Casamento real e econômico | Carla e Alessandro - Casando Sem Grana
HISTÓRIAS REAIS RIO DE JANEIRO

Casamento real e econômico | Carla e Alessandro

É possível casar com pouca grana no Rio de Janeiro? SIMMMM!

Quer saber como? A Carla nos contou tim tim por tim tim como fez seu casamento real, lindo e econômico em São Gonçalo, e garanto que essa história vai inspirar você. Ela e o Alessandro não tinham muita grana pra fazer uma grande festa, então decidiram colocar a mão na massa mesmo pra fazer tudo o que podiam, desde os convites até as lembrancinhas.

Outra coisa muito legal dessa história, também, é que eles encontraram muitos fornecedores justos e que ajudaram a tornar o sonho do casamento uma realidade. Eles se casaram em um salão de festas, com decoração em amarelo, laranja e dourado, móveis rústicos, bolo com sorvete de sobremesa, marmitinhas de doces para os convidados e, ainda, muuuitas lembrancinhas legais feitas uma a uma pela noiva (até a embalagem!).

Veja só:

 

“Olá meninas e meninos,

Estou aqui para tentar contar um pouco do meu grande dia para vocês. O site é como um jornal, pois todo dia de manhã eu abro e leio, e foi assim que eu fiz muitas coisas no meu casamento!

Eu e meu maridão nos conhecemos em 2011, ficamos noivos em 2012 e decidimos que casaríamos em 2013. Setembro seria o mês e dia 28 o grande dia.

Como 99% dos casais quando decidem casar, nós também não tínhamos dinheiro para uma grande festa, mas Deus foi muito bondoso e nos abençoou com uma festa muito além do que pedimos ou pensamos. Quero agradecer aos meus pais e à minha Tia Vana, que é minha segunda mão, fez de tudo e embarcou em cada ideia maluca comigo: obrigada! Vou tentar narrar por partes, e mais uma vez eu repito: É POSSIVEL CASAR SEM GRANA EM SÃO GONÇALO!

Convite – Eu fiz meu convite em casa, pois queria que eles fossem de tecido.  – Oi? É isso mesmo, meu convite foi de tecido! Imprimi o miolo e costurei as capas, coloquei velcro para fechar uma parte à outra, fiz um laço chanel e assim foi feito meu convite. As pessoas não acreditavam quando viam, de tão lindo! Engraçado que minha tia não estava levando fé na minha ideia, mas depois de tudo pronto ela falou: “não é que ficou lindo seu convite?”, rsrs. Fiz, também, umas etiquetas com os nomes dos convidados, e os convites iam dentro de um saco celofane fechados com essa etiqueta personalizada. Deu um charme e não custou nada.

Guardanapos e porta-guardanapos – Fizemos os guardanapos de Oxford, tudo comprado na Caçula, que tem um preço maravilhoso. O porta-guardanapos foi feito de juta, para seguir a linha rústica do casamento. No acabamento colocamos flores secas, cetim e strass, para quebrar um pouco o cru. Os convidados podiam levar os guardanapos (e muitos estavam levando cheios de salgadinhos e docinhos, rsrsrsrs). Pelos nossos cálculos, cada guardanapo saiu por, mais ou menos, R$ 1,50. Fiz no tamanho 0,40 x 0,40.

Salão de festas – Visitamos inúmeros salões, chácaras e sítios, cada um mais bonito que o outro, mas não tinha como pagar R$ 4.000 em um aluguel. Por isso, decidimos que casaríamos em um salão e não chácara. Conheci o salão de festas Elite pelo Google e me apaixonei! Pequeno, aconchegante, com ar condicionado (aqui no RJ esse item é essencial), um atendimento espetacular e, melhor: barato, muito barato. Fechamos sem pensar!

DJ – Um amigo querido que foi meu DJ. Ele se ofereceu e eu pulei de alegria, pois nessa altura não tinha mais dim dim. E ele arrasou! Só tocamos música Gospel e ele teve toda a paciência do mundo para baixar e selecionar as melhores para nós. Obrigada, Rodrigo!

