Por onde eu começo?

Casamento econômico não precisa parecer com casamento barato

Para mim festa de casamento tem de ter personalidade e isso não está necessariamente ligada a quantidade de dinheiro investido. Conheço muita gente que contrata os melhores profissionais de sua cidade e fazem festas sem graça onde você olha e não consegue identificar os noivos ali (as vezes a festa tem a cara da sogra…rs). Em outros casos o que vemos é uma festa onde parece que o dinheiro acabou bem antes do planejado e tudo é feito com um péssimo acabamento você olha e diz isso ai foi baratinho ou improvisado. Não quero dizer com isso que você deve fazer um casamento ostentação, mas sim que um casamento econômico não precisa parecer com casamento barato e que ele pode ser bonito, elegante e com estilo.

Mas o que fazer para ter um evento econômico e bonito onde os convidados possam reconhecer a personalidade dos noivos? Abaixo vai algumas dicas:

Descubra qual o seu estilo

O primeiro passo é identificar qual o seu estilo, os principais são clássico, tradicional ou moderno, para isso guarde fotos de tudo o que você gosta, não precisa ser necessariamente voltada a itens de casamento e festas mas podem ser objetos pessoais também como roupas e acessórios, depois faça uma análise para avaliar em qual das categorias de estilo que citamos acima a maioria se encaixa, esse é o seu estilo.

Pare de copiar

Muitas noivas chegam aos fornecedores com fotos e pedem para que eles reproduzam aquilo em seus casamentos, mas o resultado na maioria das vezes não é o esperado por razões óbvias, afinal de contas as flores encontradas nos EUA não são as mesmas do Brasil, o clima do Rio Grande do Sul é diferente do de Manaus, os materiais encontrados em São Paulo nem sempre são fáceis de encontrar em outros estados e até o fornecedor que desenvolveu aquele item tem um perfil diferente de trabalho (sim fornecedores tem perfil de trabalho e isso é fácil de identificar observando principalmente decoradores e fotógrafos).

Busque inspirações

Nada contra você consultar sites, blogs e revistas do segmento mas isso deve servir de inspiração. Aproveite o tempo também para ir ao cinema, museus, restaurantes, passear no parque, viajar e participar de eventos diversos pois na maioria das vezes as inspirações para algo original vem dos lugares mais inesperados.

Qual é a referência?

Como vocês se conheceram? O que gostam de fazer juntos? Qual a profissão de vocês? Quais os hobbies de cada um? Todas essas informações podem trazer ideias para serem introduzidas no casamento. Porém é necessário manter o bom senso, o que queremos é inspirações para elementos que podem ser inseridos na cerimônia ou festa nada de fantasias, afinal de contas se trata de um casamento e não de um baile de carnaval.

Consideração final

A lição mais importante que desejo que você aprenda é: pare de copiar e busque inspirações. É necessário buscar referências, verificar tendências e aplica-las dentro da sua realidade, desenvolva itens personalizados como convites, lembranças, arranjos para mesas, bolo, se você tem dificuldade para isso busque um profissional criativo que com certeza vai adorar a ideia de criar um projeto especial em conjunto com vocês.

Beijos


[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d