Início » Como mimar suas convidadas com um saquinho de organza

Como mimar suas convidadas com um saquinho de organza

Saquinho de organza

Ola pessoas! Tudo tranquilo?

Coisa boa é irmos numa festa e nos sentirmos queridos. Muito bom também é fazer algo com tanto carinho e ter o retorno das pessoas, não acham? Foi exatamente por isso que pensamos em alguns detalhes para que os nossos convidados se sentissem felizes assim como nós estávamos com toda a preparação do casamento e também no dia!

Mas e como fazer caber esse sentimento para com os convidados dentro do meu orçamento? Vejamos:

Chinelo não dá!

A primeira coisa que eu queria era dar de lembrança os famosos chinelos mas, é claro que não cabia no meu orçamento. Eu, particularmente, nunca fui em nenhum evento que tivesse esse tipo de lembrança então eu sempre costumo levar uma sapatilha para trocar na hora da festa, e poder aproveitar sem dor.

O problema é que eu sempre entrava nas festas, morrendo de vergonha, com aquela sacolinha sempre meio escondida para não aparecer. Ou ainda deixava no carro e na hora do bom da festa pedia pro noivo/marido ir buscar. Tenho uma amiga que leva em uma sacola de uma marca de jóias e, uma vez, a cerimonialista perguntou se era presente para os noivos…imagina?! hahahaha!

Pensando nisso tudo, o sapato confortável e a minha vergonha, foi que na entrega dos convites também demos um saquinho de organza dobrado com laço e uma tag que dizia: “Desça do salto! Traga um sapato confortável e vamos nos divertir sem moderação!” para cada convidada mulher!

Dessa forma, todo mundo podia entrar com o seu sapato baixo sem vergonha alguma. Até por que era algo padrão do nosso casamento.

Saquinho de organza

Falando de custos, esses saquinhos foram feitos pela minha mãe, na máquina de costura de casa mesmo, o único trabalho mesmo foi passar a fita mimosa para que ele fechasse ao puxar. Saiu cerca de R$1,00 cada enquanto os prontos variam entre R$2,50 a R$4,00.

Para nós o resultado foi sensacional: na filmagem praticamente toda convidada entra com o seu saquinho e dentro a oportunidade de curtir a festa sem sujar ou mesmo machucar o pé.

Por hoje é só, vou continuar contando sobre outras alternativas que fizemos nos próximos posts. Alternativas essas que nos renderam muitos elogios!

Beijos e até a próxima!

Thais Caldas de Porto Alegre

Sobre o Autor

Thais Caldas

Newsletter

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Rede Casando sem Grana

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d