Casamento real e econômico | Ana e Wilian
Casamentos HISTÓRIAS REAIS SÃO PAULO Sudeste

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Ana e Wilian estavam planejando o casamento e tiveram a ideia de casar em uma praça. Foram então pesquisar se outros casais já tinham feito isso, e encontraram dois. Aí tiveram certeza de que fariam o casório na praça, o que ajudou a economizar bastante.

Vem ler!

“Então, Wilian e eu nos conhecemos através de amigos em comum, já havíamos nos encontrado num bar e num lançamento de um curta metragem de um amigo nosso mas nunca havíamos conversado. Somente em uma viagem para Paraty – RJ, em 2012, foi que realmente começamos a nos conhecer. Durante a viagem nos aproximamos bastante quando retornei pra São Paulo começamos a nos falar por SMS e um tempo depois começamos a namorar, mas nem tudo são flores e as vezes a vida pede um tempo pra gente amadurecer e depois de 6 meses juntos cada um foi para um lado.
Eis que dois anos depois (em agosto de 2014) a gente se reencontrou. Eu que sempre tive muito medo de relacionamentos, consegui realmente enxergar que era ele que se somava a mim da melhor maneira, e mostrei para ele que eu estava ali, pronta!
Como eu morava sozinha (num apê alugado) a permanência dele na minha casa começou a ficar cada vez mais constante. Até que em um domingo de manhã (fevereiro de 2015) perguntei se ele queria morar comigo e a resposta foi um SIM imediato, simples assim! Olhei para os olhos dele e senti vontade de passar o resto da minha vida com ele.
Inicialmente não tinha vontade de casar, apenas de morar junto, mas o Wilian fazia questão de uma cerimônia para esse momento tão importante!
A única coisa que tínhamos certeza era que queríamos um casamento ao ar livre, de dia, que custasse bem menos que uma viagem para a Europa (por que se ultrapasse esse valor combinamos que iríamos preferir a viagem). Foi aí que eu descobri o Casando sem Grana e descobri então várias inspirações para casamentos aqui!
No mesmo domingo que resolvemos casar fomos passar a tarde numa praça perto da nossa casa e imaginei nosso casamento lá (um lugar lindo e bem cuidado, de graça e porque acreditamos que como cidadãos temos que nos apropriar do espaço público), mas achamos que seria meio louco da nossa parte e esquecemos a ideia por um tempo. Mas quando começamos a fazer orçamentos com chácaras, sítios e buffets começamos a pensar com mais carinho na ideia da praça!
E como a música que foi tema do nossa casamento: “o que era sonho se tornou realidade…” comecei a pesquisar se alguém já tinha tido a “ideia louca” de casar naquela praça, e sim… localizei dois casais que já haviam feito isso, entrei em contato com eles na maior cara de pau e um deles (Liliane e Fábio) nos apresentou a assessoria que havia feito o casamento deles na praça.

A assessoria foi essencial pois não tínhamos ideia de como funcionava uma cerimônia de casamento e foram elas que decoraram toda a praça já que o casamento foi num domingo de manhã e não teríamos como decorar a praça e depois nos arrumarmos!
Optamos por fazer apenas a cerimônia e uma recepção com bolo e espumante. Convidamos cerca de 120 pessoas (apenas família e amigos bem próximos).
Espero que as dicas aqui possam ajudar os casais que estão sem grana ou que nunca pensaram e/ou planejaram casar a pensar em fazer uma cerimônia. Garanto que foi um dos dias mais felizes da minha vida!
Wilian e eu ficamos transbordando de amor nesse dia que foi tão especial!

