Planejamento POR ONDE COMEÇAR? Por onde eu começo?

Organizando o Casamento | 5 dicas para você não pirar

Olá, meninas! E olá, meninos também, porque noivo bom é noivo que ajuda nos preparativos do casamento, confere blogs do gênero e põe a mão na massa 😉

Tenho assunto acumulado, pois casei e a vida não deu trégua para que eu conseguisse contar todos os detalhes aqui no CSG… Apesar dos relatos pessoais, hoje resolvi escrever sobre um assunto mais amplo: dicas de planejamento.

Não, não sou nenhuma especialista, mas as dicas são valiosas, e sei disso porque algumas fizeram falta no meu caminho até o altar.

Bóra?

Screen Shot 2014-09-11 at 10.39.49 PM

1. Defina o tipo de casamento que você quer

Antes de sair atirando para todos os lados, keep calm and DECIDA! Pode parecer óbvio, mas eu não pensei nisso e perdi muito tempo. Ansiosa, comecei a pedir orçamentos para todos os lugares do mundo, incluindo buffets que eu só conseguiria pagar se vendesse um rim. Procure ponderar sobre o valor que vocês podem investir, número de convidados e estilo que deseja para o grande dia: praia, campo, salão fechado, Igreja ou sabe-se lá o que uma noiva é capaz de inventar.

votos

2. Liste suas prioridades e comprometa-se com elas

Pense em tudo que você deseja priorizar. Calma! Respire fundo e imagine seu grande dia, depois firme os pés no chão e reflita sobre o que é mais importante. Cá entre nós, se seus pais não forem rycos, por mais remediada que seja sua conta bancária, você precisará fazer escolhas. Avalie o peso de cada item e eleja aqueles que terão mais atenção (e investimento): o vestido, a comida, a música, a decoração? Para o bem do seu orçamento, procure não desviar dessa decisão ao longo do caminho.

convidados

3. Defina o número de convidados

É chato, dá trabalho, mas você precisa começar a pensar na lista de convidados para definir uma série de coisas. Isso é determinante para a quantidade de comida, bebida, doces, lembrancinhas. A lista pode mudar um pouquinho ao longo do caminho, mas fique atenta para não começar com 80 e terminar com 300 nomes.

É difícil, mas tente deixar essa decisão entre você e o noivo. Sempre vai ter alguém dando pitaco, sempre vai ter um colega da época de escola de fora, sempre vai ter uma prima do irmão do vizinho do seu cunhado querendo convite. Infelizmente não dá pra chamar todo mundo e vocês precisarão de controle para resistir aos palpites e reclamações.

Dica extra: se contratar um lugar que ofereça pacotes, incluindo o buffet, feche um número 20% menor que a lista de convidados. Exemplo: serão 100 convidados? Feche 80. No fim das contas sempre falta alguém (SEMPRE!), além disso, é melhor pagar pelos convidados excedentes do que perder o valor daqueles que não foram.

wedding

4. Analise os contratos. Analisou? Analise de novo!

Se sobrou uma graninha para a assessoria completa, incluindo uma santa que entenda de todos os paranauês casamentísticos e possa te ajudar a avaliar cada contrato antes do fechamento, você é uma sortuda! Se você é uma mortal como eu e não teve $ pra isso, não ignore nenhum detalhe. Seja chata! Pergunte tudo, faça suposições, questione. Isso é imprescindível para que você não tenha surpresas na “hora H”.

Mais uma dica extra: sabia que os pacotes vendidos por muitos buffets correspondem a venda casada? Isso é proibido! Se você se apaixonar por um lugar, mas quiser poupar na decoração e fazer você mesma, eles não podem te obrigar a fechar tudo. #ficadica

noivos

5. Seja feliz desde o início!

Gente, eu sofri muito no meu primeiro mês de organização do casamento! Não sabia nada desse universo e quando me deparei com os primeiros orçamentos quis correr para o colo da minha mãe e chorar! Muitos blogs e fornecedores criam necessidades que não existem.

Acho que muitas de nós têm momentos de tensão, onde ao invés de pensar no casamento com a nossa cara, pensamos no casamento de capa de revista, aquele que tem lenço caro, flor cara, vaso caro, grinalda cara… Em momentos assim eu só pensava que não teria dinheiro para tudo isso e via meu mundo desmoronar. A solução é ter foco. Lembra da listinha que indiquei ali em cima? Não dê valor demais ao que não cabe no seu bolso e não deixe de valorizar o principal: você tem um noivo que te ama!

***

São sugestões simples, de noiva pra noiva, mas escrevi com todo carinho e pensando no que me ajudaria se eu começasse tudo de novo. Espero que sirva para vocês 🙂 Aliás, quem tem outras dicas? Contem tudo!

Ah! E vocês também me encontram no Noiva Ansiosa e Eu Te Amo Hoje.

 

Beijocas,

fláviacsg


[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d