Noivado econômico | Fábio e Letícia
SÃO PAULO

Noivado real e econômico | Fábio e Letícia

Um noivado econômico totalmente feito a mão para quase 100 convidados por R$1.200?! SIM: ele existe e será narrado pela noiva, a Letícia, que conta com riqueza cada detalhe e custo. No decorrer da história é difícil segurar a emoção descobrindo como um encontro improvável se tornou um amor tão grande e tão cheio de apoio dos amigos e da família. Um noivado como poucos…


“Eu e o Fábio nos conhecemos no carnaval de 2014, na Vila Madalena, um bairro boêmio de São Paulo. Eu da Zona Oeste, ele da Zona Leste. Ele gosta de música eletrônica e eu de samba e black. Não tínhamos amigos em comum, não frequentávamos os mesmos lugares. Absolutamente nada em comum que pudesse cruzar os nossos caminhos, a não ser Deus que foi de um capricho com a gente, que eu só tenho a agradecer.

Por incrível que pareça a primeira vez que o vi senti algo diferente em seu olhar, como se eu já o conhecesse. Nós apenas conversamos, ele anotou o número do meu celular e dois meses depois me mandou mensagem. A conversa fluía e descobrimos vários pontos em comum: o amor pelo São Paulo, praia, tomar uma cerveja com os amigos. Pessoalmente a conversa fluiu da mesma forma e enfim, aconteceu o nosso primeiro beijo. Entre encontros e desencontros eu o chamei para ir a minha festa de aniversário. Era o meu aniversário e minha despedida pois passaria 1 mês estudando nos EUA. Foi quando de fato nosso relacionamento começou: Enquanto eu estava viajando, ele disse que iria me esperar. Conversávamos todos os dias e quando eu voltei ele foi a primeira pessoa com quem eu quis me encontrar.

No dia 03/06/2015 começamos a namorar e algo mudou as nossas vidas radicalmente: aprendemos o verdadeiro sentido da palavra amor… Passamos a entender que tudo o que vivemos anteriormente foram pontes e aprendizados para que valorizássemos o que é verdadeiro. Somos companheiros em tudo, aprendi e aprendo diariamente com ele. Em minhas orações sempre pedia a Deus, para que se fosse colocar alguém na minha vida, que ele fosse acima de tudo meu amigo, companheiro, gostasse de estar entre amigos, gostasse de ser caseiro também e fosse lindo e, como diz minha mãe: “Muito cuidado com as coisas que você pede: tudo pode se realizar…”. Nesse caso agradeço, pois Deus colocou o Fábio em minha vida exatamente do jeitinho que eu pedi…

No segundo mês juntos decidimos que iriamos nos casar. Foi quando uma amiga do trabalho, a Michele, me apresentou o Casando Sem Grana, e me apaixonei pelos blogs de casamento. O Blog me apresentou mais do que possibilidades econômicas de casamento, me mostrou uma nova perspectiva de ver esse momento tão importante.
Um novo mundo se abriu para mim: já fiz curso de pintura em tela, madeira, tecido e modéstia a parte, sempre fui boa com trabalhos manuais. Lendo os relatos das noivinhas fazendo o próprio noivado me inspirei e decidi que eu poderia e queria fazer o meu também.

Ficamos noivos no dia 30/04/2016, e os preparativos do nosso noivado foram assim:

Lista de convidados: A minha família é maior do que a do Fábio, temos muitos amigos, e eu queria chamar todo mundo. Chamamos nossos familiares e amigos mais próximos. De 100 convidados 76 compareceram.

Alianças: Compramos na Rua do Ouro (dica do blog). O modelo que escolhemos custava em torno de R$ 1.200 nos shoppings. Pagamos R$ 450 no par! Uma verdadeira economia.

Materiais em MDF: Comprei bandejas, nossas iniciais, coração e a palavra AMOR em uma fábrica de MDF perto da minha casa. Gastei R$ 65 incluindo as tintas que utilizei para pintar. Ficaram lindos e pretendo reutilizá-los no meu casamento.

Materiais para a decoração: Fiz toda a decoração no estilo rústico em amarelo e azul. Juntei muitas garrafinhas. Comprei folhas de sulfite e papel Color Set para fazer origamis: estrelinhas para espalhar na mesa, tsurus para o meu painel de fundo e forminhas para os docinhos. Comprei juta, renda e fitas de cetim para decorar as garrafinhas, fiz mini caixotes de palitos de sorvete para o centro de mesa (dentro desses caixotinhos tinham flores artificiais), comprei cortiça para as molduras do painel e fiz porta retratos com elas também. Utilizei muita coisa que tinha em casa: papelão, pincéis, estilete. Gastei em torno de R$ 150 com todo o material.

Queria a mesa principal de pallets e meu primo conseguiu tudo sem custo. Usei um móvel antigo como a mesa de lembrancinhas e cupcakes. Ficou uma graça!

Meus amigos (e futuros padrinhos) Gustavo, Julia, Karen e Sandra, me ajudaram na preparação da decoração, emprestando peças e também na arrumação do salão.  Graças a Deus eu pude contar com a ajuda desses anjos… Serei eternamente grata à eles!

