Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo
Casamentos HISTÓRIAS REAIS SÃO PAULO Sudeste

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Depois de algum tempo juntos, Débora e Rodrigo decidiram que iriam se mudar do Brasil, e com isso lá se foram as economias do casal. Eles realizaram o casamento no civil, mas não queriam deixar de fazer a festa, mas também não tinham grana pra gastar com isso, foi aí que eles tiveram a ideia genial de fazer um churrasco colaborativo.

Vem ler!

“Acompanho o CSG desde quando eu nem tinha o sonho de casar com festa e bolo, mas lia o blog porque eu amo/sou DIY!
Bom, Rodrigo e eu somos de São Paulo e nos conhecemos há muito tempo, por causa de amigos em comum, mas nunca fomos muito próximos. Em 2011 a vida nos uniu de vez, fomos nos tornando mais amigos, e depois de algum tempo e muito esforço para superar algumas barreiras, começamos a namorar.
O casamento veio por conseqüência de uma decisão: Vamos mudar nossas vidas em 2016 e morar fora do Brasil! Lindo, só que os custos de viagem e estudos em dólar são muito altos, então gastamos todas as economias (e mais um pouco) para realizar esse sonho, e não sobraria muito para a festa, então, iríamos apenas nos casar no civil.
Mas gente, como assim não vamos comemorar esse dia tão especial com as nossas pessoas queridas, antes de partir?
VAI TER FESTA SIM!
E é por isso que este talvez seja o casamento mais sem grana da história do CSG, sério! Não tínhamos nada, porque qualquer coisa que gastássemos faria uma enorme falta para a viagem.
Mas aí a gente descobre o quão sortudos nós somos de ter amigos e família tão incríveis. Coloquei todas as amigas habilidosas pra trabalhar, e todo mundo ajudou do jeito que pôde. Nunca vou conseguir agradecer por tudo o que cada um fez por nós.

As festas (sim, foram duas!) foram feitas em salão de festas de prédio. Primeiro, preciso explicar que foi infinitamente difícil fazer uma lista de convidados que coubesse dentro das 50, ou 60 pessoas que salões de prédio permitem, então tivemos a ideia de fazer 2 etapas em 2 dias diferentes. Foi assim: no dia 12/12/2015 nos casamos nos civil, e fizemos um almoço apenas para os padrinhos e parentes bem próximos, e no dia 19/12/2015 fizemos uma festa com churrasco colaborativo e pista de dança para os amigos próximos e pais e irmãos, com direito a cerimônia celebrada por um amigo queridíssimo. Foi tudo lindo!
No almoço da família, que foi no salão de festas do prédio da minha cunhada, foi um almoço com um buffet de crepe, para 60 pessoas. Contratei um buffet de crepes que nos atendeu super bem, mandou ótimos funcionários e tem um preço bacana, recomendo! Foi um dia muito, mas muito especial. Ah, e nesse dia tivemos uma sessão de fotos com o fusca maravilhoso do cunhado, e ainda ganhei um bolo delícia que a mãe do cunhado fez.
A segunda festa foi feita no salão do prédio de um dos casais de padrinhos, que são super amigos nossos. Foi um churras colaborativo para mais ou menos 50 pessoas. Cada um levou bebida e carne para contribuir. Antes de decidir que a festa seria colaborativa, pedimos a opinião de alguns amigos para saber o que achavam, e aí que posso falar: TEMOS OS MELHORES AMIGOS DO MUNDO, QUE PRIVILÉGIO! Os convidados foram apenas amigos muito próximos, que sabíamos que contribuiriam com o maior gosto do mundo. E assim foi… tivemos carne e bebidas para um dia inteiro e, principalmente, muita energia boa e abraços sinceros. Essa é a parte boa de uma festa colaborativa: a certeza de que quem está lá, está de coração, sem julgamentos e maus pensamentos, sem querer nada em troca! <3
Nesse dia, tive muita ajuda da mãe, da sogra e da tia com saladas e salgados (cozinheiras de mão cheia!). Além de tudo o que os convidados levaram, compramos também bastante carne e bebidas para que não faltasse nada e todos pudessem se divertir. Contratamos uma dupla de churrasqueiros para que ninguém precisasse ficar com essa tarefa, e assim todos aproveitariam a festa!

