Casamento real e econômico: Renata e Leonardo - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS

Casamento real e econômico: Renata e Leonardo

Muitas noivas, após o relato do casamento da Elisa, me enviaram emails desesperadas pedindo mais dicas de como se casar com economia em Brasília. Bom, pra mim é difícil falar sobre o estado de vocês com certeza e clareza. Infelizmente nunca fui a Brasília e somente após ingressar no mundo dos casamentos é que fui saber que aí quase tudo custa uma fortuna. As únicas coisas que eu sei de Brasília é que tem Asa Norte, Sul e o Palácio do Planalto, hehehehe =P

Mas enfim. Desde que assumi a responsabilidade de ajudar vocês, eu busco formas de driblar as distâncias e achar meios de economia em qualquer lugar. Felizmente encontro vira e mexe bons anjos em forma de noivas que me ajudam com dicas. Depois de uma semana de agonia, recebi um relato mega bom da Renata que driblou os gastos do seu jeito. Vamô vê?

***

“Eu e o Léo namoramos desde fevereiro de 2007. Nos conhecemos em outubro de 2006 numa festa muito cheia e meio que como “profecia” quando dois rapazes vieram me tirar pra dançar, respondi automaticamente para os dois que não podia por que estava PROMETIDA para o Léo. Detalhe: Nós tínhamos acabado de nos conhecer e não conseguíamos parar de conversar, rsrsrs. Depois dessa resposta, dançamos a noite inteira juntos. Nos dias e meses que se seguiram ficamos muito próximos e amigos. De vez em quando a gente dava uns beijos, mas eu não queria de jeito nenhum namorar. Até que em fevereiro do ano seguinte, aceitei o seu pedido no dia 24 às 14h, rsrsrs. Tanto detalhe, né? É que guardo  esses momentos com muito carinho.

Nosso casamento começou a ser planejado em julho de 2010, após ele e sua família voltarem de uma viagem da Europa.

Para esclarecer: A família do noivo é de Minas e Paraíba. E tem muita gente aqui na cidade. A minha é toda do Sul e só eu moro aqui com meu filho do meu primeiro casamento (que não teve nenhuma cerimônia nem papel assinado). Bom, o fato é que eu e o noivo somos muito pés no chão e apesar da família dele ter mais condições do que eu, chegamos à conclusão de que queríamos uma coisa muito simples e com poucos convidados. Somente os familiares que estivessem mais próximos (em todos os sentidos, tanto de grau de parentesco quanto de distância). Então limitamos o número de convidados em 60.

O noivo tem uma madrinha que tem uma casa linda num bairro nobre da cidade e ela nos ofereceu para fazermos a cerimônia, ainda no início do namoro. Conversamos com ela que além de confirmar a oferta feita anos atrás, ainda se dispôs a organizar a decoração (Coisa que ela faz muito bem por ser artista plástica). Então, isso nos facilitou a vida. Não teríamos que pagar local nem gastar tanto com decoração. Apenas compramos as flores  do jeito que eu queria. E eu sempre amei a casa dela. Quando decidimos fazer a cerimônia lá, sabíamos que seria lindo por que a casa é muito linda. E eu queria exatamente isso, uma coisa íntima, num lugar aconchegante e que as pessoas se sentissem a vontade como se estivessem em casa.”

Mas aí você vai me dizer: “Poxa Sammia, mas ela teve a sorte de contar com a casa da madrinha, mas eu não!”. Eu sei! Mas a Renatinha me enviou também outras dicas preciosas de como você irá economizar em outras coisas. Aproveite-as para baratear os outros ítens do seu casamento.

