Casamento real e econômico | Flávia e Igor
Casamentos HISTÓRIAS REAIS SÃO PAULO

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Flávia e Igor se conhecem desde criança, mas só viraram amigos no ensino médio. E foi aí que essa história de amor começou e hoje a Flávia conta pra gente tudo sobre o grande dia.

Teve muito DIY, beleza e claro, muito amor.

Vem ler!

“Sou a Flávia, tenho 21 anos e moro em Mogi das Cruzes – SP.

É um privilégio para mim compartilhar com vocês nossa história. O blog me ajudou muito e espero ajudá-las de alguma forma também!

Igor e eu nos conhecemos bem novinhos, acredito que com 7 anos de idade. Somos da mesma religião e também estudamos juntos na mesma sala na 4ª série, 5ª, 8ª, 1º e 2º ano. Mas só fizemos amizade no primeiro ano, ele sentava na minha frente todos os dias. Tínhamos um gosto musical parecido e conversávamos muito sobre música. Escrevíamos nome de bandas de rock no caderno numerando as preferidas e trocávamos CDs (foi assim durante todo o namoro rs). Eu tinha algum sentimento por ele, mas era algo muito sutil e ele o mesmo. Na metade do segundo ano ele disse que mudaria de escola e como eu queria mudar também, fui para a mesma. Tentamos ficar na mesma sala mas não conseguimos. Nesse meio tempo nós nos víamos, mas nos distanciamos. O ensino médio acabou mas 6 meses depois, em junho de 2011 eu percebi que estava gostando dele! Ele me contou que percebeu um pouco antes, em janeiro, quando fiz uma viagem para o Chile e sentiu minha falta. No dia 4 de novembro de 2011 ele se declarou para mim e a partir daí não desgrudamos mais. Desde esse dia sonhamos muito com o dia em que ficaríamos juntos de verdade, ficamos ansiosos para chegar logo, já tínhamos certeza que nos amávamos, só era uma questão de tempo. No dia 14/09/13 noivamos e exatamente um ano depois 14/09/14 nos casamos!

Só comecei ver coisas de casamento 8 meses antes e foi aí que conheci o CSG! Segue os detalhes dos preparativos:

Decoração: Escolhi a mesma profissional que fez o casamento da minha amiga, como já conhecíamos o trabalho e o preço era bom – ao contrário da maioria – optamos por ela. Confesso que cometi o erro de descobrir a decoração que queria após fechar o contrato, porém a Michele fez o máximo para fazer do meu gosto e é claro que eu fiz questão de fazer minhas próprias peças para que o casamento ficasse com a nossa cara! Ela decorou o local da cerimônia e da festa. O resto da decoração ficou por minha conta:

  •  Garrafinhas que aprendi aqui – Quando minha decoradora viu as que eu tinha feito gostou tanto que decidiu fazer também para os centros de mesa.
  • Letras decorativas forradas com linha – Essa deu trabalho! Me queimei toda com a pistolinha hehe, mas valeu a pena. Fiz com espuma, papelão e linha.
  • Pompons e rosetas de papel – Quem for fazer recomendo que façam os dois com papel de seda, as rosetas fiz com color set e foi difícil colar na parede, ficaram muito pesadas.
  • Porta-retratos – Comprei peças de MDF cru em uma loja virtual e as pintei. As da mesa do bolo forrei com renda. Cada quadrinho custou R$ 2,20
  • Gavetinhas onde ficaram alguns bem casados – Só pintei
  • Almofadinha para alianças – Minha mãe que fez, ficou muito fofo. Ela fez com juta e renda que sobrou das garrafinhas e umas flores artificiais
  • Topo de bolo – Esse foi o mais trabalhoso. A ideia eu vi aqui do blog e me apaixonei pelos noivinhos de madeira, pesquisei preços e achei absurdo então decidi eu mesma fazer. Os bonequinhos em madeira crua comprei por R$ 14,50. Pintei com tinta para MDF, usei pincel e palito de dente. São as peças que mais gosto.
  • Árvore de recado – Só foi cortar a cartolina e pedaços de sisal para amarrar. Na verdade eu ia escrever recado para todos e deixar que escrevessem para nós, até comecei mas o tempo não permitiu rss. Mas no fim deu certo e guardo os recadinhos com carinho, foi muito legal ver todos escrevendo!

Todas as coisas que fiz minha irmã e meu cunhado foram cedinho montar no dia!

Local: Desde o início tínhamos certeza que queríamos casar de dia, por isso teria de ser um sítio ou chácara. Encontramos alguns lugares legais mas que não valia o que pediam. Então nos indicaram uma chácara, à 30 min de Mogi (local da cerimônia). Tinha tudo que queríamos, o espaço era mais que suficiente para um casamento pequeno com 80 convidados e estava incluído as cadeiras e mesas (só gastamos com os tampões). E o preço foi ótimo!

Buffet: Depois de um tempo pesquisando, visitamos o buffet que fez um casamento que tínhamos ido à um tempo atrás. A dona do buffet fez o cardápio do nosso gosto, foi flexível. O bolo que eu queria era o naked cake, mas como não encontrei alguém que fizesse com um bom preço, fechei tudo com ela. O buffet de massas + bebidas + bolos + 400 docinhos maravilhosos + mesa de café + 2 bolos que presenteamos minha mãe e sogra + 100 bem casados. O buffet foi um presente do meu pai, que nos ajudou muito!

