Desentendimentos durantes os preparativos para o casamento - Casando Sem Grana
Planejamento

Desentendimentos durantes os preparativos para o casamento

Meus amores,

Tem muito tutorial e dicas de economia vindo por aí, mas hoje eu vim falar de um assunto corriqueiro que poucos abordam…

Quero falar dos meses que antecedem os casamentos e são capazes de estressar até os mais calmos dos casais.

Resolvi escrever esse post depois de assistir a um vídeo em que na hora dos votos o noivo desabafa:

“Fulana, nesses últimos dias você estava insuportável. Mas eu estava aqui para suportar!”

Na hora eu achei super engraçado e fofinho, mas ao conversar sobre o assunto com dois casais recém casados vi que esse é um problema sério  que pode tirar todo o brilho e magia do grande dia.

Eu sei que o momento é de muita adrenalina e os nervos ficam todos à flor da pele. Mas não deixem que nada estrague a harmonia do seu relacionamento e supere todas as barreiras com muito amor e compreensão.

Todo mundo sabe… Para que um relacionamento dê certo é preciso que os parceiros saibam ceder. E na hora dos preparativos para o tão sonhado dia, isso tem que ser elevado a milésima potencia.

São vários os motivos que colocam os casais em atrito. Entre eles,  acho que o “sonho da noiva” é um dos principais.

Tem noiva que quer realizar todos os seus sonhos no casamento e isso acaba contrariando o noivo, que geralmente quer um coisa mais simples e discreta (pode ser que seja ao contrário também). Nessas horas, o noivo precisa se preocupar em fazer o máximo para ver sua noiva realizada e a noiva precisa entender que seu parceiro também é parte do casamento e a cerimônia deve uma realização para os dois. Sendo assim, é preciso muito amor para entrar num consenso e fazer com que os dois se sintam parte do casamento. E para isso aconteça vocês devem conversar bastante sobre todos os detalhes e ter o coração aberto para todas as mudanças.

Outro grande problema são os custos. Nessas horas é preciso ter sempre o pé no chão e escolher o que é melhor: a realização de um grande sonho, ou carregar uma grande dívida? Por isso é preciso desde o início resolver quanto se pode gastar e saber abrir mão todas as vezes que esse ou aquele detalhe sair fora do padrão escolhido.

Isso pode piorar se os pais ou irmãos do noivo ou da noiva resolverem ajudar a financiar o sonho do casal. Tem parente que acha que por estar investindo dinheiro tem direito de escolher a decoração ou quem serão os convidados do grande dia. Por isso, antes de aceitar qualquer tipo de ajuda é preciso deixar bem claro que isso não dá direito a ninguém de resolver os detalhes por vocês.

E se genros e noras não se derem bem? Nesses casos é preciso que os noivos tenham uma postura firme de assumir desde o início seu futuro companheiro e conversar com os pais pedindo a compreensão e respeito deles. O mesmo deve ser feito entre o casal. Eu sei que tem muita sogra, sogro e cunhada que não são fáceis. Mas peça a Deus para te dar muita paciência, pois são a família do seu parceiro e serão sua família também. É bom que a paz comece a reinar desde já…

E as crianças??? Todo mundo acha que tem o filho mais fofo do mundo e quer que eles sejam suas damas ou pajens. E fica mais difícil quando todos querem levar as alianças e você só pode escolher uma criança. Nessas horas é preciso sentar e analisar cada caso…  E as crianças mais próximas do casal saem na frente, né?

A escolha dos padrinhos também pode gerar problema, principalmente entre os familiares. Tem muita gente da família que já se considera seu padrinho e pode ficar decepcionado ao não ser escolhido. Nesse caso eu acho que não tem muito o que fazer. A verdade é quem tem muito amigo que é mais próximo e mais querido do que os primos e tios.

Nessa hora talvez valha explicar que eles já são da família e por isso muito importantes. Você também pode procurar formas de fazê-los participar, lendo as passagens bíblicas na cerimônia, assinando como testemunhas ou homenageando-os na festa.

Também é preciso deixar o noivo a vontade para escolher os padrinhos, assim como você deverá ter liberdade para escolher os seus.

Bom, são inumeros os motivos que podem tirar o equilibrio de um casal que está se preparando para casar. Tantos que eu não poderiar enumerá-los aqui. Mas todos, eu tenho certeza, que podem ser resolvidos com o amor! A cada minuto é preciso lembrar do amor que está levando vocês ao altar e que só ele pode superar qualquer desentendimento.

É isso…

02

Preciso dizer que todas as situações aqui são hipotéticas. Graças a Deus eu não tenho me desentendido com o João e ninguém da família por causa dos posto de padrinho, daminha ou financiamento da festa. As vezes eu fico querendo que ele participe mais das decisões. Mas nesse caso, já entendi que meu noivo é prático, o negócio dele é encontrar os meios de pagar e nós vamos nos virando assim…  E também devo considerar que estamos no início da jornada. As dicas sugeridas aqui, guardarei para mim também. Sempre que o estresse se aproximar é respiração e amor, muito amor…

 

Alguém quer desabafar?

fe.lopes@casandosemgrana.com.br

 

Beijos

assinatura_fernanda_lopes

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d