Bate papo | Quando o noivo cansa - Casando Sem Grana
Mais assuntos CSG Noivos REFERÊNCIAS

Bate papo | Quando o noivo cansa

Olá, nubentes.

Hoje vou falar sobre quando o noivo cansa. A real é que tô cansado pra caramba!

Estou a praticamente seis meses do “dia D”, fechando alguns contratos e com orçamento no limite. Resumindo, estou quase em cima do muro… Muro não, do banquinho da forca, kkkk. E mais: já chutaram o banquinho e eu nem estava pronto ainda! Estão querendo me enforcar antes do tempo!!!

Meus fins de semana se resumem a visitar lugares e fornecedores, parece uma procissão eterna. Será que isso vai acabar um dia? Antes eu só ficava imaginado o “sim”, o “pode beijar a noiva”; ficava imaginando como ela estaria vestida, pensando se eu ia chorar ou não; imaginava a hora da gravata, meus amigos bebendo e recolhendo um dim dim pra minha Lua de Mel…

#SQN Só saímos pra comprar coisas! Pedem minha opinião pra lembrancinha de padrinho, papel do convite… Pedem pra verificar extrato – “será que vai dar pra fazer tudo o que imaginamos?”. Meu Deus!!! Eu tinha que ser o Pai do Cris, daquele seriado “Todo mundo odeia o Cris”, porque o pai dele tem 2 empregos!!! kkkk

pai-do-chris-dois-empregos

Tô surtando gente, sério! hahahaha

A única coisa de que me arrependo mesmo foi vender meu Xbox. Poxa vida, era tão bom quando chegava do serviço e matava nazistas… kkk.

Engraçado que o casamento é uma evolução de momentos, né? Antes, nossos passeios eram shopping, cinema… Depois passaram a ser visitar empreendimentos para a compra do nosso imóvel. Em seguida, visitar lojas de móveis planejados, materiais de construção, decoração…

Essa semana que passou eu estava surtando de um jeito, que fomos a um barzinho que sempre frequentávamos – e o garçom nem nos reconheceu! rs. Aí, na hora de pagar, eu levantei, me dirigi ao caixa, e minha noiva me lembrou: “Pergunta sobre fazer uma festinha lá com os padrinhos, se tem algum pacote etc.”. Estamos vivendo em função do casamento, Deus do céu!!! hahaha

estressado-casamento

Tô surtando, gente.

Eu, que nem sou de jogar bola, recebi um convite para uma pelada num domingo às 16h30. Depois de uma boa conversa, peguei o “alvará”, pois a pessoa já imagina: “Nunca jogou bola, agora quer jogar pra depois que casar ficar saindo pra ir no futebol”. Mas a verdade é que eu estou cansado.

São muitos detalhes, a gente se preocupa com tudo! Vou pegar umas dicas de passeio lá no Morando Sem Grana, viu? rsrs

E, pra completar, esse mês estou de “férias trabalhadas” 🙁 Nessa hora eu me pergunto: “Por que não sou um representante comercial que visita clientes no Acre, por exemplo?” kkkk

Nem meditar eu consigo, viu? Não sei se perceberam, mas fiquei um tempo sem escrever aqui, pois além de toda essa epopeia, eu estava fazendo um curso de extensão em direito civil à noite. Tipo, complementar renda 😉 rsrs

Comecei a correr de manhã antes de ir trabalhar e ouvir um som pra desconectar desse mundo estressante de casamento. Mas chego no trabalho e atendo cliente querendo casar, fazer união estável entre homem e mulher e união homoafetiva! Casar, casar, casar: o mundo só fala em casar!!!

140905015903_crisis_thinkstock_624x351_thinkstock

A verdade é uma só: precisamos dar um tempo nessa busca de coisas pra casamento e descansar a cabeça! Pegar uma praia, beber uma caipirinha, assistir a muuuitos filmes de guerra e sei lá mais o que. Aceito sugestões pra não pirar, viu?

Menos futebol, gente, porque parece que levei uma surra: fazia uns 10 anos que não batia uma bola e quase morri em quadra! kkkk. A que ponto chega o ser humano…

 

Beijos a todos e obrigado por ouvirem meu desabafo,

assinatura_luiz-fernando

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d