A praça: por ser um local público fomos nos informar com a associação da praça sobre o que poderíamos ou não fazer no local (pois tínhamos medo de ser expulsos de lá pela GCM), eles foram bem solícitos e nos disseram que apenas deveríamos deixar a praça depois da cerimônia do mesmo jeito que ela estava antes, que não poderíamos obstruir nenhuma passagem da praça e que não poderia haver mais de 200 pessoas.
O bolo: como estaríamos num local aberto queríamos um bolo prático de se comer de pé e decidimos por um bolo gelado de coco (daqueles que vem embrulhados em pedaços de papel alumínio individualmente e como a mãe de uma das nossas madrinha (Lili) é quituteira ganhamos dela o bolo gelado e um bolinho redondo de coco que serviu para colocarmos o topo de bandeirinhas!
Os bem-casados: o melhor que já comi na vida! Ganhamos os bem-casados de um casal de padrinhos, como eles foram indicação de uma tia minha que casou recentemente ganhei um descontinho no pedido!
Mix de castanhas: como a cerimônia foi de manhã e sabíamos que ia terminar perto do horário do almoço resolvemos servir algo para tapear a fome dos convidados (que adoraram). Ganhamos de um casal de padrinhos e fomos na zona cerealista uma semana antes do casamento, comprei embalagens de cachorro quente na 25 de março e fizemos essa embalagem bonitinha, embalei junto com meu pai e minha tia dois dias antes do casamento!
A lembrancinha: optamos por dar suculentas num vasinho para os convidados. Encomendei as plantas no CEASA e comprei junto com o Wilian os vasinhos na 25 de março, apesar de termos ganhado da minha tia o valor saiu bem em conta.
O vestido e o sapato: fiz um orçamento no ateliê da Luiza (que eu já conhecia há anos e inclusive uso muitas roupas dela) e vi que o vestido sob medida sairia por um valor ótimo! Nem procurei em outro lugar pois confiava no trabalho dela! Um dia fui na loja tirar as medidas, na segunda vez fui fazer uma prova e na terceira vez já saí de lá com o vestido em mãos! Ah, o sapato achei numa liquidação na primeira loja que eu entrei.
O terno: como ele estava procurando um modelo mais slim e retrô achamos um perfeito, não foi muito barato mas vai durar a vida toda.
Roupa dos padrinhos e madrinhas: pedi para as madrinhas irem com qualquer vestido até a altura do joelho (ou mais curto) e pedi para os padrinhos irem de calça jeans e camisa branca.
Maquiagem e Cabelo: Eu que fiz sozinha, sou bem chata com isso porque adoro o assunto e resolvi me aventurar sozinha. Assisti mil tutoriais e fiz vários testes antes (o que foi essencial para o sucesso do dia), e modéstia parte ficou ótimo. Me arrumei no quintal da casa da minha mãe e do meu pai.
Papelaria: eu que fiz toda a identidade visual do casamento, desde o convite até as plaquinhas de indicação do local e da comida.
Músicos: tenho a sorte do Wilian ter irmãos talentosos, o irmão dele tocou violão e a irmã dele cantou o set list que pedimos (desde Pearl Jam e Cat Power até Geraldo Azevedo, The Smiths e Marcelo Jeneci.)
Cerimonialista: como o Wilian e eu não temos religião pedi para uma das minhas melhores amigas, a Vânia, fazer a cerimônia e só posso dizer que foi lindo, alguém que nos conhecia tão bem contar a nossa história e nos dar conselhos tão maravilhosos!
Fotografia: confiei o trabalho para irmã da minha cerimonialista, a Nivea, ela que já é fotógrafa profissional mas nunca havia tirado fotos de casamento, topou e ainda montou uma equipe excelente para trabalhar com ela! Depois da cerimônia ainda fomos para o beco do Batman tirar umas fotos. Não poderia ter escolhido alguém melhor para fotografar um dia tão lindo e cheio de amor!
Vídeo: uma amiga filmou o casamento e depois fez um clipe lindo e nos deu de presente! 

Decoração, buquê e arranjo de cabelo: quando fechei o contrato com a assessoria incluímos a assessoria do dia, a decoração da praça, o buquê e o arranjo de flores do cabelo. Quando cheguei nem acreditei nas coisas lindas que elas fizeram… tudo mais bonito do que eu havia imaginado!”

30/08/2015

Beijos!

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

Casamento real e econômico | Ana e Wilian

 

Fornecedores Local: Praça Dolores Ibarruri | Assessoria: Inesquecível Assessoria | Fotografia: Nivea Alves, Tatiane Nuvolari e Patricia Moreira | Vestido: Atelier Luiza Pannunzio | Bolo: Delícias da Zelinha
Bem-casados: Rainha dos Bem Casados | Cadeiras: House Festas | Terno: ZARA

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d