Início » Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Dois noivados em um post só, yeah!

Daniele e Pablo se conheceram em 2012 e no segundo encontro ele já pediu ela em namoro. Eles realizaram um noivado junto com o aniversário da Daniele, gastando bem pouco.

Um dia antes de completarem 2 anos de namoro Diego pediu a Natália em casamento, e depois de um mês realizaram a festa de noivado.

Vem ler!

Daniele e Pablo

“Sou fã de carteirinha do CSG, super me identifico com o status de ”sem granete” rsss. E agora também posso contar um pedacinho da minha estória pra vocês!

Conheci o Pablo no finalzinho de 2012 e desde o começo estávamos muito certos de que não queríamos alguém só pra passar o tempo, mas sim alguém pra passar a vida inteira juntos. Conversávamos tanto e nossa sintonia é tão grande, que às vezes chegava (e ainda chega) a assustar.

No nosso primeiro encontro, não conseguíamos largar a mão um do outro. Na segunda vez que nos vimos, ele, todo nervoso e atrapalhado, me pediu em namoro, e eu só fui aceitar um mês depois!

Sempre falávamos sobre casamento, e sempre víamos isso como algo natural, estávamos juntos para isso! Mas até aí, concretizar isso é outra história… Entre muitas conversas, tínhamos combinado de noivar em 2015, pois eu já teria terminado a faculdade e ele, o doutorado. Mas, num belo dia, durante o almoço, eu escuto: “então, eu vou te dar um anel de noivado“.
Mas oi?! Preciso falar que eu quase engasguei?

Trocamos as alianças num jantar especial, só nós dois, um dia antes do meu aniversário. E no dia seguinte, no meu aniversário MESMO, faríamos nossa festa de ”noivaversário”, juntando nossas famílias e alguns amigos, cerca de 25 pessoas.

Minha melhor amiga (Jo, te amo) reservou um espaço numa cantina e fez a decoração do nosso cantinho com garrafas de passata de tomate que os pais dela gentilmente cederam e que serviriam como uma das lembrancinhas. Ela enfeitou com guarnições, fitas amarelinhas (minha cor preferida), flores compradas no Ceagesp e tags de agradecimento. Não é porque foi meu noivaversário e minha melhor amiga que fez, mas ficou a coisa mais linda do mundo! Todos elogiaram. E mesmo sendo um noivado, meu primeiro pedaço de bolo foi pra minha amiga-irmã, por tudo o que ela sempre fez por mim.

A outra lembrancinha foi um chaveirinho de feltro em forma de coração com cheirinho de chocolate que minha amiga linda e prendadíssima Vivi fez, cobrando um precinho MEGA amigo e que caiu no gosto da mulherada! Ela também fez 2 enfeites de coração para o bolo, mas acabei usando na decoração da mesa.

Peguei caixas de papelão que seriam jogadas fora e fiz várias plaquinhas com frases pro pessoal tirar fotos e coloquei em garrafinhas menores pelas mesas e posso dizer que esse foi um dos pontos mais engraçados da nossa festa! O pessoal se divertiu bastante com as plaquinhas!

Para a mesa do bolo, eu usei 2 arranjos maiores, um porta retrato grande que eu já tinha, fotos nossas que eu também já tinha impressas e a frase ”Keep calm e viva os noivos” que eu achei na internet. Como não era permitido tirar os enfeites da parede, eu fiz uma outra plaquinha com nossos nomes e a data do noivaversário. As caixas das lembrancinhas eu também já tinha, só passei uma fita vermelha e dei um laço pra enfeitar.

O bolo eu mesma fiz (gente, que orgulho do meu bolo), com 2 camadas de pão de ló, recheio de creme com Bailey’s e bolacha champagne e enfeitei com um pedaço de fita vermelha pra combinar com o restante da mesa. O prato do bolo também já era de casa.

Cantamos parabéns e meu irmão puxou o ”COM QUEM SERÁ…” que dessa vez fez todo sentido.

Com toda certeza do mundo foi a melhor festa de aniversário que eu já tive, com toda a NOSSA família, nossos amigos mais do que especiais e agora, meu noivo!

Acho que no total, não gastamos nem R$ 200, entre lembrancinhas, papel e cordão para as tags, palitos de churrasco pras plaquinhas e as flores (pesquisem, porque flores são caras). Minha dica é procurar o que a gente já tem, inventar, reciclar! E nada se compara à felicidade dos nossos pais pela realização e a nossa também, por poder compartilhar com pessoas tão especiais.

