Voltei | E como fazer um Photo booth econômico - Casando Sem Grana
Lembrancinhas

Voltei | E como fazer um Photo booth econômico

Alô amor tô te ligando de um orelhão, voltei! \o/

Cheia de coisas para contar, dicas para dar, vontades novas, idéias renovadas…mas preciso retomar aos poucos para não me atropelar.

Vamos começar assim então, falando do meu Photo booth. Vou aos poucos falando mais sobre tudo o que teve, não teve, dicas dos fornecedores…enfim. Paciência é uma virtude que noiva precisa ter, hein! 🙂

Photobooth | Sammia e Thiago from Gabriela Quinália on Vimeo.

Ficha Técnica

Photo booth – Gabriela Quinália

***

Mas o que é um Photo booth afinal?

Photo booth nada mais é que um espaço destinado a tirar fotos de seus convidados. Você pode decorá-lo como quiser e usar ítens à gosto para deixar as fotos mais divertidas. No caso do nosso casamento temático, colamos capas de discos e adesivos de bolinha na parede e usamos chapéus, boá de plumas, bigodes e outros cacarecos divertidos.

E para que serve?

Para divertir os convidados e garantir fotos descontraídas deles. Antes os casais só tinham as opções de ir de mesa em mesa tirando foto com eles ou ainda aquelas tradicionais fotos na mesa do bolo. Hoje o Photo booth se encarrega de fotos muito mais engraçadas e espontâneas.

E quais acessórios eu uso?

Os que você quiser! No nosso caso – de um casamento anos 80 – tinham os chapéus de paquita, pom-pons, bigodes e chapéus do Village People (Aliás, estes chapéus tem história e eu conto mais para frente =). Todos estes adereços eu comprei nas lojas de fantasia da 25 de março. Chapéus tinham valores variados mas, acho que o mais caro deve ter custado uns R$ 20 reais. Os bigodes custavam R$ 2 a unidade e vinham em vários formatos e cores.
Mas existem muitos outros acessórios como: Bigodes, óculos e chapéus feitos em papel, lousas para recados, o próprio sinal de “Curtir” do Facebook, etc etc etc. Neste link a Emannuele falou mais sobre Photo Booth e seus acessórios. Vale a visita 🙂

E o que eu faço com as fotos?

Depende. No nosso caso, pedi que fosse feito este filminho com elas e pretendia imprimi-las e enviá-las como cartão de agradecimento pela presença, aos convidados. Cabou que essa segunda idéia não deu muito certo. Assim, ficou o videozinho e as fotos que estou escolhendo para depois enviar via email mesmo.

Mas existe a opção de fechar com o fotografo a impressão na hora (caso ele disponha de um equipamento para isso) para que os envolvidos guardem a recordação fotográfica. Claro que os valores podem variar muito escolhendo impressão na hora assim como variar bastante de profissional para profissional. Como sempre: Pesquise bastante antes de fechar.

Mas quanto custa em média?

Como disse antes, não dá para precisar exatamente o que cada fotografo pedirá. Mas o que é necessário observar é que:

– Não é uma cobertura fotográfica da festa e sim apenas alí, daquele espaço. Entretanto vai demandar fotografo competente e pelo menos um assistente igualmente treinado para ajudar na iluminação, arrumar os acessórios, sugerir poses, chamar os convidados para a brincadeira e dar todo suporte ao fotógrafo. Vai demandar equipamento fotográfico igual ao da cobertura do casamento também.

– Se tiver impressão na hora, vai demandar papel MUITO papel fotográfico e alguém para manusear a máquina de impressão

– Terá uma duração mínima de uns 2hs para mais. Você faz a conta de horas + maquinário + profissionais + papel (se quiser impresso) = Um valor que deve ser conversado entre o fotografo e você.

A dica da economia para este serviço pode ser esta mesma: Fotos apenas virtuais, sem impressão.  A Gabriela Quinália tem preços e condições de pagamento ÓTEMAS. Vale a pena falar com ela e guardar para sempre esta recordação tão especial 😉

 

Beijos!

 

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d