Um detalhe que até hoje eu não acredito foi o SAX: sim, eu tive um sax ao vivo na minha entrada e cerimônia!!! Um casal de amigos me deu de presente e eu chorei de emoção, pois era um sonho que eu não tinha como realizar, pelo custo e pelo nosso orçamento. Obrigada, Marcelo e Marta!

Buffet – Esse foi o item que mais nos surpreendeu! Ao longo de muitos orçamentos além do que poderíamos pagar, decidimos que faríamos a cerimônia e um bolo somente no final; já estava conformada com isso e já havia encomendado o bolo e tudo. Eis que Deus nos presenteia com uma grande surpresa: um casal de Anjos, chamados Claudio e Silvania, do Buffet Cla’sil, nos deram um orçamento SUPER justo e fizeram da minha festa um ar-ra-so! Até hoje recebo parabéns e elogios pelo cardápio. SUPER RECOMENDO para noivinhas aqui de São Gonçalo e Niterói. Principalmente de Niterói, onde os orçamentos são absurdamente caros.

Uma ideia que peguei aqui no blog foi o bolo com sorvete. Perguntei ao Buffet se, eu comprando o o sorvete, eles serviriam para mim, e prontamente eles embarcaram na minha ideia. Aqui no bairro tem uma fábrica de sorvete, então gastei R$ 40 em 20 litros (sobraram 10!). Teve gente que, quando soube que era bolo com sorvete, voltou para comer – e olha que estavam no estacionamento! rsrs São detalhes relativamente baratos que deixaram minha festa maravilhosa. O bolo foi de abacaxi com coco e de doce de leite com nozes, e o sorvete era de creme.

Decoração – Essa foi a parte que MAIS ME DEIXOU FELIZ, pois a Shana, que é a decoradora que o pessoal do buffet trabalha, simplesmente transformou um salão pequeno em um salão de festas lindoooooooo. Desde o início eu sempre gostei do estilo de decoração rústico, mas não gostava daquelas mesas padrão que via sempre nas ornamentações. Eis que, um dia, exatamente a 15 dias do casamento, a Shana me mostra uma mesa estilo rústica mas muito diferente do convencional… Eu falei: “é essa!”, e quando cheguei no salão não me contive de tanta alegria ao ver que a decoração ficou linda demais! Escolhemos as cores amarelo, laranja e dourado e os móveis rústicos.

Bem-casados e doces – Os bem-casados foram feitos pela minha tia lindaaa, minha segunda mãe e fiel escudeira. Vale lembrar que eu havia encomendado para uma menina e simplesmente os bem-casados eram horríveis. Não usei no dia e deixei para meu pai ir comendo durante a semana. Por Deus eu resolvi 1 semana antes seguir uma ideia que li aqui no blog de fazer os bem-casados com placa de pão de ló comprado pronto (depois de muito rodar eu achei em um grande supermercado aqui de Alcântara). Para os quase 500 bem-casados minha tia gastou 10 latas de leite condensado e as placas ficaram em R$ 48. Levando em consideração que paguei R$ 1,20 por cada 1 dos 70 bem-casados que encomendei e não usei, os 500 ficaram mais baratos do que esses! Mas isso não me deixou triste e nem me abalou.

Uma das coisas que eu queria e não abria mão era que os bem-casados fossem enrolados em tecido em vez de crepom. Então, mãos na massa para embrulhar! O detalhe é que meu casamento era para um pouco mais de 100 pessoas e fizemos 472 bem-casados… rsrs. Mas foi perfeito, pois compôs a decoração muito bem 🙂 Enrolamos com tecido amarelo, tecido laranja, juta dourada e tecido branco com dourado. 

Uma amiga resolveu me presentear com 600 trufas, que o Buffet usou para decorar a mesa e eu ainda coloquei nas marmitinhas que os convidados levavam. Essa mesma amiga se propôs a fazer os doces para que eu colocasse de lembrança para os convidados, ela ficou 3 dias fazendo, tadinha… Aqui vai meu MUITO OBRIGADA, Chris!

