Me ajude assessora - Quero ser assessora também - Casando Sem Grana
Planejamento

Me ajude assessora – Quero ser assessora também

Lembram-se da coluna: “Me ajude assessora”? Pois é, ela está de volta e com colaboradora nova no pedaço. Mas vou deixar que ela se apresente e fale sobre a renovação que haverá no que for abordado por ela. Sim, pois agora além de responder dúvidas, a nossa nova colaboradora vai falar mais sobre como é seu trabalho, vai dividir suas experiências, lições que nos auxiliaram no grande dia e etc.

Vamos conhecê-la? Se bem que algumas de vocês já a conhecem….

***

Olá meninas,
Vou me apresentar em poucas palavras, porque na verdade o que eu quero mesmo é conversar com vocês sobre casamentos e não sobre mim 🙂

Eu sou a Shirley Yanez e o que eu mais gosto de fazer na vida é organizar casamentos 🙂
Sou assessora de casamentos no RJ, e em uma conversa com a Sam decidimos que seria legal falar sobre o papel da cerimonialista, o que na verdade fazemos e o que não fazemos etc e tal.

Nesse nosso primeiro post quero dividir com vocês algumas coisas que acontecem por detrás do grande cenário que é o casamento na vida de uma assessora. Eu recebo muitos emails de leitoras que assim como todas nós, apaixonadas pelo assunto, tem vontade de trabalhar com casamentos e pedem dicas de como ser assessoras de casamento.

Bom, não sei se o que vou falar aqui irá espantá-las ou achar que sou negativa, mas preciso ser sincera com vocês… nem tudo são flores, viu? Muitas noivas terminam a fase de planejamento do casamento, e decidem virar assessoras. De fato, essa é uma atividade profissional que não requer muito investimento financeiro para começar, mas há muitos outros pontos a serem levados em questão.

Existe uma enorme diferença entre organizar um casamento (o seu) e ter 25 noivas ao mesmo tempo, cada uma com sua prioridade do momento e ter que administrar todas elas ao mesmo tempo.

Isso quer dizer que lidar com noivas é algo ruim? NÃO, pelo contrário, é maravilhoso! Mas não é fácil.

Lidamos com sonhos de outras pessoas e isso é uma responsabilidade enorme. Cada casamento é único e deve ser tratado assim e para que tudo aconteça da melhor maneira possível, para que cada noiva lembre com carinho da fase de planejamento e até sinta saudades dos momentos únicos vividos durante a organização é necessário ter muito mais do que apenas paixão pelo tema casamento. Tem que ser boa em organização não só dos eventos, mas também de administração do tempo, ter conhecimento de fornecedores para cada perfil de cliente e ser muito boa em logística. Tudo na vida de uma assessora tem relação com logística, meninas!

E fora isso, sabe aqueles encontros familiares, festas de amigos, encontros com amigas no meio da semana? Então, quando você decide trabalhar com assessoria eles praticamente são anulados.

Então, queridas, se vocês querem trabalhar com casamentos, em primeiro lugar tem que ter em mente que é preciso abrir mão de grande parte de eventos sociais e pessoais em prol daquilo que tanto gostam. E não estou falando apenas dos finais de semana.

É claro que como tudo na vida precisamos saber organizar nosso tempo e equilibrar vida pessoal e profissional, mas o papel principal de uma assessora de casamentos é ter disponibilidade para atender suas noivas e contando que grande parte das noivas trabalham e muito em horário comercial só lhe restam disputar com outras meninas suas noites para reuniões, certo?

E isso é ruim? Mais uma vez afirmo que não. Organizar casamentos é algo realmente apaixonante, e é durante cada cerimônia de casamento, a cada emoção do noivo ao ver sua amada entrar, em cada lágrima dos pais ao verem seus filhos se casar, em cada beijo após o tão esperado “Sim”, em cada milhões de sorrisos que acompanham os noivos em sua saída, em cada primeira dança, em cada abraço amigo e em tantos outros momentos que se repetem a cada novo casamento é que eu reafirmo minha alegria por ser assessora de casamento.

Apenas não é tão simples quanto parece.
E o que de fato faz uma assessora de casamentos? Isso eu conto no próximo post, tá.

Beijos,

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d