Casamento Real e Econômico | Fernanda e Daniel - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS PARANÁ

Casamento Real e Econômico | Fernanda e Daniel

Boa Segunda Feira amigas!!!

É de casamento real que vocês gostammmmmm???? Então o dia de hoje está completo! Divirtam-se!

“Olá, hoje é o dia de contar como foi meu casamento. Eu e o Daniel nos conhecemos em 2010 na UFPR, onde cursamos pós-graduação em História. Desde o início do namoro tínhamos o desejo de nos casarmos. Compramos um apartamento na planta logo no comecinho do namoro e eu sempre digo que só não casei antes, porque não tínhamos dinheiro suficiente pra isso, rs.

Marcamos a data com um ano de antecedência e começamos a pesquisar orçamentos com calma. A primeira medida para economizar foi não nos casarmos em Curitiba, onde moramos. Não que não conseguiríamos nos casar aqui com o que gastamos, mas com certeza a comida e o lugar seriam piores, dificilmente conseguiríamos nos casar sem contratar serviço de cerimonial, pagaríamos mais caro na igreja, na decoração e as coisas não teriam a graça e o capricho que tiveram com o preço que pudemos pagar.

Nosso casamento foi em Irati-PR, cidade em que o Daniel cresceu. É uma pequena cidade que fica a duas horas de Curitiba e todos os nossos convidados se deslocaram para lá para participar desse momento especial de nossas vidas.

A segunda coisa que fizemos foi enxugar a lista de convidados, o que eu confesso que não foi tão difícil assim. As pessoas têm o costume de considerar o casamento um grande evento e muitas vezes acabam convidando muitos conhecidos e poucos amigos de verdade. Eu sinceramente acho que ninguém tem 300 ou 400 pessoas muito próximas e íntimas, rs. Nós convidamos apenas parentes próximos (sem preocupação em convidar aqueles que não tem convivência conosco só porque são parentes) e amigos muito chegados (aqueles que freqüentam a nossa casa). Na lista foram 120 pessoas, sendo que estiveram presentes 96. Não precisamos pagar por ninguém que não foi à festa, pois como todos os convidados eram realmente pessoas próximas, quem não pode ir, avisou e justificou com antecedência.

Pagamos R$ 70,00 de taxa na igreja que eu achei mais bonita na cidade. Aqui em Curitiba, teríamos que nos casar na igreja mais próxima da minha casa, o que poderia custar R$ 2000,00. Não contratamos músicos e uma senhora da igreja gentilmente colocou para tocar uma seleção de músicas que fizemos para a cerimônia. Uma prima minha fez a leitura dos comentários do casamento e familiares e amigos fizeram as leituras, as preces, que fazem parte da cerimônia.

Reservamos o restaurante Italiano e a igreja no final de semana em que definimos a data. Não que Irati tenha assim tantas opções gastronômicas, mas com certeza foi o melhor serviço que poderíamos ter contratado. O Vilmar, dono do restaurante, foi muito gentil e atencioso, além de ser uma pessoa de confiança, que nos deixou muito tranqüilos com relação ao trabalho. A comida é maravilhosa e o preço que fizeram foi incrível: R$30,00 por pessoa para um cardápio que me dá água na boca até hoje, rs. Como fizemos o casamento num restaurante, não precisamos pagar pelo aluguel do espaço. O Centro de Eventos Italiano fez a decoração do espaço com tudo o que desejamos – pontos de luz, mesas quadradas cuidadosamente colocadas, mesa de café, cadeiras de metal, mesas de vidro para noivos e para os doces, segurança, uma funcionária para cuidar da limpeza dos banheiros e recepcionista.  Não contratamos serviço de cerimonial do dia, mas eles acabaram nos auxiliando nisso também. Tudo isso custou R$ 2.000,00. Contratamos com eles também o serviço de DJ e os equipamentos de som e luz, por R$ 800,00.

Para as flores, contratamos a Alice, que também fez o cerimonial da Igreja. É uma pessoa muito querida e talentosa. Entendeu rapidamente tudo o que eu queria, reproduziu o bouquet que eu vi na Internet com perfeição, nos tratou com muito cuidado. O serviço dela que incluiu decoração da igreja, flores para o salão, bouquet da noiva, tiaras das daminhas e cerimonial da Igreja custou R$ 2.000,00.

