Casamento Real e Econômico | Erika Estato - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS SÃO PAULO

Casamento Real e Econômico | Erika Estato

Oi meninas, tudo bem? Andei sumida porque eu tava ali casando, mas já voltei!!!!

A festa foi incrível. Foi realmente aquilo que dizem de “O dia mais feliz da minha vida”. É uma coisa difícil de descrever, porque mistura a realização do sonho, com a chegada do dia tão esperado, com uma onda enorme de carinho de pessoas queridas. São muitos rostos que você nem acredita que estão ali. Minha avózinha de 82 anos viajou 3 horas só pra me ver de noiva. Uma fofura! É muito amor, Brasil!!!

Família reunida, amigos reunidos e meu amor me esperando com carinha de choro. Foi emocionante, mas mais do que emocionante, foi feliz, foi alegre, foi uma festa!!!

Bom, vamos lá para as minhas dicas de economia. Tá todo mundo careca de saber que precisa pesquisar muito pra obter os melhores valores, né?! Pois bem, essa é minha principal dica. Um dia li no blog da fofa da Fernanda Floret (o Vestida de Noiva) que precisamos ser educadas com os fornecedores na hora de pedir orçamento. Que não adianta a gente jogar meia dúzia de palavras lá no email, porque precisa detalhar informações. Sabem um truque? Fiz um arquivinho pra dar copia+cola a cada orçamento que eu pedia. A maior parte dos e-mails que mandei foi em horário comercial, por isso precisava ser rápida pra não abusar!

Sonho com casamento desde pequenininha. Eu colocava uma toalha branca na cabeça e fingia que era véu de noiva com 4 anos de idade. Quando tinha casamento na igrejinha da minha cidade, eu ficava estática olhando a noiva sair do carro. Por conta disso eu venho guardando umas economias há muitos anos. Esse juntadinho de dinheiro começou comigo ainda pequena, por cuidado dos meus pais com meu futuro. Poderia ser pra minha faculdade, mas eu fiz uma universidade pública e a segunda faculdade eu fiz com bolsa, então eu consegui gastar um pouco a mais com a festa dos sonhos. Meus sonhos e sonho da minha família (sou a única menina entre 3 irmãos).

Eu preciso confessar uma coisa pra vocês: quando eu escolhi meus fornecedores eu não dei preferência pra os que tinham os valores mais baixos, dei preferência pra quem combinava um valor que eu poderia pagar à qualidade que eu queria. Meu casamento poderia ter saído mais barato sim, mas eu queria ter tranquilidade em relação à alguns pontos da festa, e consegui isso com os fornecedores certos (certos para mim, claro).

Uma das coisas que eu mais fiquei feliz de ter escolhido foi a assessoria. Gente, não eram 2 assessoras, eram dois ANJOS! Fechei na mesma empresa a assessoria, a decoração e o DJ. Eu não recomendo, eu super recomendo! São excelentes profissionais. A decoradora conseguiu me surpreender com o projeto que fez pra mim. Eu entrei no salão e tive a sensação que eu queria ter: Uau!!! Ah, e ainda tive o meu bouquet com suculentas, lindo de morrer! O Dj foi elogiado por todos, animou a festa do começo ao fim e também fez a parte da cerimônia, pois eu não contratei músicos…Eles foram muito atenciosos em tudo!

Economizei muito indo à 25 de Março mil vezes. Fiz muitas coisas eu mesma, comprei muitas coisas pelo E-bay. Nesses 3 pontos citados a gente já consegue baixar o valor de muita coisa!

Planejar é preciso, minha cara! Se você marcar seu casamento com antecedência, terá tempo de parcelar a maior parte dos fornecedores. Eu to chovendo no molhado aqui, né? Você estão com tudo isso na ponta da língua, aposto! ; )

 Economizei com fotógrafo: contratei um fornecedor que conheci aqui no blog, o Juan Cogo. Ele foi impecável no trabalho. As fotos ficaram lindas, e o valor era justo pro MEU bolso. Posso confessar outra coisa? Me arrependi de não ter contratado vídeo com eles. Quando eu resolvi tirar o escorpião do bolso, eles já não tinham profissionais disponíveis pra minha data. Fiquei só com as fotos….