Bom, vamos falar da decoração! Quem me ajudou MUITO (na verdade quem a ajudou fui eu, por que ela fez a maior parte) foi uma das minhas madrinhas, que é uma amiga mais que especial que a vida me deu.
Eu também tenho a mão boa para DIY, então fizemos TUDO mesmo da decoração. Gastei apenas com os materiais e tecidos e com os detalhes. Conseguimos catar algumas coisas que seriam jogadas fora, e transformar em peças decorativas (caixotes, moldura, o criado mudo amarelo, que era branco, e a mesa com os “bem-viajados”). Além disso, usamos bastante coisa que a gente já tinha e pegamos algumas coisas emprestadas.
As lembrancinhas, que foram porta-celulares em forma de coala, eu mesma fiz a mão! Então, só gastei com feltro e os aparatos de costura, artesanato e embalagem. Foram 100 lembrancinhas, e devo ter gastado no máximo umas 80 dilmas com tudo, contando embalagem e as tags. Demorei uns 2 meses pra fazer todos.
Os corações foram costurados pela madrinha e o namorado dela, que também foi o meu “personal pastor” da cerimônia… rs.
As tags foram o presente de uma amiga maravilhosa que faz essas festas personalizadas maravilhosas na sua empresa. Eu só imprimi e botei o marido pra recortar.
As artes gráficas de convites e Save the Date, eu mesma fiz. Apenas os da família foram impressos, os dos amigos foi tudo digital (Facebook, WhatsApp, e-mail…)
Nossas festas não tiveram bem casados, mas sim “bem viajados”, que foram deliciosos pães de mel feitos pela sogra. Além disso, no churrasco, uma outra amiga espetáculo, que faz os doces mais perfeitos do cosmos, fez um bolo enorme e delicioso, e os docinhos de copinho!
Meu topo de bolo de caveirinhas foi presente de uma amiga/irmã que eu ganhei na família quando me casei . Ela também fez o meu buquê de corações! <3
A decoração foi praticamente a mesma nas duas festas, mas com alguns detalhes diferentes.
As duas festas foram muito bem aproveitadas por nós e pelos convidados. Toda a preparação foi cansativa e um pouco desgastante, já que foram ao mesmo tempo dos preparativos da viagem, mas no final a recompensa foi maior que tudo isso. Foi tudo incrível!
A cerimônia foi emocionante… meu marido e o amigo que celebrou conseguiram arrancar lágrimas de todos! Foi demais!
As fotos foram feitas por dois amigos, que são ótimos fotógrafos… um desses amigos é a Sylvia, que é uma artista/fotógrafa profissional.
Ah, e teve o meu vestido, que também foi presente de outra grande amiga! Comprei ele no AliExpress, e não pedi sob medida porque fiz a compra muitos meses antes, então preferi comprar em tamanho bem maior, e ajustar aqui, quando chegasse. Quem ajustou e fez as customizações foi a mãe da mesma amiga que fez os noivinhos e o meu buque de corações… e foram presentes também! <3
Usei o mesmo vestido nas duas festas, mas mudei algumas coisas e troquei o acessório de cabeça (os topos de bolo também trocaram os acessórios!), pra diferenciar! Ah, e troquei o tênis também… o All Star branco e o coração que usei na cabeça fui eu que customizei em casa mesmo! 🙂

Tá vendo… não tenho como agradecer pela sorte e pelos amigos que eu tenho.
Nosso casamento só foi incrivelmente perfeito por causa deles. Obrigada a todos!

É isso, espero que tenham gostado da minha história. Estou indo pra Austrália no comecinho de março e então, seremos felizes para sempre! <3″

Beijos!

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

Casamento real e econômico | Débora e Rodrigo

 

Fornecedores

Tags: Mucho Gusto Personalizados | Buffet: Buffet Crepe Mania | Foto: Sylvia Vigarani

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d