Início » Por onde começar | A cultura americana aproveitada na hora de casar

Por onde começar | A cultura americana aproveitada na hora de casar

Tenho visto uma nova moda do ”não americanizar o casamento”… Eu, como fotógrafa e ex-noiva ainda não entendo esse medo. Inicialmente, pensei que o medo fosse de alguns costumes exagerados e desperdiosos que uma fatia de noivas americanas adotam, mas, lendo um pouco mais eu vi que as brasileiras tendem a contestar aspectos que eu julgo ótimos! Gente, eu não vejo realmente problemas em adotarmos alguns costumes americanos na hora de casar, se isso vai te trazer economia {muito importante para nós… hahahah} e beleza ao seu grande dia.

Coisas que eu acho lindo {e fico aberta a críticas de quem não concorda ok?}, e que adoraria que se propagassem aqui no Brasil:

Casar em casa {Quintal da casa nova, da casa dos sogros, da velha e linda casa da vó, no play do prédio…}. No Brasil nós somos reféns muitas vezes de salões com preços altí-ssissississi-mos! hahahah Chora um coração de noiva duranga na hora de pagar 15, 20 mil dinheirinhos só pra um dia de festa, vai! É uma piscina na casa nova!!!! Claro, se você precisa convidar 300 pessoas, não poderá contar com uma opção tão mais em conta, mas ainda assim, vale procurar um amigo com um bom sítio e checar a viabilidade de uma troca de favores $$.. .rs

Convites mais modernos, simples e encantadores. Americano imprime convite de casamento até em papel de pão, mas com a arte certa e detalhes inusitados eles ficam lindos!!!! Vejo noivas gastando 15 reais em cada convite com laços, rendas feitas por virgens das Ilhas gregas e realmente fico com uma peninha do dindin que foi ali! {Desculpa, eu sou duranga daquelas que tem pena até do dinheiro alheio!! hahaha}

Decoração simples e sofisticada. Faz bem aos olhos e ao bolso! Sem mais. hahahahha

Você não precisa de decorações cheeeeeias, pomposas e multifacetadas! Você precisa de romance, de carinho, de luz e boa vontade. Cuidar dos detalhes, muitos DIYs e criatividade transformam um casamento simples e econômico nos mais lindos!!!! Abuse dos ambientes que escolheu como locação. Alguns são tão lindos que dispensam decoração! Nesse caso até vale gastar uns mangos a mais com a locação do espaço, certo? Um casamento econômico tem que ser planejado na ponta do lápis pra checar o que realmente sai mais em conta.

Eu sei, eu sei… Vou tocar em um assunto polêmico e corro riscos!! hahahahaha As madrinhas vestidas iguais! Pois é minha gente, se tem uma coisa que eu choro toda vez que vejo um filme americano com casamento, é ver a doação das madrinhas em irem lá experimentar seus vestidinhos iguaizinhos e da mesma cor na maior boa vontade e alegria! Sem guerra de cores, egos e sim, somente a intenção de participar desse grande momento, com amor e boa vontade. Eu sei que aqui no Brasil isso está loooooonge de se propagar, algumas madrinhas dizem que ”pela diversidade de corpos” {Por isso eu escolhi essa foto. Veem a diversidade em vestidos iguais?}, mas as vezes vejo umas 3 ou 4 noivas comentando em um forum sobre o gosto por essa idéia e meu coração se enche de esperança. Sem guerras de cores e tonalidades entre vestidos, acessórios e decoração de um altar, e de longe você saber quem é madrinha e merece destaque por ser tão especial {Claro gente, nós fotógrafos memorizamos as pessoas durante a cerimônia e lembramos delas na festa, mas as vezes são 10 madrinhas! Entre 200 vestidos na festa… A gente tem que se esforçar bem mais pra não fotografar uma vizinha da vizinha da vizinha, com uma MEGA produção, achando que é uma madrinha.. .rs}.

Falar disso faz meus olhos lacrimejarem porque eu sei que eu tenho amigas que se eu pedisse aceitariam de coração essa opção. Quando eu fizer minha grande festa, eu vou adotar sim, e quero um lindo bouquet para cada uma delas, e um outro mimo que eu não conto pra ninguém {hahaha} pra elas… Ain ain.. {Suspiros! hahahahha}

Padrinhos vestidos iguais são mais habituais por aqui. Já viram os detalhes da lapela? Ownnn… Eu li uma matéria com alguns best men com lapelas de mini jaquetas de futball {Eles tinham jogado no mesmo time no colégio}. Não é demais? Aqui no Brasil eu realizo várias possibilidades…. Algo só deles, desde uma raminho de cevada {eu sei, as vezes eu sou muito criativa.. hahahahahhahahahahahahhaha} até um mini escudo do time deles {Meninas, lembrem que esse momento é do noivo também e pequenos detalhes podem fazê-los entrar no clima e começar a participar mais e gostar até, do mundo casamenteiro}.