Lembrancinha – Minha fiel escudeira, outra tia e eu colocamos a mão na massa e fizemos tudo. Para as madrinhas e padrinhos, comprei caixa craft e colocamos fita para fechar um laço.

  • Para as meninas: Kit banho, com sabonete líquido, sabonete em barra, esfoliante, toalha de mão e bucha vegetal. Antes que você pense: “nossa, que exagero, deve ter custado caro à beça”, lá vai: R$ 5,16 POR KIT! Ta bom? Comprei tudo no Saara, bati muita perna e comprei quase tudo no Atacado – inclusive os sabonetes, que compramos o litro e fomos colocando nos vidrinhos.
  • Para  os meninos: Kit barbear, com sabonete líquido, pós-barba ( pesquisei na internet e vi que Alfazema dá o mesmo efeito, então coloquei em vidrinhos e foi o pós-barba), espuma para barbear (vi na internet que xampu + sabonete líquido + hidratante misturados formam um ótimo creme para barbear caseiro; logo, fiz também), toalha de mão e o toque final que os homens ficaram loucos: aparelho de barbear de ferro! Comprei a R$ 3 cada no Saara e eles gostaram muito, valeu a pena.

Em casa fizemos um rótulo com 2 passarinhos, nosso nome e o que tinha dentro do vidrinho.

Para os convidados fiz 2 tipos de lembrancinhas:

  • Para os homens uma lixeirinha para o carro – comprei OXFORD branco e fomos fazendo a partir de um molde de lixeira de TNT que ganhei em lava-jato desses da vida. A alça fizemos de cetim dourado, ficou um luxo.
  • Para as mulheres uma necessaire com um sabonete pequeno dentro. Nem preciso falar que fizemos as necessaires, né? Os sabonetes foram compraram na Caçula também, assim como os tecidos para a necessaire. Depois de tudo pronto, levamos para uma amiga prensar os mesmos passarinhos dos rótulos, que acabaram se tornando a identidade visual da nossa festa (tô chique, né? rsrs). Ela também fez a placa “Lá vem a noiva”.

Como havia muitos doces, eu fiz marmitinhas para os convidados; forrei a tampa das marmitinhas com o mesmo tecido que usei para os bem-casados.

Fotógrafo – Esse não tinha como discutir: teria que ser com o Claudinho! Ele simplesmente faz a cobertura de TODOS os eventos da família desde sempre, rs. Para vocês terem noção, ele cobriu minha formatura da 8ª série – olha quanto tempo… Ele é um ótimo profissional e tem um preço e condição de pagamento que cabia no nosso bolso, e não nos arrependemos de nenhum centavo do que pagamos.

Buquê – Foi essa outra tia que fez. Eu queria branco, não queria isso de “ah, faz da cor da festa” não. Eu queria branco e ela fez o buquê branco mais lindo do mundoooooo! Aqui vai meu muito obrigada, Tia Jaque!

Acessórios da pista de dança – Comprei tudo no Saara, tudoooo! As plaquinhas com frases divertidas eu que fiz nas horas de almoço aqui no trabalho e elas fizeram muito sucesso.

Kit toalete – Fiz também! Aproveitei os adesivos que sobraram das garrafinhas e montei o Kit. A base eu fiz com uma cesta daquelas rústicas (comprei a R$ 4,50, no Saara também).

Só tenho a agradecer a Deus pelo lindo casamento que nos deu.

Beijinhos,
Carla”

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (15)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (2)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (1)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (14)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (13)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (12)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (11)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (3)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (4)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (5)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (6)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (7)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (8)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (10)

casamento-faca-voce-mesmo-rio-de-janeiro-decoracao-amarelo-laranja-dourado (9)

 

fornecedores

Local: Salão de Festas Elite | Buffet: Cla’sil – Tel. (21) 3243-0242 / 7760-9866 (Claudio ou Silvania) | Dia de noiva: Maison Chiq | Personalização de lembranças e placa “Lá vem a noiva”: Barbara, MY MIMOS – Tel. (21) 98563-6390 | Tecidos: Caçula Atacadista | Acessórios da pista de dança e lembrancinhas: Saara – Tel. (21) 3606-5955

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d