Fornecedores Justos e 1 parceiro maravilhoso que abraçou nossa causa e nos ajuda a escrever os conteúdos: A Lista de Casamento da Ricardo Eletro. Ficamos ricos? Imagina! Acredite você ou não, somos quase todos voluntários (inclusive eu) mas dispostos a tornar esse blog  um referencial  para noivas do Brasil (e do mundo? será?).

Saúde frágil, dois empregos (um de redatora freelancer e o blog, que mesmo sem nos remunerar como sonhamos ainda, é tipo um trabalho pesadão) e uma rotina tomada, me fizeram reunir essa galera linda e abençoada para não deixarem os sonhos desse blog morrerem. E que sonhos são esses? Já te conto.

 

o-que-queremos-com-este-blog

Como está explicado na página do Quem Somos, infelizmente, casar sem grana nenhuma-nenhuma não dá. Mas queremos mostrar pra você que:

  1. Não promovemos e incentivamos um estado de pobreza financeira nas pessoas. Nosso intuito é ajudar a noiva que não tem e aquela que quer economizar a realizarem o mesmo sonho do qual as duas tem direito: o de se casarem.
  2. É possível SIM se casar com a grana que você tem. SIM, com qualquer valor você começa a construir uma celebração de casamento;
  3. Que CASAMENTO ECONÔMICO é algo relativo. Economia é um conceito diferente pra mim, pra você e para sua colega que também está lendo este post. Há leitoras que não tem nem 5 mil reais. Tem outras que tem mais de 10 mil. Tem aquelas que iam gastar mais de 80 mil antes de conhecerem o blog e que depois disso, vão gastar 30. E tem a diferença gritante de preços de produtos e serviços de um Estado do Brasil para outro. Há lugares em que se casar com 20 mil é um milagre! Logo,  não descriminamos ou taxamos ninguém. Todas as economias aqui são bem vindas!
  4. Incentivar você a pesquisar e arregaçar as mangas em prol do seu casamento seja confeccionando ou contratando serviços e produtos;
  5. Encontrar, divulgar, respeitar e agradecer fornecedores que atendam a noivas de diferentes realidades financeiras;
  6. Promover um diálogo com quem quiser dialogar conosco e nos respeitar.
  7. Não iremos a outros blogs e sites de casamento para desrespeitar blogueiras, fornecedores e leitoras que tenham outra realidade financeira que não a nossa. Nós os respeitamos e admiramos as imagens dos lindos casamentos, produtos, serviços e afins que vocês divulgam. Mas pedimos o mesmo respeito com o nosso trabalho e leitoras.
  8. Que bondade, respeito, humildade, generosidade e crença no ser humano são nossos estímulos de cada dia para estarmos aqui.

 

onde-sonhamos-chegar

O céu é o limite para quem tem um sonho. Queremos chegar naquela noiva que mora láááá naquela cidadezinha minúscula no sertão do Brasil ou naquela que cruza a cidade saindo da periferia para chegar ao trabalho. Queremos que tanto mulheres e homens sejam ajudados em totalidade pelos nossos posts, palestras, materiais e ferramentas. Um dia eu quero que todo mundo chegue aqui e encontre as respostas para todas as suas dúvidas e que só deixem de frequentar para ir para o Morando 🙂

Se vai ter um criando/dirigindo/vestindo/comendo e até um morrendo sem grana? Não sei! Hahahaha, vai depender do que vocês desejam e se vou estar viva até lá, muuuuuaaaaahahahahaha #credo #isola. Mas eu quero implementar ferramentas virtuais de organização sim, melhorar cada dia mais o Guia e ver onde tudo isso vai dar. Fiquem a vontade para sugerir, cobrar e nos ajudar com o que desejar 🙂

 

agradecimentos

A Jesus Cristo pela honra de servir seu reino servindo ao meu próximo.

A minha família e amigos por terem me dado apoio e sustento quando ninguém acreditou no Casando.

A equipe de seres humanos fantásticos por detrás desta tela que sabem que sem eles eu não seria nada.

Aos nossos parceiros pela competência, profissionalismo e por abdicarem de uma renda e vidas confortáveis em prol de noivas humildes.

E um IMENSO OBRIGADA a você, você, a você também e TODOS VOCÊS por estarem aqui e fazerem parte da história desse blog. Sempre disse e nunca menti: eu os amo e respeito demais. Contem comigo no que eu puder ajudá-los :’)

 

Beijos!

 

assinatura_sammia

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d