É possível economizar bastante ao fazer o financiamento e utilizar o restante para investir em reforma e decoração.

A realização de investir em um imóvel próprio é objetivo comum à maioria dos casais que planejam juntar suas vidas. É ali naquele cantinho escolhido com muito cuidado que a nova família construirá suas primeiras histórias e eventualmente aumentará, proporcionando novos e emocionantes capítulos.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para quem já deseja financiar um imóvel e pretende economizar nesse processo. Tendência dessa temporada de empreendimentos, descubra abaixo o que essa modalidade pode fazer por você!


Vantagens de um financiamento imobiliário.

Antes de se aventurar nessa jornada, vale refletir com o apoio da sua família se essa é a melhor decisão para o futuro de vocês. O financiamento geralmente é uma boa quando existe uma oportunidade única para adquirir um imóvel dos sonhos mas vocês não possuem capital suficiente para comprá-lo à vista.

Outro ponto muito comum àqueles que buscam esse recurso são casais que dispõem do valor total de um imóvel mas não têm interesse em se descapitalizar. Dessa forma, o financiamento é uma saída para não prejudicar uma reserva de emergência alocada na poupança, por exemplo.

Simule antes de contratar!

Diversos pontos merecem atenção antes desse grande passo. Felizmente, existem no mercado diversas ferramentas que tornam muito mais fácil comparar financiamento imobiliário, proporcionando dois elementos importantes a você:


• Tempo – Com a praticidade de analisar diversas ofertas ao mesmo tempo, você ganha um tempo precioso para pensar em outros aspectos igualmente importantes desse processo.


• Economia – Quem busca um financiamento possui uma verba limitada na hora de investir e toda redução de custos é válida. Dessa forma, esses simuladores garantem a você os melhores valores de financiamento
disponíveis na praça e você pode pensar com mais folga em detalhes como reformas e decoração do seu novo imóvel.


O poder das cartas de crédito

A busca pelo apartamento ideal deve ser feita com paciência para que você possa seja capaz de visualizar o melhor negócio para a sua família. Se vocês ainda não tem um imóvel em mente para financiar, a carta
de crédito é uma ótima solução. O documento não-vinculante e com validade de 3 meses pode ser pedido aos bancos que avaliam o seu
perfil para entender o quanto podem oferecer de crédito a você. Critérios como histórico de pagamento e renda entram na equação que determina um valor e torna sua busca muito mais fácil já que você poderá filtrar pelo valor os imóveis que estará apto a financiar.

Programe-se para custos adicionais

Independente da modalidade escolhida para se fazer negócio, comprar um apartamento exige o comprometimento de parte da sua renda mensal. Na hora de escolher um novo imóvel leve em consideração custos fixos como o IPTU e o condomínio além de gastos flutuantes referentes à manutenção e reforma do espaço. Por fim, lembre-se dos custos de fechamento do negócio como o registro no cartório e o ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) que compreendem um custo extra de 5% sobre o valor total do
imóvel.

Encontrar um novo lar é uma realização que deve ser feita com cautela em cada etapa. Quanto mais paciência vocês tiverem, mais fácil fica identificar as grandes oportunidades. Alcancem seu sonho em comum com calma e tranquilidade… e boa sorte!