Papelaria: Com a ajuda da minha amiga Michele encontrei o modelo do meu convite (no Publisher da Microsoft) e ele serviu de inspiração para o restante da papelaria: cardápio, tags das lembrancinhas, trechos de músicas, indicação das mesas. Gastei apenas R$ 20 com as impressões. Os convites foram enviados via Whatsapp e eu imprimi apenas 20 convites para entregar aos familiares. Coloquei uma faixa de juta e fechei com fita de cetim nas cores azul e amarelo. São meus xodós *-*

Local: Alugamos o salão sede da associação do bairro onde eu morava. Custou R$ 500 – presente da minha mãe –  e o local já tinha toda a estrutura para que recebêssemos os nossos convidados. Fora que não tinha limitação de horário: o nosso noivado começou as 15:00 e terminou as 23:00.

Comidas: Minha mãe fez a maioria das comidas: cuscuz paulista, tortas de frango e legumes, croquetes de carne, lanche natural, servimos torradas e três tipos de patês e eu ainda encomendei 400 salgados por apenas R$ 27 o cento. Servimos também mousse de maracujá e limão. O bolo e os cupcakes dos padrinhos (que já eram um pré-convite) foram feitos pela minha prima, Luciana. (ela tem uma empresa que faz doces divinos. Super indico!). Ganhei os brigadeiros e beijinhos da minha sogra.

O bolo: foi um naked cake de beijinho e doce de leite e foi sucesso no noivado. LINDO DEMAIS!

Os cupcakes dos padrinhos: foram um mimo e tinham uma plaquinha: “Você aceita ser nosso padrinho/ madrinha?”

As bebidas: Servimos refrigerante, cerveja, suco de laranja e compramos bebidas quentes para fazer drinks e caipirinhas. Gastamos R$ 300.

Descartáveis e Flores: Fui até a Rua Barão de Duprat (dica do blog)  para comprar flores e os descartáveis. Apesar de não gostar muito de andar na região do centro, compensou muito a nossa viagem: Os preços são mais baratos e a variedade é imensa. Comprei flores artificiais e todos os descartáveis gastando um pouco mais de R$ 200. Ainda na manhã do noivado, fui ao CEASA e comprei mosquitinhos e mais 4 vasos de flores amarelas e brancas. Gastei R$ 50.

Lembrancinhas: Encontrei no Mercado Livre latinhas já personalizadas. Foi um verdadeiro achado! Comprei 150 latinhas e gastei R$52. Nelas coloquei balas de hortelã. Fiz também saquinhos com suspiros – (ideia do blog). Com os saquinhos de papel kraft gastei R$ 2 (100 unidades) e com os suspiros R$ 50. A tag no saquinho dizia: “Esperamos que tenham saído com suspiros do nosso noivado. Obrigado pela presença!”

A minha sobrinha Bianca tirou as fotos do noivado. Ela está fazendo faculdade de fotografia e já aproveitou para iniciar o portfólio 🙂

O pedido foi emocionante: meu noivo tentou discursar, mas logo começou a chorar. Eu chorei também e vi outras pessoas chorando. AFF! Uma choradeira só! hahaha. As poucas palavras que ele disse foram lindas e me fizeram ter mais certeza de que tudo valeu a pena e de que estávamos ali justamente para celebrar o nosso amor.

Gastamos um pouco mais de R$ 1300 para realizar nosso primeiro sonho. Uma dica preciosa é pesquisar muito: A diferença de preço é absurda entre os lugares. Mesmo não gostando de muvuca fui até os maiores centros em busca do melhor preço e muitas coisas, principalmente as bebidas, foram compradas somente quando tinham promoções nos supermercados.

O que eu aprendi é que é muito gratificante fazer um evento com a identidade dos noivos. No nosso noivado não faltou amor e dedicação tanto da minha parte quanto das pessoas que me ajudaram. Coisas deram errado? SIM! Como meu atraso, os caixotes de madeira que queria colocar na decoração e não encontrei, não consegui fazer o varal de fotos e nem utilizar todas as plaquinhas com mensagens e trechos de musicas que fiz, mas somente eu sei que essas coisas deram errado! O importante é que no final tudo valeu muito a pena e deixou muita saudade.

Eu aproveitei muito toda a preparação e ainda mais a festa. Quando eu olhei o salão todo pronto, nossos familiares e amigos reunidos, foi tudo muito maior e mais bonito do que eu sonhava e sem sombra de dúvidas foi um dos momentos mais felizes e emocionantes da minha vida até o momento.

Aproveito para fazer um agradecimento especial à minha mãe, meu anjo da guarda, meu alicerce. Aos meus amigos: Gustavo, Julia, Karen, Sandra, Michele e a minha prima Luciana. A minha amiga Patricia, que buscou os salgados e contribuiu para que eu não me atrasasse mais.Realmente quem tem família e amigos tem tudo! Sinto-me privilegiada por ser cercada por tanta gente de bem. E, enfim, um agradecimento mais do que especial ao meu noivo, Fábio, que foi a minha motivação de todo esse processo. É uma delicia realizar um sonho ao lado de quem a gente ama e imaginar que vamos construir uma história e passar o resto das nossas vidas lado a lado. Obrigada por me aguentar minhas avalanches de ideias, ataques de raiva e desespero. Por me motivar e, mesmo não tendo muito dom para trabalhos manuais, me ajudar no que pode.

A Deus certamente, toda honra e toda glória por proporcionar tantas graças e bênçãos em nossas vidas…”

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

Como fazer um noivado barato, econômico no Casando sem Grana

 

Tags

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d