Flores – CENTRAL DAS FLORES. Local junto do CEASA que vende flores muito mais barato.
Bolo e maquete de bolo – O bolo cenográfico que fica na mesa é altamente decorativo e fica muito mais em conta, por que o preço do bolo de copa é mais barato. Escolhi a DOCE TALENTO por indicação de uma amiga que casou em 2009 e o bolo dela era lindíssimo. O local é lindo, tem muitas opções de maquetes e as doceiras fazem o melhor bolo que conheço. Fugi das tradicionais doceiras de casamento da cidade, que além de caríssimas, estão ficando muito batidas.
Doces e bem casados – Essa escolha também foi por indicação e eu posso dizer com toda certeza: FABIANA FERREIRA, Foi a melhor escolha. O melhor preço, o melhor sabor, o melhor atendimento. E fugi também das doceiras tradicionais. Perfeita!
Topo de bolo – NOEMI GALASSO. Indicação de uma amiga. Fugi da Tradicional Kazzar (É famosíssima e a mais cara do mundo). O meu topo de bolo sairia por quase 500 reais lá. Paguei apenas 180,00. E ficou ótimo!
Buquet – Uma história a parte. Foi a primeira coisa que pesquisei. E fui pesquisar no top buques da cidade. O cara é fera, mas me atendeu muuuito mal e fez um orçamento absurdo. Quase desmaiei quando ouvi o preço. Aí, uma semana antes do casamento fui lá na CENTRAL DAS FLORES e consegui uma pessoa que faz buquet. Ela me cobrou 100,00 no meu e eu posso te dizer que meu coração quase parou quando eu o vi pronto. Estava lindo, perfeito!!! Valeu a pena fugir do óbvio da cidade.
Buffet – Os buffets da cidade são caríssimos. Fora da realidade. Por isso decidimos que teríamos só bolo e espumante, mas meu sogro deu de presente o Buffet. Algumas pessoas acham que assim fica fácil, mas até o meu sogro saiu no lucro. O BUFFET DOS ANJOS foi impecável. Escolhemos coquetel volante. Eles deram a bebida (menos vinho) e foi tudo maravilhoso. Eram 3 mini-empratados, vários tipos de salgados assados, suco, água, refrigerante, cerveja e espumante Mumm. Contratamos o Buffet para 60 pessoas e o dono ainda nos deu de brinde mais 5, quando houvesse excedente. Metade do preço do que é praticado na cidade. E só tivemos elogios!!! Ah, e eles ainda nos deram a mesa do café.
Dia da noiva – Escolhi um salão de nome na cidade por que queria estar impecável. Mas não escolhi o dia de noiva, apenas cabelo e maquiagem. Meu cabelo foi um penteado simples e por isso não me cobraram preço de noiva. A maquiagem também foi o preço de uma maquiagem comum, mas ficou lindíssima. O salão é HÉLIO DIFF (Antigo Metamorphose). Ele também não está na lista dos salões mais procurados por noivas, mas é com certeza um dos melhores da cidade e só tem madame. Não que isso importe, mas saí de lá muito linda e feliz.
Vestido – O vestido foi uma novela. Depois da decisão de mudar de vestido, comprei um pronto mesmo com cara de verão, leve e branco. Não era o que eu sonhava, mas posso dizer que fui muito feliz com essa decisão. A nova versão foi comprada na TVZ.
Fotos – Também foi uma achado, pois os fotógrafos daqui devem pensar que só tem gente rica na cidade. A irmã do meu noivo nos deu de presente as fotos. Ela indicou uma amiga (As duas são jornalistas) que fotografa casamentos por Hobby. Ficamos muito felizes com esse presente. Não gastamos, mas não foi um presente de grego. A MONIQUE RENNE é uma fotografa super premiada e requisitada. Não vou divulgar os contatos dela, pois ela está fora do país e não sei se ela quer que divulgue, mas pode colocar o nome dela nos créditos.
Lembrancinhas – Não tinha como eu comprar lembrancinhas para todos da festa, aí mandei fazer um mimo para cada solteira. Eram 10. Decidi fazer um Santo Antônio para cada uma. Em 2009, fui a um casamento e não peguei o buque, mas achei um Santo Antonio escondido no salão. Daí, resolvi retribuir. Fez um sucesso danado e todo mundo achou bacana. O trabalho é da FINO FELTRO. Ela também fez o cabide do vestido e a almofadinha das alianças. Trabalho simples, mas primoroso da Ângela. Virei sua fã. Super em conta.
Alianças – Nas joalherias as alianças estavam pela hora da morte!!!!. Nos indicaram um ourives que é super atencioso e fez um trabalho lindo. Pagamos uns 30% a menos.
Arranjo de cabeça e adereço de buquet – Eu escolhi a THAIS JOI por que ela é sensacional. Faz artesanato com cara de moda. Eu expliquei a ela que queria uma tiara tipo a que a Galisteu usou no casamento com o Justus, mas não estava encontrando pois tudo é muito caro ou muito chamativo e queria coisas discretas e bonitas. Ela fez a minha tiara com elástico prateado e ficou a coisa mais linda que já vi. Além de super discreto do jeito que eu queria. No buquet ela criou uma borboleta que deu um charme todo especial. Ela é sensacional.

Posso garantir que não gastamos mais de 10.000,00 no casamento todo.
Casar sem Grana e com bom gosto é muito possível em Brasília!!!”


Leia Também

Ficha Técnica

Flores e Bouquet – Central das Flores | Bolo – Maquete da Doce Talento | Doces e Bem Casados – Fabiana Ferreira (61) 3381-9718 | Topo de Bolo – Noemi Galasso | Buffet – Buffet dos Anjos | Dia da Noiva – Hélio Diff | Vestido – TVZ | Fotografia – Monique Renne |Lembrancinhas – Fino Feltro | Arranjo de cabeça e adereço do bouquet – Thais Joi


   Veja os preços dos fornecedores do meu casamento   

Beijos!

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d