Início » Casamento real e econômico | Karina e Dhanner

Casamento real e econômico | Karina e Dhanner

Oi, gente 😀

Como prometido, aqui estamos com um relato pra ninguém botar defeito! Depois de tanto tempo sem postar casamentos reais, escolhemos um que não vai decepcionar e que tem tudo a ver com o fim de semana.

Porque sábado combina com o que? CINEMA!

E vejam só vocês: recebemos um casamento real com toda a pinta de fictício, rsrs. A história é mais ou menos assim: o primeiro beijo dos noivos foi num cinema, e eles decidiram levar essa paixão em comum pro dia em que diriam SIM um ao outro – como o final feliz de uma história e o começo cheio de expectativa de outra ♥

Inspirador, não? Vale à pena ler esse roteiro… Digo, relato 😛

Luz, câmera, ação!

“Boa tarde, meninas 🙂
Quero contar um pouco do meu casamento pra vocês…

Preciso começar dizendo que já acompanho o blog há muito tempo, desde 2011, quando casar ainda era apenas um sonho. Desde então vinha fazendo minha pastinha de referências, porque eu sabia que, quando fosse casar, ia ter que colocar a mão na massa pra conseguir casar sem grana. Agora vamos à nossa história:

Eu e Dhanner, meu esposo, estamos juntos há 5 anos; nos conhecemos na universidade onde cursamos comunicação. Fomos apenas amigos por mais de 1 ano, sem segundas intenções. Mas, com o tempo, vimos que algo havia mudado, e depois de muita conversa, muito medo de algum envolvimento acabar com a amizade (mulher sempre tem disso), rolou o primeiro beijo, no cinema da UFES ♥ Dizer que o primeiro beijo foi no cinema é fundamental pra vocês entenderem nossa festa de casamento, bem como saber que sou cinéfila assumida e que Dhanner também gosta muito de cinema.

Do primeiro beijo até o noivado se passaram 5 anos. Ficamos noivos no dia 30 de setembro do ano passado e uma coisa eu já sabia: tendo ou não festa, iríamos casar rápido! O motivo: sou muito ansiosa, e ficar muito tempo planejando um casamento ia me matar. Então, decidimos casar em fevereiro ou março de 2014.

Fomos chamados de loucos, pelo pouco tempo, mas com fé sabia que tudo ia dar certo. Fiquei louca, sim, quando comecei a fazer os orçamentos… Tudo muito caro, fora da nossa realidade. Chegamos a cogitar não fazer festa, apenas a cerimônia e uma lembrancinha para os convidados, mas minha família é praticamente toda do interior e queríamos ter pelo menos uma recepção simples.

Nossa família nos apoiou e disse que ajudaria com o que pudessem, então continuei com os orçamentos, até que encontramos os local perfeito para a cerimônia: o Gazebo Cerimonial era do lado da praia e, apesar de ficar há uns 40 minutos da minha cidade, tinha preço justo e já tinham me dito muito bem do serviço deles! A mãe do Dhanner nos deu a buffet de presente – o que foi uma ajuda enorrrme.

A partir daí partimos para os outros grandes gastos: fotógrafo, que não abríamos mão de um serviço de qualidade (e fechamos com a Flex Fotografia, que fez um trabalho maravilhoso), meu vestido – de renda, como eu sempre sonhei – que consegui fechar a um preço ótimo em uma cidade vizinha à minha (sou de Vila Velha/ES e casamos em Serra/ES); o terno do Dhanner, que preferimos comprar; e a cerimonialista, que fechei apenas para o Grande Dia. O restante dos preparativos foi feito por nós – eu, meu noivo, nossas famílias e amigos. Deu trabalho, mas valeu tanto a pena…!

Quando eu disse que era importante saber que gostamos muito de cinema é para vocês entenderem o tema do nosso casamento: CINEMA. Amamos muito cinema, vamos muito ao cinema, desde o primeiro beijo o cinema é uma rotina em nossas vidas. Então, tudo tinha um toque de sétima arte.

Nossos amigos juntaram garrafas e potes de vidros para servirem de vasos de flores e eles foram forradas com scripts dos filmes que gostamos. Distribuímos porta-retratos por toda a decoração com cenas de beijos de cinema. Também usamos posteres de filmes para decorar, além de claquetes e livros sobre cinema. Para o photobooth, deixamos à disposição máscaras de personagens de filmes e plaquinhas também. Desde outubro até o dia 8 de março, dia do nosso casamento, preparamos tudo isso!

