Noivado real e econômico | Talita e Thiago - Casando Sem Grana
Noivado

Noivado real e econômico | Talita e Thiago

Oi, gente! Mais um noivado real aqui que bem que podia ter sido um casamento, de tão lindo que foi!

A Talita e o Thiago (até combinam os nomes, que bonitinhos) se conheceram e foi tipo amor a primeira vista. Em menos de 1 mês já estavam com aliança de compromisso e o próximo passo foi preparar a festa de noivado. E que festa!

Foi um noivado pra mais de 100 pessoas, buffet, garçons, música, lembrancinhas e uma decoração super bacana feita pela noiva. Tudo feito com várias inspirações aqui do CSG <3

Vem ver!

“Oi meninas,

Finalmente chegou minha vez de mostrar o meu noivado, foi a realização de um sonho.

Tenho 25 e namoro há 10 meses.

O Thiago e eu nos conhecemos na igreja onde ele frequenta. Eu estava de passagem pelo Brasil para um tratamento médico, cheguei na casa dos meus pais e no mesmo dia fui a igreja da minha prima e lá vi ele pela 1° vez, logo me encantei por ele.

Fomos apresentados e 15 dias depois estávamos comprando a aliança de compromisso. Desde o início sabíamos que era pra casar, compramos nosso apartamento e resolvemos partir para o próximo passo, o noivado.

A decoração:

Sou apaixonada por rosa, por isso não poderia faltar no noivado, então escolhi o marrom para fazer a composição. Os porta guardanapos fora de 2 tipos diferentes um de contas grandes em tons rosê presos num elástico e o outro, meu mimo, o feito de fita de gorgurão rosa com uma flor de couro marrom e um estrass no centro, que eu mesma fiz.

Na decoração eu fiz tudo, encomendei apenas os 2 arranjos da mesa da mesa do bolo, e eu odiei, as flores eram velhas. Os cachepos eu decorei com laços e pérolas no centro.

Aluguei toalhas rosas e marrons para colocar nas mesas dos convidados.

Para a composição da mesa escolhi taças bisrô e pratos oitavados para dar um charme a mesa.

Minha maior frustração foram as cadeiras de bar, mas não achei outras pra locar na minha cidade que é bem pequena, então coloquei laços de tule nelas pra dar um efeito.

Papelaria:

Crie a identidade visual do noivado então toda papelaria levam nossos nomes e nossa marca, eu mesma fiz os convites, não tenho fotos, mas ficaram lindos. O único problema é que o local que eu mandei imprimir os cardápios não me entregou, então pus as mesas sem eles.

Lembranças:

Minha cunhada fez umas trouxinhas de tecido e tule com aroma de romã para colocar em gavetas, dei apenas para as mulheres ficou lindo. E para as crianças eram os de chocolate e guloseimas pra levar pra casa.

Comida:

Sou Chef de cozinha e Bacharel em gastronomia, então para mim a comida era o principal. Contatei uma cozinheira e auxiliares, o que ficaria bem mais barato, mas para minha surpresa 2 dias antes do noivado recebi uma mensagem de celular de outra pessoa dizendo que a cozinheira não iria, quase morri, mas minha mãe que é guerreira, mesmo se recuperando de uma cirurgia, disse “eu faço a comida”, ela é cozinheira e amamos a comida dela. Foi a melhor coisa que aconteceu, encontrei uma auxiliar de cozinha por acaso e foi um presente de Deus, a Dona Cida, que ajudou minha mãe e na hora do evento deu conta de controlar a cozinha sozinha. A comida foi muito elogiada. Na cerimônia servi água com canela e com hortelã para aliviar o calor dos convidados.

O serviço:

Contratei um serviço de garçons que conheço aqui do meu trabalho e eles fizeram o trabalho lindo.

Fotógrafo:

O mais fofo do mundo Diego, ele cobrou R$ 300 reais e fez um serviço  sem nos deixar constrangidos.

Música:

Uma banda que o meu pai conhece os pais deles foram cantar e não cobraram nada, apenas o custo com transporte e vários amigos nos homenagearam com canções de amor e gratidão a Deus.

Em resumo, apesar de vários problemas saiu quase tudo como eu queria, os 2 pastores que fizeram a cerimonia me conheciam desde a infância e falaram coisas lindas e profundas. Fiquei muito feliz com o resultado.

Obrigado ao Casando Sem Grana, com as dicas de faça você mesmo e as inspirações consegui tirar varias ideias legais. O próximo é o casório e vou mostrar tudinho para vocês.”
noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (11)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (4)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (12)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (13)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (5)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (6)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (7)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (1)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (16)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (18)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (2)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (3)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (8)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (9)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (10)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (17)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (15)

noivado-sao-paulo-faca-voce-mesmo-economico (14)

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d