Casa Nova, Vida Nova: Será que eu fiz a escolha errada? - Casando Sem Grana
Casa nova, Vida Nova REFERÊNCIAS

Casa Nova, Vida Nova: Será que eu fiz a escolha errada?

Olá, menininhas!

Hoje a coluna é bem curtinha, só pra vocês não se esquecerem dessa que vos escreve, hehehe…

Hoje uma amiga que se casou semana passada me ligou. Queria agradecer pela presença, pelo presentinho, pela amizade, enfim. Em dado momento ela começou a chorar. Perguntei o que estava acontecendo e ela me respondeu: “É difícil mesmo a convivência né, Fê?”. Conversando ela me questionava entre lágrimas se havia feito mesmo a coisa certa e se era certo, porque ela estava se sentindo assim?

Como nós já conversamos aqui na coluna, acho que a fase de adaptação é mesmo difícil. E nós somos seres humanos, não devemos nos sentir culpados por questionar nossos sentimentos.Isso não se significa que não amamos nossos maridos, nossos namorados. Não significa que fizemos a escolha errada.

Somos seres humanos que estivemos morando na casa dos pais (ou sozinhos) por toda nossa vida e de repente nos vemos numa nova casa com uma pessoa a quem chamamos de marido, com novas responsabilidades, novas descobertas, coisas boas e ruins.A ficha demora mais para cair para alguns. Uns reagem de formas inesperadas, outros de forma esquisita. Mas todos nos temos nosso próprio tempo de “digestão” dessa nova fase.

Não sei se alguma de vocês ainda está passando por isso, mas se alguém aí estiver preocupada com esses sentimentos todos que aparecem dentro da gente, só digo uma coisa: é normal SIM!

E sejam boazinhas consigo mesmas. Dêem tempo ao tempo, se assumam, aceitem seus sentimentos, permitam-se sentir tudo isso. Não é feio, não é errado e não é ruim.

O tempo nessa fase é nosso melhor amigo e é através dele que iremos amadurecer para caminhar em direção ao verdadeiro sentido da palavra CASAMENTO.


Espero que tenha ajudado não só à minha amiga.


Beijos, queridas!

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d