Noivado Real e Econômico | Noivando em Família - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS SÃO PAULO

Noivado Real e Econômico | Noivando em Família

E o tantão de gente que tá aí fazendo o test-drive como a Carla conta abaixo, e a família fica fazendo pressãozinha (expressão da Carlinha também hehehehe)?!?!? Pois é, não é porque você juntou ou whatever que você tem que deixar de ser feliz e não seguir as tradições! Tá aí a Carla que noivou no interior de SP e vejam a cara dela de FELICIDADE! Linda linda linda! Será que você aí lendo esse relato também não se anima?!?! Sim, é possível galera!

“Como muitas de vocês, eu também fiquei noiva!! Uhuu!!! 

 Eu já moro com meu namorado (agora noivo, ne?) há mais de um ano, quando viemos para São Paulo depois de formados. Mas sempre rolou uma pressãozinha das famílias e uma vontade de oficializar isso. Ainda mais depois que você começa a ir em várias festas de casamento das suas amigas…

Bom, fizemos o test drive e deu certo. Então resolvemos noivar! Primeiro ele pediu minha mão num hotel super lindo e romântico em Ilhabela. E lógico que eu aceitei – com direito a muitas lágrimas e beijos. Mas estávamos só nós dois. E, como somos super apegados a nossa família, claro que o pedido tinha que ser oficializado com todos presentes. Então marcamos uma data na casa dos meus pais, no interior de São Paulo, para que a família dele, que é de Minas, pudesse vir. A ideia principal era, além de oficializar o noivado, que as famílias se conhecessem melhor. Então nada de milhões de parentes e amigos, apenas os pais, irmãos, padrinhos e avós. Além disso, qualquer festinha, por menor e mais simples, come muita grana. E gastar, para quem está pensando em fazer festa de casamento, não rola, não. 

Bom, começamos o planejamento com 1 mês de antecedência. A primeira coisa foi definir o local e o número de pessoas. Somando as duas famílias, tínhamos cerca de 22 pessoas para acomodar na casa dos meus pais.

Como a família dele vinha de longe, optamos por algo que durasse mais tempo e fosse mais informal: um almoço com churrasco durante o dia

Contratamos um churrasqueiro muito bom por R$150,00. Além do churrasco, combinamos dele servir e lavar a louça depois. Também alugamos os pratos, taças, talheres e a mesa para os doces, que ficaram em R$ 95.

Fizemos na área de lazer, que tem uma varanda com vista para a piscina. Lá temos uma mesa com 16 lugares e outra com 6, além de uma mesinha de apoio com mais 4 banquetas. Então não precisamos alugar mais mobília. 

O jardim estava bem florido e, como arquiteta, eu queria trazer um pouco dele para a festa. Tudo de forma descontraída, mas elegante. Então separamos vários vasinhos (você pode usar garrafa) que tinha na casa da minha avó e da minha mãe, com altura e cores diferentes e montamos os arranjos ao longo das mesas e da mesa de doces. Compramos vários tipos de flores (tudo ficou R$150,00) e juntamos alguns vasos para formar os arranjos. Fica muito legal e é super tendência em festas e casamentos diurnos lá fora.

De entrada tinha antepasto de berinjela, alichela e sardela, e mix de cereais. Servimos algumas opções de carne, arroz, farofa e uma salada de folhas com tomate cereja, palmito, presunto parma e molho de mostarda com mel. Ah, e para petiscar, customizamos até os palitinhos. Em cada um deles, colocamos uma florzinha artificial e ele fez parte da decoração das mesas. Tudo feito por nós mesmas (menos a alichela e a sardela que são do Mercado Municipal, em São Paulo)

Também economizamos na mesa de doces. Mas não na qualidade nem na quantidade: tinha doce para umas 100 pessoas! E todos DELICIOSOS! A economia veio porque minha avó fez todos os docinhos (menos o bolo, que fui eu – sou prendada também!). Ela tem uma mão para doce que é inacreditável! Já saiu até numa revista famosa de casamento por causa disso! Mas convenhamos, todo mundo é capaz de fazer pelo menos o brigadeiro, que já economiza alguma coisa. E existem tantas receitas deliciosas e fáceis na internet hoje em dia…prova disso foi o bolo. Eu peguei a receita daqui: http://strawberrycrumble.blogspot.com.br/2011/05/torta-de-chocolate-com-frutas-vermelhas.html

Ficou uma delícia! Tá certo que não foi fácil achar as frutas vermelhas nem em São Paulo, mas deu certo. E ficou muito bom!

Com tudo pronto, aproveitamos muuuitoooo nossa festa! Teve discurso com direito a mais lágrimas e beijos, troca de alianças e brinde com todo mundo. Estava tudo tão bom que eu até queria casa ali, naquele dia! Mas agora começar a planejar a outra festa.

Bjoos!”

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d