Los cabrones y la plata | Pra fazer diferente, botar chapa quente - Casando Sem Grana
Cerimônia REFERÊNCIAS

Los cabrones y la plata | Pra fazer diferente, botar chapa quente

Fala galera! Beleza?

Muita gente diz que todo casamento é igual: chororô, beijo, o “sim”, a solteirona desesperada pra pegar o buquê, o bebum que faz vergonha… Você concorda? Acho que não. Os casamentos são diferentes porque os noivos e suas histórias são únicas. E aí se você analisar os casórios que já viu, presencial ou virtualmente, vai perceber que as músicas costumam não variar muito. Nada contra a Ave Maria ou a Marcha Nupcial, acho tradicional e bacana também. Mas por que não inovar?

Ok, eu sei que algumas igrejas (caso você tenha uma cerimônia religiosa) não permitem músicas que não sejam sacras. Aí tá certo, o leque de opções já reduz um pouco, mas ainda dá pra variar um pouco: cantores católicos e protestantes tão bombando por aí (tem propaganda na TV o tempo todo). Você é de outra religião? Certamente conhece canções da sua crença que se encaixam perfeitamente na cerimônia.

Mas vamos supor que você tem total liberdade na escolha das músicas. Penso que o passo inicial é optar por canções que tem a ver com os noivos ou com a história do casal. Bom senso também é fundamental:  um funk como Tem que ter uma amante não cabe em nenhum momento de um casamento (nem da vida, né, rapaz). Melhor do que eu, vocês sabem quais músicas podem funcionar bem no seu casório, mas peço licença pra dar meus pitacos, já que sou doido por música. Antes, cabe destacar: a ideia desse post partiu da Sammia que sugeriu que eu explorasse canções diferentes e alegres. Portanto, não esperem nada mela-cueca aqui, ok?

Pra jogar o buquê/bola: As garotas podem optar pela já tradicional “Single ladies (Put a ring on it), da Beyoncé, música própria pras solteiras. Aliás, a cantora feminista até o último fio de peruca, lançou recentemente outro hino pras mulheres: Run the world (Girls), afirmando que quem manda nessa p*rra são as garotas. Pra rapaziada, sugiro Festa no apê, do Latino, e Sou praieiro, do Jammil e Uma Noites (aquela do “sou praieiro, sou guerreiro, tô solteiro, quero mais o que?”). Apropriado, né?

Pra entrada das crianças: Nada de Lua de Cristal ou Ilariê. Se quer realmente inovar, manda uma música da Lady Gaga (já viu como a criançada adora a mulher, já que eles vivem no mesmo mundo de faz de conta?). Lady Gaga é muito pra você? Opte por músicas de filmes infantis. Eu sugiro “Hakuna matata” do Rei Leão e “Amigo, estou aqui” do Toy Story. Você ainda pode optar por músicas da Adriana Partimpim (disfarce da Calcanhotto), do CD infantil da Ivete Sangalo com Saulo Fernandes ou ainda por “Somewhere over the rainbow”, d’O Mágico de Oz.

Pra entrada na igreja: Na boa, não me sinto muito à vontade pra indicar músicas pra esse momento. Acho tão especial e pessoal, mas tanto, que ainda nem escolhi a minha canção. Mas você escolher alguma dos Beatles, da Joss Stone, da Marisa Monte, do Roberto Carlos, do Tim Maia…

Pra primeira dança como casados: Acho que essa é a parte que permite maior liberdade. Dá pra escolher qualquer música! O que muitos casais fazem é começar com uma música bem lenta e romântica e, de repente, colocarem algo mais animado. Fica maneiro!

Tá numa pegada retrô?You are the  one that I want da trilha sonora de Grease. Solte o John Travolta que existe em você.

Discoteca? “Le freak” e “Good times”, de Chic. A tia Berenice vai até relembrar os passos clássicos da disco.

Anos 80? Caia dentro de “Billie Jean, do Michael Jackson. Você ainda pode desenvolver uma coreografia engraçada com “Footlose”, de Kenny Loggins, ou com “U can’t touch this”, do MC Hammer.

R&B? Mais uma vez, coloco Beyoncé no post, agora em parceria com o marido Jay-Z na música “Crazy in love”.

Baladeiros, fãs de música eletrônica? “The time, dos Black Eyed Peas, ou Moves like Jagger,do Marron 5 com a Christina Aguilera. A galera vai curtir e dançar juntos.

Funk? “Só love” e “Nosso sonho”, ambas do Claudinho e Buchecha. As purpurinadas vão suspirar.

Samba? Sugiro “Interessa”, da Roberta Sá, e “Água da minha sede”, famosa na voz de Zeca Pagodinho. Sinta o batuque e se deixe levar pelo samba.

Rock? Pra dançar mesmo, só consigo pensar em “Rock’n roll all night”, do Kiss. Não consigo pensar em outras músicas. Pra mim, a música é um convite pra festejar.

Pro vídeo: A maioria dos vídeos de casamento são embalados por músicas indie-rock. Se quiser dicas nesse estilo, veja um post que fiz sobre isso lá no NIC. Mas se você não quiser um indie, sugiro uma música que te emocione, seja ela em que ritmo for.

Música é essencial na vida, em qualquer momento (pelo menos pra mim). Então, rapazes e moçoilas, pensem bem nas escolhas musicais de vocês. Certamente, assim como todos os outros elementos do seu casamento, essas canções ajudaram a contar a história de vocês. Mais do que isso, a partir do enlace, elas farão parte da história de vocês.

Hasta luego!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d