Aqui no Casando Sem Grana é muito comum darmos dicas sobre como economizar no casamento e outras demais que te ajudam a ter (muito) menos dor de cabeça na hora de realizar tal evento e pós ao mesmo, com sua casa. Mas nem todo mundo economiza na residência ou festa de casamento. Hoje temos uma pergunta: Já lhe passou pela cabeça quais seriam as residências mais caras existentes no mundo?


Fugindo um pouco do objetivo em comum, só por curiosidade, trazemos aqui uma lista das 5 mais caras no mundo que nem ganhando na Mega Sena e um torneio mundial de poker ou blackjack online todos juntos podem juntar dinheiro pra comprá-las.

Palácio de Buckingham, em Londres, 1,55 bilhões de dólares

Apesar de ser improvável que venha ao mercado imobiliário, a residência palacial da rainha britânica Elizabeth II é de forma geral considerada o imóvel mais valioso do mundo, estimada pela revista Money (entre outras) de ter o valor de 1,55 bilhões de dólares. Parte do preço está ligado diretamente ao fato de ser a casa da realeza britânica e de sua localização ser em Londres, conhecida por ser uma das cidades com terreno residencial mais caro do mundo.

Antilia, Mumbai – 1 bilhão de dólares

Possivelmente a residência privada mais cara do mundo, avaliada em 1 bilhão de dólares, Antilia é uma enorme mansão em forma de edifício completada em 2010. Seu design completamente fora do padrão faz o prédio se destacar entre outras construções do mesmo gênero.
A mansão em forma de torre, aparentemente nomeada com base em uma ilha kítica no Oceano Atlântico, pertence a Mukesh Ambani, diretor da Reliance Industries e classificado como homem mais rico da Índia. De acordo com o jornal The Guardian, sua propriedade inclui três heliportos, uma sala de cinema com 50 lugares e 6 andares dedicados exclusivamente para estacionamento, com capacidade para acomodar 168 carros. Para manter tudo isso, a quantia de funcionários trabalhando dentro da mansão é cerca de 600.

Villa Leopolda, França – 750 milhões de dólares

Esse riviera francês adota o nome do rei Leopold II da Belgica, que adquiriu a propriedade no fim dos anos 1890. Desde então, teve numerosos proprietários, servindo como hospital militar durante a Primeira Guerra Mundial, e fez presença no clássico filme de ballet “The Red Shoes”. Sua atual dona é Lily Safra, uma filantropista e viúva do banqueiro bilionário Edmond Safra.

A enorme mansão possui 11 quartos e 14 banheiros, também incluídas na propriedade são: duas casas de hóspedes, uma piscina e uns 20 acres de árvores e jardins, que mantém 50 jardineiros de mãos cheias.

Witanhurst, Londres – 450 milhões de dólares

Atualmente sob renovação, Witanhurst irá se tornar a segunda maior e segunda mais valiosa mansão em Londres, atrás apenas do palácio de Buckingham!

Construída no início do século 20, a casa original possui 25 quartos. Ao especular por quem sejam os novos donos da enorme mansão, o jornal The New Yorker publicou o título “casa dos segredos: quem é o dono da mansão mais cara de Londres?” fazendo uma matéria que supostamente pertenceria a uma família russa que não quer atrair a atenção da mídia.

Odeon Tower Penthouse, Monaco – 400 milhões de dólares

O título do apartamento mais caro do mundo pode pertencer a essa moradia extravagante. A Blommberg estimou seu preço quando foi à venda por 400 milhões de dólares.

O apartamento inclui uma cama em dimensão master que o jornal The Guardian define como “do tamanho de dois campos de tênis e meio”. No entanto, a atração mais singular e distintiva se deve à piscina a céu aberto e às duas estruturas de vidro, construídas ao redor dela.