O vestido foi uma paixão cara que eu ganhei de presente do meu pai. Consegui inserir no mesmo pacote do vestido o aluguel do traje do noivo e das daminhas. O vestido da minha mãe também foi locado com desconto na mesma loja por eu ter fechado com eles o meu vestido de noiva.  Ganhamos da minha sogra o bolo e os doces e do meu sogro os vinhos, destilados, licores e espumantes. Todo mundo comeu e bebeu muito bem, tanto que quase enfartei quando soube do valor consumido em cerveja, água e refrigerantes, mas ganhamos quase um mês de prazo para pagar depois do casamento e no fim o valor foi pago com dinheiro que ganhamos de convidados que optaram por não nos darem presentes, mas fazer uma vaquinha e entregar tudo junto. Esse presente foi realmente incrível (e necessário)! rs

Para fazer as fotografias contratamos a Angela e o Rafael, da Vogal Foto Amor. Eles são pessoas muito, muito, muito queridas, que nos deram a melhor recordação que poderíamos ter do nosso casamento. Fizemos ensaio fotográfico com eles antes da data e eles nos acompanharam no dia do casamento e também no casamento civil. Um trabalho cuidadoso, diferenciado e realmente especial. Não fizemos o álbum ainda, mas temos quatro DVDs recheados de fotos que nos fazem suspirar, rir, chorar, amar ainda mais esse momento lindo que vivemos. Pagamos R$ 2300,00 por esse serviço. Sim, você vai encontrar fotógrafos mais baratos. Sim, você vai ver pacotes de filmagem e foto até mais baratos. Mas para um trabalho tão atencioso e com tanta qualidade, esse preço é uma bagatela. Ah! E eles fotografam em qualquer lugar do país – e não nos cobraram nada pelo deslocamento, uma vez que eles moram em Pato Branco, PR e nos fotografaram em Curitiba e em Irati. Gente, isso é dica que merece destaque nos fornecedores justos aqui do blog. Com tudo isso ainda viramos compadres da Angela e do Rafael, que por uma sucessão de acasos, acabaram sendo nossas testemunhas no cartório, rs.

Para economizar e fazer o casamento dos meus sonhos fiz com ajuda de meus amigos toda a papelaria, kit de higiene, porta guardanapos, convite para padrinhos, palitinhos decorados com pérolas, lenços para lágrimas de alegria, decoração de potinhos de bolhas de sabão, sousplat para as mesas, bouquets das daminhas. Não sei precisar o valor exato desses objetos, pois fui fazendo aos poucos e os valores foram diluídos ao longo do ano.  Os noivinhos do topo do bolo foram feitos pela Débora da Tutti i Colori que eu conheci aqui no blog. Comprei numa promoção e o valor ficou R$ 180,00. Numa viagem para São Paulo comprei as forminhas de doces na Chocolândia, o Santo Antônio e adesivos para gravatas na São Caetano. Também compramos lá o kit festa a um preço muito bom na 25 de março.

Fiz unhas, depilação e sobrancelha no salão que sempre freqüento aqui perto de casa. Em Irati, no dia, fiz apenas maquiagem e cabelo num salão local. Comprei um aplique para ajudar no penteado, que foi enrolado pela minha cabeleireira daqui de Curitiba. Lá, no entanto, a experiência não foi muito legal, pois as meninas começaram a me arrumar com uma hora de atraso e me atrasaram 20 minutos para a cerimônia. Foi uma correria, não foi como eu tinha imaginado que seria, mas no fim deu tudo certo.

Nosso orçamento apertadinho ainda nos permitiu uma viagem de uma semana em lua de Mel. Eu já tinha conhecido o Chile em outra oportunidade e decidi levar o Daniel para conhecer Santiago e Pucón comigo. Nossa lua de Mel teve direito até a escalada do vulcão Vilarrica e foi uma delícia, bem a nossa cara. Pagamos as passagens e gastamos lá praticamente só o que arrecadamos na gravata.

E foi assim que o casamento dos meus sonhos custou com a lua de mel em torno de R$ 15.000.  Sim, numa festa para poucas pessoas, mas com tudo o que eu tinha vontade de ter no meu casamento. E o melhor de tudo: sem dívidas após o “SIM!”, rs.”

Fornecedores

Flores e cerimonial da Igreja: Alice (alice.delong@hotmail.com) | Doces, bolo e bem casados: Melania (melania.pd@hotmail.com) |  Impressão dos Convites: Gráfica MB | Fotografica: Vogal Foto Amor | Topo de Bolo: Tutti i Colori | Local, buffet, decoração, som, luz e DJ: Centro de Eventos Italiano | Vestido da noiva, traje do noivo, daminhas e mãe da noiva: Nilma Noivas | Forminhas docinhos: Chocolândia

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d