Como eu nunca tive nenhuma festona, de 15 anos (ou de qualquer outro ano), nem nunca ganhei nada grande, tipo carro, viagem e afins, eu decidi que eu vou com tudo mesmo no casamento, (e principalmente) sem grana! hehehe”

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

 

Natália e Diego

“Meu nome é Natália e do meu noivo é Diego, somos de Brasília (na verdade Taguatinga – DF).
Primeiramente gostaria de dizer que estou muito feliz por compartilhar esse momento com vocês, pois antes de ficar noiva já sonhava com o meu dia olhando “casamentos reais e econômicos” do CSG. Mas antes do casamento vem o noivado, então…

No dia 20/07/2013 (1 mês antes de completar 2 anos de namoro) FUI PEDIDA EM CASAMENTO! \o/
O Diego é o homem dos meus sonhos, meu príncipe real! O conheci em 2011 em uma aulinha de espanhol, e me encantei por ele desde o primeiro dia de aula. Juro que no início não acreditei que me casaria com ele, mas a vida é uma caixinha de surpresas. E que surpresa doce.
Nesses anos de namoro passamos 3 semanas (torturantes) separados. E por fim percebemos o quanto um fazia falta para o outro, e o quanto o nosso amor e amizade nos faziam pessoas mais fortes e melhores. Tanto que dois meses depois que retomamos o namoro, ficamos noivos!
Oficializamos o noivado primeiramente na igreja com uma benção do Pe. Valdinei (no mesmo dia do pedido), e no dia 17/08/2013 fizemos uma festinha para família e alguns amigos (cerca de 100 pessoas). Não foi nada fácil, foi tipo um estágio para o casamento. Jurava que seria um jantarzinho intimo, mas acabou virando uma mini festa. Contamos com a ajuda de muita gente (verdadeiros anjos que Deus envia).

Vamos começar com as ajudas:
– Ganhamos dos meus padrinhos: docinhos;
– Da minha prima: os doces da mesa de guloseimas, petiscos, alguns itens da decoração, as lembrancinhas e plaquinhas (sim, ela adora ajudar rs);
– De um primo: a tenda;
– De uma outra prima: os potes de vidro (palmito) para fazer a árvore de luzes – o sucesso da festa – e alguns itens da mesa do bolo;
– De vários convidados: as bebidas;
– Da mamãe: salgados para entrada;
– Meu pai fez o meu tão sonhado varal de luzes (dica que peguei no CSG).

Os empréstimos:
– Pegamos emprestado 12 jogos de mesas/cadeiras de plástico;
– Mesa para comida;
– Os forros para todas as mesas;
– Chapa para preparar a carne.

Os gastos:
– Encomendamos o bolo (uma delícia) de chocolate – R$ 160;
– Alugamos mais 10 jogos de mesas/cadeiras de plástico a R$ 5 o JG;
Uma dica para economizar: Compramos toda a comida e bebida da festa com os nossos tíquetes alimentação (algo em torno de R$ 500) e em um mercado que vende em atacado.

Continuando…
– Flores artificiais para decorar as mesas dos convidados e a mesa do bolo;
– Gaiolinhas (uma fofura);
– Velinhas para a minha árvore de luzes (ficou tão linda, que pretendo repetir no meu casamento);
– As garrafas (que eu poderia ter juntado, mas quando tive a ideia da decoração não tinha mais tempo);
– 2 metros de JUTA;
– Tubinhos (tipo tubo de ensaio);
– Revelação de fotos para o meu varal (Aproveitei um varal para roupas, que fica no meio da área lá de casa, e coloquei com pregadores decorados as nossas fotinhas) *-*;
– DJ (acredite, até isso inventamos rs).
Acredito que gastei uns R$ 250 nesses últimos itens.

No final nossa festa superou o que tínhamos pensado em fazer, e mesmo com algumas adversidades (o céu despencou nesse dia – era água para dar e vender), tudo foi um sucesso. Ah, no dia meu noivo foi um príncipe (como sempre), cuidou em alugar as cadeiras, buscar o bolo, cadeiras e mesas emprestadas, comprar o champanhe para o brinde… entre outras coisas, e ainda teve tempo para comprar presentes para mim (um sapato – que usei na festa – e chocolates). Um fofo!

Beijos para todos, principalmente as noivinhas com pouca grana de Brasília.
Algumas pessoas MEGA especiais que devo agradecer…
– Deus e Nossa Senhora SEMPRE!;
– Meu benzinho (Diego);
– Meus pais lindos;
– Meu sogro e minha sogra *-*;
– Minha fiel amiga Nai;
– A minha família, principalmente a Dani, a Isa e a Jana amo muito vocês!

Equipe CSG obrigada pelas dicas (ADOROOOO)!”

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Inspiração | Os noivados da Daniele e da Natália

Sobre o Autor

Equipe CSG

Rede Casando sem Grana

Buscar Fornecedor