Início » Cardápio de casamento | A odisseia pela coxinha

Cardápio de casamento | A odisseia pela coxinha

Coxinha

Oi Meninas!!

Hoje venho desabafar com vocês! Algo que me fez ir da animação e euforia ao questionamento e desmotivação: A Coxinha!

A minha jornada começa há dois anos quando era uma noiva inocente achando que os fornecedores de buffet aceitariam a minha proposta fácil fácil…. mas a realidade é outra.

Introdução

O Léo adora pizza e coxinha, já eu adoro tudo isso e comida japonesa. Será que dá para juntar tudo isso em nosso casamento? Pensamos e chegamos numa conclusão: Dá Sim!!! Vamos correr atrás!! Então organizamos a nossa ideia de buffet e colocamos no papel.

Eis que a nossa ideia fica pronta: Pizza+ Coxinha+ Japa= Perfeito. Como sabemos a teoria é linda até chegar na prática.

Faço uma pergunta a vocês: Qual deles será o mais difícil de conseguir fechar o contrato?

1- As Coxinha

salgadinhos

2- O Japa

 japa

3- A Pizza

Cheese_Pizza

Acertou que respondeu a Coxinha (vamos entender como salgadinhos e afins. Rsrsrs). Fechar o contrato com o buffet de pizza e do japonês foi muito fácil.

A culpa é da Oposição

A Coxinha me tirou noites e noites de sono. A maioria dos buffets são tradicionais, e trabalham só com a festa completa: Salgadinhos+Janta+ Mini porções+ Bebidas. Isso tudo encarece e o que tornou, desde o início, inviável para gente. O mais engraçados que esses mesmos buffets falam que trabalham com Coquetel, que é composto por salgadinhos e bebidas, mas ao solicitar um orçamento eles te ignoram. Ver-da-de… não sei quantos buffes ignoraram meus e-mails e nem retornaram meus telefonemas. E aqueles que me responderam, empurravam o serviço completo alegando que era para “melhorar” a festa. Vê se pode uma coisa dessas?

6604_noiva_estressada

Capítulo II – Meu mundo Caiu

Até que um dia um buffet respondeu meu e-mail e marcou uma degustação. Nesse momento a esperança brilhou! Fiquei super ansiosa até o dia da degustação, já sabia que iria fechar o contrato com eles. Comi os salgadinhos, por sinal uma delícia. Mas nem tudo é um mar de rosas. Já comecei a suspeitar quando eles não quiseram fechar o orçamento no dia e ficaram me empurrando o serviço de crepe deles. Só pararam quando bati o pé dizendo que já estava certo a Pizza e que não queria o crepe. #ProntoFalei

Fiquei uma semana esperando e-mail com orçamento, ligava todo dia e a cada dia uma desculpa nova. Relevei, pois aceitaram a proposta. O e-mail chegou…. e com ele um susto. 60 reais por pessoa? É isso mesmo? 60 dilmas?

Ao mesmo tempo com o choque, pensamento a mil, vi que eles colocaram o open bar. Pronto é só tirar e ficará  tudo ok! #sqn

coxinhas

Vocês não vão acreditar o que eles disseram: “Sinto muito, não podemos retirar o open bar, pois isso afetará a qualidade do nosso serviço. E também temos despesas com a louça e com os copos”. What?!?

Dei uma de Maísa: Meu mundo Caiu!!!!

Capítulo III- A Esperança

Em uma quinta feira, quase cedendo a tentação do inimigo, desabado o meu caso com uma colega de trabalho que acabara de voltar da lua de mel. Fui resgatada, ela também fragmentou o buffet e ela tinha uma pessoa de confiança que aceitou a proposta dela. Imediatamente peguei o contato.

Minhas noites de insônia acabaram, consegui alguém que faça o tal Coquetel para mim!

O buffet está certo! Foco nos detalhes que só faltam 5 meses!!!!!

Bjuss

 

assinatura_camille-watanabe

Sobre o Autor

Camille Watanabe Camille

Newsletter





Rede Casando sem Grana

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d