Fotografia: Fomos presenteados por amigos maravilhosos, Derli e Sonia Mello, que fizeram um trabalho incrível! Não preciso descrever, as fotos já dizem tudo. Só tenho a agradecer a essas pessoas que tornaram meu dia muito mais especial e nos deram essas preciosas lembranças.

Vestido: Fui a vários lugares com minha mãe e não encontrava nada do meu gosto e se fosse feito a compra do vestido sob medida sairia muito caro. Minha mãe é costureira e nessas idas me dizia: “Se tivesse mais tempo até o casamento faria seu vestido”. Então um dia ela foi para SP na rua das noivas para pesquisar tecidos e quando voltou me disse que se eu quisesse ela estava decidida a fazer meu vestido (mesmo nunca tendo feito um antes). É claro que eu quis. Foi uma experiência única para nós duas. Foi o presente mais bonito que ganhei, e ficou exatamente como eu queria. E ainda ela gastou com tudo ¼ do preço do aluguel de um vestido. Para as meninas que conhecem uma boa costureira eu super recomendo que compre os tecidos e façam do seu gosto, vale a pena!

Maquiagem e penteado: Escolhi fazer em casa por ser mais em conta, para me arrumar com minha mãe e ficar mais perto do local da cerimônia já que casaria às 12:00 e não queria chegar atrasada.

Traje do noivo: O Igor decidiu comprar seu terno e acessórios já que poderia usá-los depois.

Convites e papelaria: Sou designer, então fiz a arte do convite e a papelaria. De início iria imprimir na gráfica, mas depois de uns testes na minha impressora vi que ficava ótimo e que não valeria a pena imprimir em outro lugar, assim consegui economizar mais um pouco. Com todo material e tinta ficou por volta de R$ 100 os convites. Quanto a papelaria, desenvolvi um padrão, fiz cânticos, menus e marcadores de mesa.

Lembrancinhas: Teria que ser algo que lembrasse nós dois. Então pensamos em fazer um CD com as músicas que marcaram nosso namoro. O adesivo que cobre o CD fiz no mesmo padrão da papelaria e imprimi em casa. Comprei etiquetas adesivas. A capa fiz com papel Kraft, imprimi e montei em casa também. Gastei com tudo por volta de R$ 90. Muitos amigos nos disseram que escutaram o CD e gostaram muito, fiquei muito feliz. Não teria nada melhor para lembrar de nós e do nosso dia.

Vídeo: Escolhemos profissionais indicados por nossos amigos. No começo ficamos na dúvida se faríamos a filmagem ou não, mas valeu a pena. Eles fizeram nossa retrospectiva também e ficou linda. Nela além das fotos de pequenos e de contarmos nossa história, deixamos um recado agradecendo nossos pais e amigos por tudo que fizeram por nós, foi uma homenagem. Foi um dos momentos mais emocionantes do dia, até eu chorei mesmo já sabendo quase tudo.

Som e retroprojetor: O retroprojetor um amigo do Igor nos emprestou e as caixas de som alugamos por R$ 200. Fizemos nossa playlist e no dia deixamos tocando. Mesmo não tendo contratado um DJ (acho desnecessário) muita gente se animou para dançar e foi muito divertido!

Dança: Quando decidimos que faríamos a festa já comecei a sonhar com nossa dança. Consegui convencer o Igor que no começo não queria muito não rss. Não sabíamos dançar nada! Fizemos 5 aulas em uma escola daqui de Mogi e treinávamos em casa. Foi emocionante e muito divertido pra nós! Dançamos a nossa música Mais Uma Canção – Los Hermanos e depois rock anos 60, Let´s Twist Again.

Com TODOS os gastos envolvidos no casamento (sem contar a fotografia), gastamos menos de R$ 10 mil.

Lembramos de momentos únicos como a entrada com meu pai, o discurso feito por um amigo querido, a entrada do Fernandinho com as alianças, nossos votos, quando cantamos nosso cântico, o abraço gostoso da família e amigos, ver minha mãe e minha sogra emocionada com nosso vídeo, dançar com meu amor e cada momento compartilhado de alegria ou emoção.

Isso não quer dizer que nada deu errado, deu sim rss. Mas foi um dia maravilhoso porque celebramos nossa união com as pessoas que mais amamos e finalmente estávamos vivendo o que sonhamos por tanto tempo, foi muito gostoso.

Enfim, não teríamos conseguido nada sozinhos. Agradeço a Deus, a família e aos amigos por ter nos ajudado no começo de nossa vida juntos. E é claro, agradeço a equipe do blog que me ajudou a ver que não é preciso gastar muito para ter um casamento lindo. Continuem com o trabalho incrível de vocês!”

Beijos!

 

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

Casamento real e econômico | Flávia e Igor

 

Fornecedores

Buffet: Buffet Platos (11) 98535-0254 | Local: Chácara Bertoni – (11) 96203-0503 (sem site) | Fotografia: Derli Mello Fotografia – derlimello.blogspot.com.br | Decoração: Michele (11) 970261183 micheledecoracao@hotmail.com | Maquiagem: Fernanda do salão Erica Studio Hair | Peças de MDF: May’Art | Escola de dança: Baila Comigo

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d