Os doces também fomos nós que fizemos. Eu e o Dhanner temos uma empresa de doces gourmet e, como queríamos o melhor, tinha que ser o nosso! hahaha Passei a semana do casamento fazendo brigadeiros gourmet, biscoitinhos para as lembranças dos padrinhos e damas e cupcakes (que foram o nosso bolo). A avó do Dhanner fez os suspiros, que foram as lembranças dos convidados, e as toalhinhas da mesa. O tio do Dhanner fez nosso varal de luz.

No dia do casamento fomos para o cerimonial às 6 h da manhã – eu, Dhanner, nossas famílias e alguns amigos lindos. Montamos tudo! Decoramos tudo! Até meu buquê e o das damas fomos nós que fizemos. As flores nós que arrumamos. E, graças a Deus, deu tudo certo!!! Após as arrumações só deu tempo de almoçar rapidinho e ir para o hotel me arrumar.

Meu amigo David Scardua, que é maquiador e cuida dos meu cabelos, foi quem me arrumou – foi presente! E consegui chegar na cerimônia sem atrasos – só atrasou pra começar porque uma dama e um padrinho se perderam no caminho… Fora isso, correu tudo lindamente. Minha amiga Paula, que é do meu grupo de teatro, fez um monólogo de “Cantares 2” antes da entrada do noivo, eu entrei ao som de Moon River, de Breakfast’s Tiffays, e vimos o pôr-do-sol no meio da cerimônia *-*

Nosso casamento foi lindo, como sempre sonhamos – foi a nossa cara! Gastamos o inevitável para se ter serviços de qualidade, mas economizamos muito ao fazer toda a decoração. Meus convidados ficaram encantados e muitos vieram me dizer que nunca foram em um casamento tão lindo. Imagina só: em meio a casamentos onde se gasta muito dinheiro, o nosso, com toda a simplicidade, é eleito o mais lindo? Só Deus mesmo! Usando nossa criatividade e pessoas tão queridas para ajudar…

E vocês, queridas colunistas, foram muito importantes também! Obrigada pelo encorajamento diário em cada post.

Hoje, tenho recebido pedidos para decorar outros casamentos, e como já estou no ramo expandi os serviços para decoração também, tudo para que cada casal possa ter um casamento que é sua cara a um preço justo 😉

Beijos,
Karina!”

Casamento DeK- 15.32.41

Casamento DeK- 14.50.55

Casamento DeK- 14.52.17

Casamento DeK- 15.26.37

Casamento DeK- 15.37.28

Casamento DeK- 16.05.13

Casamento DeK- 16.44.57

Casamento DeK- 17.01.18

Casamento DeK- 16.46.26

Casamento DeK- 16.45.03

Casamento DeK- 16.45.58

Casamento DeK- 18.08.48

_DSC0016

Casamento DeK- 18.07.13

Casamento DeK- 18.07.22

Casamento DeK- 18.08.22

Casamento DeK- 17.22.53

Casamento DeK- 16.59.40

Casamento DeK- 17.09.56

Casamento DeK- 17.10.35

Casamento DeK- 17.11.37

Casamento DeK- 17.14.31

Casamento DeK- 17.15.45

Casamento DeK- 17.20.35

Casamento DeK- 17.32.26

Casamento DeK- 17.36.36-3

Casamento DeK- 17.38.34

Casamento DeK- 17.45.32

Casamento DeK- 17.55.01

Casamento DeK- 18.07.38

Casamento DeK- 18.12.05

Casamento DeK- 18.10.54

Casamento DeK- 19.33.04

Casamento DeK- 18.26.54

Casamento DeK- 19.58.00

Casamento DeK- 19.56.31

Casamento DeK- 19.57.27

Casamento DeK- 19.42.38

Casamento DeK- 18.19.48

Casamento DeK- 21.02.43

fornecedores

Fotografia: Flex Fotografia (Pedro Wolf, Fabrício Leite, Mauro Louzada) | Cerimonial e Buffet: Cerimonial Gazebo | Cerimonialista: Ana Clemente | Doces: Yummy DeliceriaMake da noiva: David Scardua | Vestido: Acimar Gasolli | Música: Dj Du | Decoração: noiva, noivo, família e amigos | Terno do noivo: Via Veneto | Convites: Papelita

Sobre o Autor

Equipe CSG

Newsletter





Rede Casando sem Grana

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d