 O vestido… Foi uma loucurinha minha locar esse vestido. Saiu mais caro do que eu planejava, mas eu amei meu vestido! E o atendimento na loja foi 100%..100 não, 300%!

Tomei um susto quando vi orçamentos de dia da noiva, aí uma prima minha me indicou um maquiador. Ele me deixou a noiva mais linda do MEU mundo! Fez meu make e meu cabelo e o valor ficou mais baixo do que seria um dia da noiva. Claro que não tinha banheira, pétalas de rosas e massagens, mas tinha profissionalismo, pontualidade, qualidade no serviço, amigas reunidas e uma boa baguncinha! Usei o salão de festas do meu prédio pra gente se arrumar e nem precisei pagar locação. Adorei!

Fiz a minha lista de presentes em um site que permite reverter tudo em cotas pra lua de mel. Ficou lindo o site e foi muito prático! E eu curti muito minha lua de mel que ganhamos de presente!

Sabem em que carro eu cheguei? No lá de casa mesmo… economizei nisso! E posso confessar? Esqueci até de mandar lavar e só me dei conta disso escrevendo esse post…

Os bem-casados que eu comprei são os melhores de todos os que provei (e olha que nesse item eu nem tentei economizar, viu?). Mas eles, além de tudo de bom, tem um preço bacana. Aprovadíssimo! #azamigatudocompra

Não casei na igreja, não por não ter fé, mas por economia mesmo. Chamei o juiz de paz no salão e foi tudo lá, junto e misturado. Tenho certeza que Deus estava lá e nos abençoou naquele momento!

Fiz eu mesma (e compartilhei com vocês aqui nos posts do blog): convite, noivinhos, porta-retratos, porta alianças, marmitinhas dos doces, cabide da noiva. Esqueci de algo, Brasil?

Comprei no e-bay: véu e arranjo de cabelo (que acabei não usando, mas minha mãe usou e ficou lindona!). Só comprei isso porque descobri o “Oasis” meio tarde e demoram pra entregar as coisas…

Comprei na 25 de março: os porta-retratos, cabide, forminhas de doces, tecido, material de artesanato, apetrechos pra pista (meus e dos convidados), brincos (meu e da minha mãe). Acho que foi só isso…

Meninas, eu decidi não falar em valores porque aqui cada uma tem uma realidade diferente e não acho necessário entrar nesse mérito. Em alguns itens eu economizei mais, em outros menos. Eu decidi falar com vocês sobre economia e não sobre preços, pois foi o que eu fiz no meu casamento: planejei, priorizei o que eu achava importante, fiz muita coisa eu mesma e como resultado, eu economizei bastante. Botar a mão na massa é a melhor dica que eu posso dar pra vocês. ; )

E tem mais uma dica preciosa: curta os preparativos do casório!!!! Eu curti muito os meus. Eu e meu marido. A gente tá com saudade da bagunça na sala, da toalha de plástico toda suja de tinta na mesa e principalmente do friozinho na barriga pela espera do grande dia. Aproveitem todos os momentos. Eles são deliciosos e nunca mais voltarão! Mesmo que eu ganhe na loteria e faça uma festona pra comemorar minhas bodas de alguma coisa, sei que não será como foi o casamento…eu curti cada momento!!!! Até perder o sono foi divertido!! Rendeu boas risadas…

Espero que essas dicas possam ajudar vocês! Dúvidas? Me mandem email. Adoro seus emails! erika@casandosemgrana.com.br.

Beijokas mil!

Relação de fornecedores:

assinatura_erika

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d