Inspiração | Chá de Panela da Sara - Casando Sem Grana
Chás POR ONDE COMEÇAR?

Inspiração | Chá de Panela da Sara

Ei, você… É, você mesma. Tá em dúvida se vai fazer ou não um Chá de Panela antes do casamento? A Sara, nossa leitora e dona do relato de hoje, super recomenda!

 

Chá da Sara foi bem tradicional e reuniu só mulheres. Mas quem disse que os homens não participaram? Eles ficaram lá nos bastidores, dando suporte no que precisava. Fofo, não?

Vem ver como dá pra organizar uma coisa super gracinha sem gastar o olho da cara:

 

“Olá a todos do CSG, leitoras e leitores!

Eu me chamo Sara Raquel e sou de Natal/RN. Estou aqui para compartilhar como foi o meu Chá de Panela, que aconteceu dia 25 de outubro de 2014.

Assim que noivamos, em março do mesmo ano, já marcamos a data para dezembro – teríamos apenas 9 meses pra organizar tudo, praticamente uma gestação, hehehe. Comecei a pesquisar logo, no Google, ideias para o casamento e pro chá, e achei o Casando Sem Grana! Nem preciso dizer que fui pro primeiro post e vi TUDO, até ficar acompanhando os posts atuais. Serviu de muita inspiração para o chá e para o casamento 🙂

Então, no chá a ideia era gastar pouco, mas fazer tudo bem feito e bonito, com a nossa cara. Seria para 80 pessoas, só mulheres, um trabalho difícil. Porém, minha família entrou de cabeça!

Comida: queríamos o cardápio saudável e gostoso, então fizemos salgadinhos para a entrada, dois tipos de salada, canapé de atum (normal e integral), ‘virada da vovó’ (frango com banana), salada de frutas, naked cake e docinho de colher. Para beber, suco, refri e coquetel.

De todos os comes e bebes, só fizemos aqui em casa as bebidas. A família e as amigas abraçaram a causa e fizeram tudo nos presenteando! E a mulherada super aprovou o cardápio saudável.

Decoração: minha irmã mora nos EUA e não pôde estar comigo no dia do chá, mas ela sempre participa e arrasa! Foi ela que fez a arte do convite e o painel do centro. Fizemos o chá no salão de festas do apartamento da minha tia, e como não podia pendurar nada na parede, mandamos fazer os adesivos (custou R$ 40) para complementar o painel. Os centros de mesa de crochê foi minha mãe e minha tia que fizeram. Foram 30 no total. Elas são ligeiras, rsrs. As coisas de alumínio encontramos em feiras de rua de cidades de interior aqui perto, e deram um super charme. As demais coisas, cada uma pegou da sua casa.

No dia, pela manhã, fomos arrumar o salão – eu e meus pais, minha tia, tio e prima. Na hora do chá, meu pai, meu tio e meu noivo lindo ficaram nos bastidores ajudando.

Lembranças: na Igreja cooperamos com uma casa de recuperação para dependente químicos, comprei os vasos e as sementes e eles se ofereceram para plantar e cuidar das mudas até o dia do chá! Foi um toque a mais na decoração e perfumou o ambiente 🙂

Enfim, foi um tempo maravilhoso! Super recomendo para quem está em dúvida se vai fazer ou não um Chá de Panela. Minha mãe ficou à frente na programação e sou muito grata pela família e amigas que tenho, pois me ajudaram a colocar tudo em prática.

Beijos da Sara!”

cha-de-panela-da-sara (1)

cha-de-panela-da-sara (2)

cha-de-panela-da-sara (3)

cha-de-panela-da-sara (4)

cha-de-panela-da-sara (5)

cha-de-panela-da-sara (6)

cha-de-panela-da-sara (7)

cha-de-panela-da-sara (8)

cha-de-panela-da-sara (9)

cha-de-panela-da-sara (10)

cha-de-panela-da-sara (11)

cha-de-panela-da-sara (12)

cha-de-panela-da-sara (13)

cha-de-panela-da-sara (14)

cha-de-panela-da-sara (15)

cha-de-panela-da-sara (16)

[176171]
[176171]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d