Música ao vivo. Aqui o que mais conhecemos são os DJs e alguns podem transformar um casamento em um marco na história {pra bem ou pra mal!! .rs}, mas sabe uma coisa que eu fico reparando as vezes? É nessa hora que os vovôs, vovós, mães com bebês e alguns relutantes ao gosto musical alheio vão embora! =( Minha prima casou há uns anos atrás e o pai dela que é compositor levou uma banda. Confesso, não gostava muito do estilo que estava sendo tocado, mas ver meus tios avós, as primas sacudindo seus bebêzinhos e minha mãe na pista de dança se esbaldando ao lado de um violão encheu meus olhos e meu coração. Gente, como é diferente ouvir o acorde do ladinho!!! Claro, você deve também escolher bem essa banda, checar antes o som deles, o desempenho ao vivo e a versatilidade, mas considerem essa opção! Você consegue ter vovós animadíssimas matando saudade dos tempos de baile. Jovens empolgadíssimos com o novo som, adolescentes maravilhados com os músicos… Eu assisti ao vivo um show de reações incríveis naquela pista. Faz 10 anos e eu ainda tenho muitos flashs guardados na memória {acho que já era o olhar fotográfico conversando comigo.. .rs}

Casar de dia ou em ambientes MUITO bem iluminados. Hoje eu vi um fotógrafo se manifestando no FaceBook, que parecia estar muuuuito, mas muuuuuito chateado com alguma noiva que casou em local muito escuro e depois reclamou da iluminação das fotos. Por um lado, eu fiquei com peninha do fotógrafo porque ele tinha razão nos argumentos que ele mesmo apresentou. Muitas vezes não dá pra fazer milagre MESMO! Vocês não fazem idéia do quanto um fotógrafo sofre em ambientes de pouca luz. Ele tem que ter visão noturna para enxergar pequenos grandes momentos acontecendo no breu, ele ganha olhares muito descontentes na hora de disparar o flash entre os convidados, ele perde muitas possibilidades na hora de fazer uma foto linda, sofre com todo tipo de luz que possa surgir do nada e estragar uma foto que foi milimetricamente fotometrada antes. Muitas vezes tem vontade de chorar num escuro total iluminado por um super led do videomaker na posição errada pra ele. Enfim, todo fotógrafo ama fotografar de dia por razões óbvias. Ele vê com clareza e rapidez tudo que acontece, localiza facilmente os convidados de quem a noiva pediu fotos especiais, ele consegue muitas vezes trabalhar invisivelmente sem atrapalhar momentos únicos, consegue-se ”brincar” com o fotometro da sua câmera e efeitos incríveis de suas lentes super caras… E mesmo que você não case de dia, tenha atenção a iluminação do ambiente que escolheu. É muito importante por vários motivos. Já vi pessoas tropeçarem e cairem no meio de uma festa porque havia um degrau onde elas não enxergavam por falta de visibilidade!! Vê se pode? Visitem seus salões no mesmo horário em que farão a festa. Peça pra acenderem as mesmas luzes que serão usadas no dia. Caminhem por ele, observem bem!!

Enfim, aproveitei pra falar disso por acontece mesmo de alguns noivos se mirarem em trabalhos lindos feitos com luzes incríveis de uma entardecer e marcar o casamento para as 8 horas da noite em um local de iluminação precária. Claro, nós usamos todo o potencial de quem estudou muito, recursos de equipamentos caríssimos, mas sim, algo se perde nesse caminho sem luz! .rs

E por fim, outras dicas que eu gosto de dar é: Não beba exageradamente {A Erika falou disso na quarta-feira!}. Também não se estresse! Curtam, aproveitem, se soltem, fiquem felizes!! E principalmente, lembre-se porque você está ali. Abrace o (a) noivo (a), esteja com ele (a)! Sejam carinhos uns com os outros. Muitos noivos mal se aproximam e depois sentem falta de fotos juntos. Não dá pra exigir fotos do que não aconteceu, entendem?

Casando na china, numa caverna {muito bem iluminada! hahahah}, na montanha ou em um lago. Se vocês estiverem felizes, unidos e apaixonados, adivinhem como ficarão as fotos?

Ain Ain… O amor! .rs

 

Um beeeeeijo, meus amores!!! ;*

 

Sobre o Autor

Sammia

Newsletter





Rede Casando sem Grana

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d